Topo

Topo

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

CDL Santa Cruz do Capibaribe entrega premiação do Concurso Vitrine Natalina


A primeira edição do Concurso de Vitrine Natalina da CDL Santa Cruz do Capibaribe foi um sucesso absoluto na cidade.

As lojas participantes passaram por uma avaliação através do voto popular e análise da Design de Moda Cilmara Beatriz, do Secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Adeilson Bezerra e da Secretária Executiva da CDL, Katyane Michele.

O objetivo do Concurso é incentivar o comércio a apresentar-se de forma harmoniosa e atrativa ao cliente no período natalino.

O intuito maior é fazer com que os empresários santa-cruzenses, mantenham as vitrines de suas lojas decoradas, de forma diferenciada e levando a proposta de uma identidade festiva e condizente com o perfil da empresa.

Dentre os inúmeros itens avaliados, criatividade e beleza foram o que não faltaram para os lojistas enfeitarem suas vitrines.

A empresária da Shymon Modas, Patrícia Maciel, relata que ela mesma fez a vitrine. “Eu fiz uma vitrine moderna, com cores cítricas e com Papais Noéis. Gostei tanto do resultado que decidi inscrever a loja no Concurso da CDL”, explicou a empresária.

O resultado do Concurso de Vitrine ficou o terceiro lugar para a Márcia Fashion, segundo lugar, Jorlúcia e em primeiro lugar a Shymon Modas.




Vitrine da Shymon Modas


Vitrine da Jorlúcia



Vitrine da Márcia Fashion

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

CDL sorteia cinco motos na Campanha Natal Show de Prêmios


A Campanha Natal Show de Prêmios da CDL Santa Cruz do Capibaribe sorteou na tarde desta quarta-feira (29), cinco motos. O sorteio marcou o término da campanha que entregou aos clientes do comércio da cidade mais de cem prêmios.

Este ano foi a oitava edição da campanha e ao longo dos anos os sorteios eram realizados na Avenida 29 de Dezembro e todos os prêmios sorteados de uma só vez. Nesta edição, as lojas que aderiram à campanha receberam os prêmios, de acordo com o valor das cotas adquiridas, para serem sorteados individualmente. Apenas os cinco maiores prêmios, que este ano foram motos ficaram para o grande sorteio na frente da CDL.

O intuito da Campanha é valorizar o cliente que compra no comércio de Santa Cruz do Capibaribe. Em 2010, todas as metas foram alcançadas e o lojista da cidade foi beneficiado com o aquecimento nas vendas. Mais de 150 empresas participaram do Natal Show de Prêmios.

Veja as fotos do Sorteio:


Confira os nomes dos ganhadores das cinco motos e as lojas onde eles fizeram as compras!

Valdenor José dos Santos
Praça do Mercado – Centro
Poções – BA
Loja: Gugu Fashion – Moda Center

Maria José Martim da Silva
Rua João Barbosa – Centro
Taquaritinga do Norte – PE
Loja: Del Este Calçados


Duce Jane Pereira Bonfim
Rua Pedro Severo Bispo – Pedra Branca
Santa Cruz do Capibaribe – PE
Loja: Ivansil Malhas

Sílvio Roberto de Oliveira
Taquaritinga do Norte – PE
Loja: Makital

Dejanice Chagas Monteiro
Rua Manoel Bernardino – Centro
Santa Cruz do Capibaribe – PE
Loja: Comercial Tibúrcio


CDL Santa Cruz do Capibaribe fecha no dia 31





terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Comunicado da Campanha Natal Show de Prêmios da CDL

A CDL Santa Cruz do Capibaribe informa que o Sorteio da Campanha Natal Show de Prêmios acontecerá amanhã (29), não será mais na praça do estudante como teria sido anunciado. O sorteio será na frente da CDL onde serão sorteadas cinco motos com todos os cupons da campanha. Para nós da CDL, será um prazer tê-lo em nossa companhia. Compareça a frente da CDL, na tarde de amanhã e confira o sorteio de perto!



Comércio registra o melhor Natal da década

Do JC On line

As vendas do comércio de rua do Recife registraram um crescimento de 15% em dezembro, até o Natal, aponta da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-Recife). Segundo o presidente da entidade, este resultado pode ser considerado como o melhor desempenho do setor em 10 anos. “O ano não acabou ainda e temos a movimentação até o dia 31, que também será grande. Mas com este resultado preliminar, já está consolidado este Natal como o melhor da década”, salientou o presidente da CDL, Sílvio Vasconcelos.

O resultado do comércio do Recife reflete o fenômeno nacional. De acordo como o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, divulgado ontem pela empresa, as vendas em todo o Brasil tiveram um crescimento de 15,5% na semana do Natal, em comparação com o mesmo período do ano passado, no melhor desempenho desde 2004. O resultado superou as expectativas dos varejistas, que esperavam uma elevação de 10,5%.

Nos shoppings do Estado, a Associação dos Lojistas de Shoppings (Aloshope), registra um crescimento de 8% nas vendas. “Achamos que pode chegar a 10% até o próximo sábado, pois esta semana é de muito movimento. O fluxo continua bom nos shoppings e vamos chegar a este percentual de crescimento numa performance que não atingíamos há 10 anos”, disse o presidente da Aloshope, Ricardo Galdino, comentando que o crescimento deste ano acontece depois de um aumento de 8% das vendas do ano passado em relação a 2008.

Os dirigentes de shoppings também comemoram a grande movimentação de clientes. “O fluxo de consumidores cresceu 10% em relação ao ano passado e os clientes gastaram 40% a mais. Compraram em maior quantidade, pois os equipamentos de maior valor agregado, muita gente deixa para adquirir depois das festas, quando é possível realizar a compra com mais pesquisa, aproveitando as promoções”, salientou o superintendente do Shopping Guararapes, Eduardo Lemos Filho. Ele conta que no dia 23, a quinta-feira da semana passada, o Guararapes atingiu o pico de 75 mil clientes. Num dia normal, o centro de compras é visitado por 45 mil pessoas.

As boas vendas de Natal vêm acompanhadas das boas perspectivas no pós-festas. Os empresários do setor estão confiantes na manutenção do poder de compra da clientela, mesmo com os arrochos previstos no crédito para o ano de 2011. “O cliente está otimista com a economia e seguro com o seu emprego. Haverá a desaquecida normal da sazonalidade, mas o comércio continuará em ascensão”, prevê Galdino.

FIADO - O crédito continua sendo a base do consumo o comércio. No centro da cidade a maior parte das operações (60%) é realizada no crediário das lojas, sendo que o restante é distribuído entre cartão (35%) e o restante à vista (5%). Nos shoppings, o perfil de consumo muda, com o cartão de crédito liderando as vendas a prazo (85% do total).






segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Condeca divulga calendário para as eleições de Conselheiro Tutelar de Santa Cruz do Capibaribe

O Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente de Santa Cruz do Capibaribe (Condeca) lança edital de convocação para a eleição em janeiro de 2011. O Condeca tem por finalidade eleger a nova diretoria do Conselho Tutelar de Santa Cruz do Capibaribe.

O Condeca inicia o processo de escolha dos novos conselheiros a partir do dia 10 de janeiro com as inscrições dos propensos candidatos para os cargos.

Confira a tabela abaixo:

Vendas de Natal crescem 13% nos shoppings


Fonte: CNDL
Foto: G1.com


A venda de produtos eletroeletrônicos, o aumento no número de consumidores e o crédito mais farto impulsionaram o crescimento do varejo no Natal deste ano. A expansão das vendas em shoppings é 13% maior entre 1º e 23 de dezembro deste ano ante mesmo período do ano passado.

"Descontada a inflação do período, o crescimento real é de 8%. Será certamente o melhor Natal da década", diz Nabil Sahyoun, presidente da Alshop, associação que reúne os lojistas dos shoppings do país. Os dados foram verificados em pesquisa realizada com 150 empresas associadas à entidade, que reúne 6.300 lojas no país.

Com a oferta de produtos com mais tecnologia e dólar mais barato, a venda de TVs de LCD, notebooks, iPods e informática teve incremento de 17% neste Natal.

Outros dois segmentos que tiveram destaque, além do de eletroeletrônicos e eletrodomésticos, foram o de perfumaria e cosméticos (crescimento de 17%) e o de óculos, bijuterias e acessórios (18%). O Brasil passou a ser o segundo país a vender mais perfumaria e cosméticos, destaca Sahyoun.

No ano, as vendas nos shoppings aumentaram 12% ante 2009. "A renda cresceu significativamente nos últimos três anos acima da infação. O governo adotou medidas para incentivar o consumo, ao reduzir impostos em alguns produtos. E hoje 68% do PIB é consumo interno. São 30 milhões de pessoas que ingressaram na nova classe média com acesso a bens de consumo", diz.

O pagamento das compras é feito por meio de cartão de crédito e débito em 65% das vendas. Outros 15% são por meio de cartão das próprias lojas, 10% com cheques e 10% em dinheiro.

As novas normas do Banco Central _que impôs medidas para aumentar o compulsório dos bancos, retirando assim R$ 61 bilhões de circulação, e restringiu os financiamentos acima de 24 meses _ não afetaram as vendas natalinas, e provavelmente trarão efeitos a partir de meados de janeiro próximo, segundo informa a Alshop.

"As medidas de arrocho do BC vão permitir o maior controle da inflação. Reformas como a desoneração da folha de pagamento devem acontecer em 2001. E o país deve ter expansão de 4,5% no PIB de 2011. A nossa expectativa é que o varejo cresça entre 9% e 10% no próximo ano", diz o presidente da Alshop.

O que deve continuar sustentando esse desempenho no próximo ano, segundo diz, é a ampliação do emprego formal.

"Se compararmos a criação de vagas no Brasil com a de outros países emergentes, estamos batendo recorde atrás de recorde. O emprego com carteira assinada idá mais confiança ao consumidor na hora de comprar e fazer uma prestação, o que coloca milhões a mais na economia."

Crescimento nas vendas no Natal de 2010 em relação ao de 2009

Perfumaria e Cosméticos: 17%
Óculos, bijuterias e acessórios: 18%
Vestuário Masculino e Feminino: 13%
Calçados: 12%
Eletroroeletrônicos e eletrodomésticos: 17%
Livros, DVDs e CDs: 14%
Brinquedos: 13%
Jóias e Relógios: 9%

COMÉRCIO ELETRÔNICO

O varejo eletrônico deve faturar R$ 2,2 bilhões entre os dias 15 de novembro até hoje (24 de dezembro), segundo a consultoria E-bit. O valor é 40% superior ao verificado no mesmo período do ano anterior, R$ 1,6 bilhões comercializados no Natal de 2009.

Os produtos mais procurados no e-commerce são: livros, eletrodomésticos, eletrônicos e informática, e artigos de beleza. São cerca de 5 mil lojas virtuais de produtos e serviços nos mais diversos segmentos do mercado.

As vendas deste setor deverão chegar a R$ 15 bilhões até o final do ano, de acordo com estudo Câmara Brasileira do Comércio Eletrônico (Câmara-e.net).




sábado, 25 de dezembro de 2010

Natal: Troca de mercadorias sem defeito não é obrigatória

Fonte: Portal Falando de Varejo

A troca de produtos sem defeito não é obrigatória. Portanto, a lei só obriga aos lojistas a realizarem trocas de produtos defeituosos, ou seja, o lojista não tem obrigatoriedade de trocar mercadorias em virtude de arrependimento do consumidor quanto à cor, tamanho ou modelo. De acordo com a pesquisa realizada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) junto a 400 consumidores no período de 24 de novembro a 10 de dezembro, 55,22% dos entrevistados afirmaram que iriam efetuar as compras de Natal no mês de dezembro e 13,93% comprariam os presentes na semana do Natal, o que pode facilitar o erro na escolha dos produtos.

Segundo a gerente jurídica da CDL/BH, Patrícia Loyola, a troca, neste caso, é uma liberalidade do lojista. “Na maioria das vezes, a troca é aconselhada por uma questão de fidelização e cortesia para o cliente”, explicou. “O momento de troca pode significar também novas vendas”, acrescentou.

Entretanto, se houver qualquer defeito no produto ou falha na informação prestada no momento da compra, a solução do problema é obrigatória. Quando a troca exigida pelo consumidor for motivada pelo defeito do produto, o lojista tem um prazo máximo de 30 dias para saná-lo. Segundo o artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor, se o prazo não for cumprido, o consumidor poderá escolher, alternativamente: a substituição do produto por outro da mesma espécie, a restituição da quantia paga, monetariamente atualizada, ou, o abatimento proporcional do preço.

A pesquisa realizada pela CDL/BH apontou, ainda, que 34,42% dos consumidores irão comprar roupas para presentear. É importante observar se a loja disponibiliza a troca de mercadorias. “Caso o lojista afixe em seu estabelecimento um cartaz informando um prazo determinado para a troca da mercadoria, ou informá-lo na etiqueta do produto, a troca deverá ser efetuada, em obediência ao estipulado pelo lojista e informado ao consumidor”, explica a gerente jurídica da CDL/BH.




sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Texfair Home: a maior feira de cama, mesa e banho da América Latina


Texfair Home vai acontecer de 22 a 25 de fevereiro e será palco dos principais lançamentos 2011/2012 dos segmentos de cama, mesa, banho, cortina, tapete e decoração, reunindo as mais expressivas empresas e marcas do setor.

A Texfair Home – Feira Internacional de Produtos Têxteis para o Lar é o resultado da divisão da Texfair do Brasil em duas feiras com focos bastante definidos: uma voltada para têxteis para o lar e outra direcionada para o setor de vestuário. Dessa forma, a Texfair Home pretende reunir, em uma área com 26 mil m², as empresas e marcas formadoras de opinião e tendências dos setores de cama, mesa, banho, cortinas, tapetes e decoração. Com este novo formato, a Texfair Home aposta na segmentação para oferecer um evento mais fortalecido, qualificado e focado nos interesses estratégicos e competitivos do mercado.



quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Avisos rápidos da CDL


CDL fecha no dia 31

A CDL Santa Cruz do Capibaribe não funcionará no último dia do ano (31 de dezembro). A entidade volta a funcionar na primeira segunda-feira de 2011, dia 03 de janeiro.

Sorteio do Natal Show de Prêmios

A Campanha Natal Show de Prêmios da CDL Santa Cruz do Capibaribe está chegando ao final com sucesso absoluto. O grande sorteio, que nos outros anos ocorreu na Praça do Estudante, este ano foi modificado e acontecerá, no mesmo dia (29 de dezembro), sendo que será na frente da CDL.

Concurso de Vitrine da CDL

O Concurso de Vitrine natalina da CDL Santa Cruz do Capibaribe também foi um sucesso. As lojas do comércio da cidade foram ornamentadas para receber o cliente em clima de festa. O resultado será também, no dia 29, na frente da CDL.

A CDL deseja Boas Festas e um 2011 repleto de sucesso para todos!




quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

CDL Santa Cruz do Capibaribe divulga calendário de feriados em 2011

Receita paga restituições de lote do Imposto de Renda de 2006

Fonte: Agência Brasil

A Receita Federal deposita nesta quarta-feira (22) nos bancos as restituições de um lote de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física 2006 que estava na malha fina. O dinheiro teve correção de 51,06%.

O lote tem 14.621 declarações. Ficaram devendo ao Fisco 7.022 contribuintes. Com direito à restituição, são 3.784. Não tiveram imposto a pagar nem a restituir 3.815 contribuintes.

Amanhã (23), a Receita libera os valores da restituição de um lote de 2007, que também estava na malha fina. Do total de 23.231 contribuintes, 11.705 têm imposto a pagar, 5.233 receberão restituição e 6.293 não têm imposto a pagar nem a restituir. A correção é de 38,07%.

Nos dois casos, a consulta poderá ser feita na internet ou pelo Receitafone - 146.

A Receita lembra que caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá entrar em contato com qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento pelo telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.




terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Mudanças tributárias no Simples Nacional devem ser discutidas em fevereiro

Texto de Mariana Flores
da Agência SEBRAE de Notícias

As mudanças no regime especial de tributação das micro e pequenas empresas ficaram para 2011. A pedido do governo, o Projeto de Lei Complementar 591/10, que entre outros pontos, eleva o limite do Simples Nacional de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões, foi retirado da pauta de votação da Câmara dos Deputados e só deve voltar a ser discutido pelo Congresso no próximo ano. A previsão é de que entre em pauta ainda em fevereiro, no início da sessão legislativa.

“O governo optou por discutir e votar o projeto, desde os estudos, os debates e as negociações com atores chave, no ano de 2011, entendendo que, por não criar novo tributo ou aumentar a carga tributária, pode vigorar ainda em 2011”, afirma o gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Bruno Quick.

Para prorrogar o prazo, os parlamentares da base aliada alegaram que ainda é necessário discutir alguns pontos com o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Com a não votação neste ano, serão desenquadradas as empresas que ultrapassaram o limite de faturamento de R$ 2,4 milhões em 2010, devendo sair do Simples Nacional já em 2011. “Infelizmente, todos os avanços passam pela resistência inicial do Confaz, que, em nome dos governos estaduais, trata a Lei Geral como se fosse só tributária e se opõe, alegando riscos à arrecadação, mesmo tendo a experiência anterior da vigência do Simples em 2007, quando não houve perdas”, lamenta Quick.

Com a aprovação do projeto no ano que vem, cerca de 5 mil empresas bem sucedidas dentro do Simples Nacional não precisarão conter o crescimento para se manterem dento do regime tributário. A ampliação, destaca o gerente do Sebrae, dará um tempo maior para as empresas se prepararem para ingressar no regime tributário feito pelo Lucro Presumido ou pelo Lucro Real.

Além do aumento do limite de faturamento, o projeto de lei altera procedimentos relativos a microempresas e empresas de pequeno porte tais como: abertura, registro, funcionamento, exclusão de ofício, recuperação judicial especial, valores da receita bruta, recolhimento de tributos e contribuições, negativação de empresas e sócios, além de prever equiparação do produtor rural pessoa física à empresa de pequeno porte em relação aos benefícios não tributários da lei, e de criar a figura do trabalhador rural avulso.

Outro ponto preocupante em relação à não aprovação neste ano se refere ao parcelamento dos débitos, pois 35 mil empresas já foram notificadas e serão excluídas, caso não regularizem os débitos e optem novamente até 31 de janeiro próximo. Outras 525 mil micro e pequenas companhias já têm débitos lançados, mas ainda não foram notificadas. Segundo a redação do projeto de lei, o volume dos valores de tributos do regime simplificado não recolhidos poderá ser dividido em parcelas, sob regulamentação do Conselho Gestor do Simples Nacional. O projeto ainda eleva para R$ 48 mil o limite de faturamento anual para um autônomo ser enquadrado como Empreendedor Individual. Hoje, esse patamar é de R$ 36 mil.



Lula pede aos brasileiros cautela ao consumir

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, pediu aos brasileiros que consumam com cautela e responsabilidade neste fim de ano.

“Que as pessoas aproveitem e comprem o que quiserem comprar, mas com muita responsabilidade para não se endividarem, porque o mês de janeiro é sempre muito pesado”, disse Lula durante o programa de rádio semanal Café com Presidente.

Para o presidente, os consumidores precisam ficar atentos para que as contas de 2010 acabem não pesando no orçamento de 2011. “Então, é importante que a gente não perca o senso de responsabilidade nas nossas compras”, disse o presidente.

Outro ponto ressaltado por Lula é que os consumidores precisam pensar na tranquilidade financeira do próximo ano. “Comprar, fazer a dívida necessária, mas sabendo que a gente precisa ter um 2011 tranquilo”, completou.

Emprego

Durante o programa, o presidente comentou os últimos dados de emprego e desemprego divulgados na última semana. Para Lula, o País está “nos padrões de pleno emprego, que era considerado para os países europeus e para os Estados Unidos”.

A perspectiva do presidente é que 2010 termine com 2,6 milhões de novas vagas criadas. Lula espera que esse desempenho continue com o PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), Minha Casa, Minha Vida 2 e com os investimentos da Petrobras.

“Eu penso que daqui para a frente deverá continuar aumentando a oferta de emprego no Brasil, e eu penso que, por isso, os números irão diminuir ainda mais com relação ao desemprego”, acredita Lula.






Varejo brasileiro deve crescer 9,7% em dezembro

Fonte: InfoMoney

O varejo brasileiro permanece otimista com as vendas de final de ano. Em dezembro, a estimativa é de crescimento de 9,7%, frente ao mesmo período do ano passado

Para janeiro e fevereiro, a expectativa é de expansão de 9,4% e 11%, respectivamente. É o que revela o IAV (Índice Antecedente de Vendas), divulgado nesta segunda-feira (20) pelo IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo).

O estudo aponta também que, em novembro, as vendas do setor cresceram 8,1%, em relação ao mesmo mês de 2009. Juntamente com outubro, estes dois meses registraram duas das três maiores taxas de crescimento mensal em todo o ano.

Setores
Na análise entre os setores, o de bens duráveis é destaque na projeção de expansão dos próximos meses. A estimativa é que as vendas apresentem alta de 12% em dezembro, 13,3% em janeiro e 16,2% em fevereiro.

O segmento de bens duráveis também deve continuar a crescer de forma expressiva, acima da taxa de dois dígitos nos próximos meses. A previsão é que se atinja aumento de 11,2% em dezembro, e 10,6% e 13,2% nos primeiros meses de 2011.

Já o segmento de bens semi-duráveis apresenta as menores taxas de crescimento esperadas: 7,1% em dezembro, 6,3% em janeiro e 6,2% em fevereiro.

De acordo com o levantamento, as vendas de bens não-duráveis são beneficiadas pelo aquecimento do mercado de trabalho.

Sobre o IAV
O IAV consolida a evolução das vendas efetivamente realizadas pelos associados do IDV, com o intuito de alcançar expectativas para os próximos meses.

A metodologia consiste na ponderação dos números fornecidos pelas empresas de acordo com o porte, para que, assim, se alcancem indicadores como o volume de vendas e o faturamento nominal. O indicador permite ainda uma visualização do comportamento do mercado esperado para um período futuro de até três meses.






segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

A CDL Santa Cruz do Capibaribe deseja um Natal de Felicidade para todos







Natal Show de Prêmios


O comércio de Santa Cruz do Capibaribe se renova todo fim de ano com a campanha Natal Show de Prêmios da CDL local. Este ano, serão mais de 100 prêmios sorteados nas mais de 130 lojas participantes. Ao término da campanha (29 de dezembro), haverá o grande sorteio de cinco motos para os clientes que valorizaram o comércio da cidade fazendo suas compras. Participe, compre, preencha seu cupom e deposite nas urnas. É importante que cada cupom seja depositado na loja onde foi feita a compra, pois cada loja participante terá sorteio especifico de um prêmio. Boa sorte a todos!

Ouça o jingle da Campanha!




Nordestinos tomam mais crédito e pagam mais em dia

Fonte: Folha de São Paulo
on line

Pela primeira vez, o Nordeste ultrapassou o Centro-Oeste no financiamento ao consumo. O aumento do crédito à pessoa física deixou a região atrás apenas de Sudeste e Sul neste ranking.

Em 2004, o Centro-Oeste tinha um estoque de crédito 50% maior que o Nordeste para pessoas físicas, diferença que foi sendo eliminada gradativamente desde então.

Apesar do aumento nas dívidas, a região registra a maior queda na inadimplência, cerca de 40%, entre janeiro de 2004 e setembro de 2010, período coberto pelos dados do Banco Central.

Os Estados nordestinos também são os únicos onde o crédito a empresas ganhou participação no período.

Mesmo com o avanço dos últimos anos, devido à melhora na renda e no emprego na região, a maioria dos indicadores ainda está distante da média nacional.

A taxa de inadimplência, por exemplo, é a maior do país. O percentual de empréstimos em relação à população também é menor que em outras regiões.

Parte dos avanços registrados se deve à inclusão bancária, mas o número de agências por habitante corresponde a cerca de metade da média nacional, e a maioria das cidades do interior depende de postos avançados ou correspondentes bancários.

Bancos e empresas que atuam na região avaliam que ainda há espaço para melhora nesses indicadores devido à perspectiva de continuidade do aumento na renda, no emprego formal e, principalmente, nos investimentos.

"Há muitos investimentos programados e a região ainda tem um grande potencial de inclusão bancária. Tudo isso favorece o aumento no crédito e a redução da inadimplência", diz Walter Malieni Júnior, diretor de crédito do Banco do Brasil.

Segundo Malieni, além de ficar com cerca de 50% dos recursos do Bolsa Família, a região ainda está entre as mais beneficiadas por programas como microcrédito e Pronaf (agricultura familiar).

O crédito direto e para aquisição de bens também tem sido destaque, o que aumentou as apostas dos varejistas para a região.

O Nordeste é a região que mais aumentou sua participação no PIB entre 2004 e 2008, segundo dados do IBGE: de 12,7% para 13,1%.

A rede Walmart, por exemplo, chegou ao Nordeste em 2004 e tem privilegiado esses Estados na sua expansão, com base no desempenho da economia regional.

Nesse período, aumentou o número de lojas em quase 70%. No ano passado, quase metade das novas lojas no país foi aberta na região, com destaque para as bandeiras TodoDia e Maxxi Atacado, localizadas em bairros mais afastados dos grandes centros e que têm como público-alvo as classes C, D e E.

Em relação ao crédito a empresas, predomina o financiamento de grandes projetos de infraestrutura, que beneficiam também médias e pequenas companhias. O BNDES aumentou os empréstimos nesse segmento em 130% neste ano.

Além disso, as grandes companhias acabam financiando, indiretamente, pequenos prestadores de serviço, diz Manoel Ribeiro Filho, diretor da Construtora OAS.








sábado, 18 de dezembro de 2010

Violência contra a mulher: concurso premia melhores redações em Santa Cruz do Capibaribe


O Concurso de Redação, organizado pela Coordenadoria da Mulher, de Santa Cruz do Capibaribe chegou ao fim com uma grande premiação. O Concurso teve como temática "PENSANDO A IGUALDADE DE GÊNERO E DIREITOS HUMANOS”, e premiou estudantes de todos os níveis. O evento contou com a participação de várias entidades da cidade, dentre elas, o Banco do Brasil e a CDL. A participação mais esperada, Maria da Penha não pôde vir, mas enviou sua assessora e um vídeo parabenizando os participantes do Concurso.

Na ocasião o representante da CDL, Rosimauro Galdino, entregou um computador doado pela entidade para a ganhadora da categoria ensino fundamental II, a jovem Amanda da Escola Pe. Zuzinha. O representante do Banco do Brasil, entregou UM NETBOOK, a jovem Marta que ganhou na categoria ensino Médio, também da Escola Pe. Zuzinha. A bolsa de pós-graduação no CESAC foi para a ganhadora da categoria Estudante de Graduação, a jovem Josefa Renata do próprio CESAC.

Junto com esses prêmios a coordenadoria entregou um "kit" com exemplares de livros sobre as temáticas em questão, e uma camisa da campanha "basta de violência" da Sec. da Mulher de PE.

Também receberam livros as duas escolas homenageadas, a diretora da escola Pe. Zuzinha (EPZ), e da Escola Santo Antônio (ESA). Os participantes que foram classificados, receberam um certificado e um pequeno kit com livros e camiseta.




SENAI homenageia CDL Santa Cruz do Capibaribe


Pelo segundo ano consecutivo, a CDL Santa Cruz do Capibaribe recebe homenagem do SENAI. Em um evento de formatura de técnicos administrativos, noite desta sexta-feira (17), o SENAI mostrou sua gratidão pelo apoio e dedicação que a CDL tem com a escola técnica. O presidente da CDL, Fábio Lopes, participou da formatura e recebeu inúmeros elogios pelas parcerias firmadas com o SENAI.




Em seu discurso, Fábio enfatizou a importância da escola para a cidade e reafirmou o compromisso que a CDL tem em sempre está de portas abertas para o SENAI. Este ano, devido a problemas na instalação da sede do SENAI, a administração da escola funcionou por alguns meses na CDL local.





Os formandos elaboraram uma coleção para ser apresentada na formatura. Com peças baseadas no mundo da Barbie, os técnicos mostraram que estão prontos para o mercado da moda.



No total, só esta semana o SENAI-PE formou mais de 2 mil técnicos para a indústria. Em Santa Cruz do Capibaribe, cerca de 50 jovens receberam o diploma. O evento marcou também a inauguração da nova sede, na unidade na Capital da Moda.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Regulamentação dirá a que veio o cadastro positivo

Em 1º de dezembro, o Congresso Nacional pôs fim a uma novela de quase dez anos com aprovação do projeto de lei 263, que cria o cadastro positivo nos sistemas de proteção ao crédito. Atualmente, existe apenas o cadastro negativo, que registra se o cliente tem dívidas pendentes. Já o cadastro positivo incluirá as dívidas feitas e honradas, e sua promessa é complementar a avaliação de risco de modo que, se o cliente for bom pagador, terá crédito mais farto e barato.

Foi uma das mais longas tramitações dentro do Congresso Nacional. Desde o fim da década de 90, os birôs de crédito têm condições de operar o cadastro positivo. Mas o serviço não vingou por causa da oposição dos órgãos de defesa do consumidor que lutaram, com razão, para preservar os direitos dos cidadãos.

De algumas tentativas de se regulamentar o cadastro positivo, prosperaram duas. Uma delas é o projeto de lei 836, que nasceu na Câmara, em 2003, de autoria do deputado Bernardo Ariston (PMDB-RJ). Em maio de 2009, o PL 836/2003 era o preferido do governo, mas sequer chegou ao Senado por causa do detalhismo.

No fim de 2009, o Ministério da Fazenda e o Banco Central (BC) já estavam defendendo o PL 263, que nasceu de um projeto de 2004 do então senador Rodolpho Tourinho (DEM-BA) e se caracteriza exatamente pelo oposto, a simplicidade. O projeto altera o Código de Defesa do Consumidor, acrescentando um parágrafo ao artigo 43º, criando um banco de dados com informações dos pagamentos honrados pelo consumidor. O projeto de Tourinho passou pela Câmara em 2008, onde ganhou uma emenda exigindo a autorização do consumidor para que seus dados sejam incluídos no cadastro positivo.

Mas a simplicidade excessiva do PL 263 angariou críticas no próprio governo, mais exatamente do Ministério da Justiça, que engrossou a oposição dos organismos privados, a ponto de inviabilizar sua votação em fins de 2009.

Para neutralizar as críticas, o BC elaborou um rascunho de uma medida provisória que deverá regulamentar o projeto assim que for sancionado pelo presidente. O rascunho circulou entre os senadores, venceu as resistências e, finalmente, tirou o projeto do forno. O conteúdo da medida provisória não foi divulgado, mas sabe-se que deverá excluir do cadastro positivo as contas de serviços públicos como água, luz e telefone; permitir ao consumidor acesso gratuito a suas informações e a retirada de seus dados a qualquer momento.

Os temores dos organismos de defesa do consumidor não foram esvaziados, porém. A Fundação Procon, da Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania de São Paulo, divulgou nota após a aprovação do PL 263, preocupada com o risco à privacidade, eventuais prejuízos a quem nunca tomou crédito e, portanto, não tem um histórico, e alertou para a necessidade de se controlar o acesso às informações do cadastro positivo para evitar seu uso com fins mercadológicos.

Já os birôs de crédito prometem mundos e fundos. Para a Serasa Experian, o sistema distinguirá os bons dos maus pagadores, garantindo juros menores aos primeiros. Sem essa diferenciação, diz a nota da empresa, há a "socialização do custo da inadimplência". De fato, em estudo feito em 1981, o então futuro prêmio Nobel Joseph Stiglitz e seu colega Andrew Weiss já falavam que a assimetria de informações no mercado de crédito levava à seleção adversa, em que clientes bons e caloteiros acabavam pagando o mesmo juro.

Há alguns exageros. A empresa chega a dizer que o cadastro positivo afasta o risco do "superendividamento e possível bolha". A crise atual mostrou, porém, que a existência do cadastro positivo há muitos anos não evitou as bolhas nos Estados Unidos e Europa.

Entusiasmos partidários à parte, há estudos que garantem que a implantação do cadastro positivo resultou em menor inadimplência, o que tende a reduzir os juros uma vez que ela representa mais um terço do spread bancário. Em 50 países que adotaram o cadastro positivo, a inadimplência caiu 43%, apurou estudo dos professores americanos John Barron e Michael Staten. Além disso, há indicações de que a medida aumenta a oferta de crédito. Em 120 países pesquisados pelo Banco Mundial, o aumento foi de 20% em três anos.

Se a novela do cadastro positivo terá ou não um final feliz para o consumidor ainda não se sabe. A resposta depende em boa parte da regulamentação do projeto de lei que o governo deverá fazer e da vigilância dos consumidores. Já os bancos e as financeiras obtiveram uma das coisas que sempre pediram ao longo dos últimos dez anos.





CNDL comemora aprovação de cadastro positivo pelo Senado

Fonte: CNDL

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) comemorou a aprovação, nesta quarta-feira, do Cadastro Positivo pelo Senado Federal. O projeto pretende criar uma lista de bons pagadores que poderá ser consultada por instituições financeiras e varejo, quando da concessão de crédito ao consumidor. Quem tiver bom histórico poderá tomar empréstimos a juros menores, o que beneficia o consumidor e o comércio por extensão.

Para o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, esta é uma grande vitória para a CNDL e todo o Movimento Lojista. “Com a implementação do cadastro positivo, haverá queda de juros e uma igualdade na concessão de crédito. Consideramos ainda uma ferramenta à altura do consumidor brasileiro”.

Roque disse ainda que a aprovação do cadastro positivo encerra um ano de vitórias para o Movimento Lojista, que comemorou também a quebra do monopólio entre as adquirentes de cartões de crédito. “O ano 2010 não poderia terminar melhor”, disse Pellizzaro.





Bingo Benefcente da AADESC: Participe






quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

CESAC realiza curso de férias em parceria com a CDL

Pesquisa de opinião é lançada na CDL Santa Cruz do Capibaribe

Conhecer as necessidades do seu cliente e desbravar mercados. Com esse intuito, a Fecomercio-PE realizou, em parceria com a CDL e o SINDCOM, uma pesquisa de opinião no comércio do centro de Santa Cruz do Capibaribe e no Moda Center. O intuito da pesquisa foi levantar dados para dar suporte ao lojista referente a necessidade do cliente.

O supervisor, José Fernandes, relatou que Santa Cruz é uma cidade de destaque em todo Agreste de Pernambuco e isso chamou a atenção da Fecomercio. A entidade realiza pesquisas em datas comemorativas nos grandes centros comerciais do Estado, como Petrolina, Caruaru, Garanhuns e Região Metropolitana do Recife. Santa Cruz do Capibaribe entrou neste contexto a partir dessa pesquisa que foi realizada na cidade.

O supervisor disse ainda, que o Moda Center é algo extraordinário. “Eu acho o Moda Center um empreendimento exemplar, no entanto ele precisa ser monitorado, pois sabemos que na economia tudo é cíclico, e aqui na cidade não é diferente”, alertou.





Fábio Lopes, presidente da CDL frisou a importância da Pesquisa para o comércio local. “Este é um pontapé inicial, então eu vejo isso como um fato histórico, pois nunca foi realizada uma pesquisa desse tipo aqui na cidade. São dados levantados por técnicos de alto nível. Com isso, nós podemos nos planejar melhor e criarmos ações estratégicas para um comércio mais forte em nosso município”, enfatizou Fábio.


CDL empossa sua nova diretoria para o triênio 2011-2013



A CDL Santa Cruz do Capibaribe empossou a nova diretoria para gerir os trabalhos nos próximos três anos (2011-2013). A cerimônia de posse aconteceu no último sábado (11), em paralelo a confraternização da entidade. Um evento que reuniu associados, amigos, colaboradores e autoridades, além da comitiva da Unicred Empresarial e o presidente eleito da FCDL-PE, Adjar Soares.

Adjar relatou sobre o dinamismo com que Fábio Lopes desenvolve os trabalhos frente a CDL. “Conheci Fábio no movimento Lojista. Ele tem feito um bom trabalho na CDL de Santa Cruz do Capibaribe e isso me chamou atenção, por isso eu o convidei para fazer parte da minha diretoria na FCDL”, frisou Soares.

Eleição e Posse

No movimento lojista, tanto a eleição como a posse, são comandados pelo presidente do Conselho Consultivo. Em Santa Cruz do Capibaribe, a CDL tem como presidente do Conselho, Isac Aragão, ele quem realiza a eleição e empossa os novos diretores. Um Conselho Consultivo de uma CDL é formado por ex-presidentes que mantêm o cargo em regime vitalício.



quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

AGORA É HORA DE CELEBRAR


Eugênio Sales Queiroz

Consultor/Palestrante



"O natal não é um período e nem uma estação, é um estado de espírito."
Calvin Coolidge



Você que neste ano de 2010 enfrentou desafios, lutou com todas as forças para seguir em frente, agora chegou o momento de comemorar suas conquistas.

Claro que nem sempre conseguimos conquistar tudo aquilo que queríamos para a nossa vida, mas o mistério da nossa existência é assim mesmo.

Um dia a gente ganha outro a gente aprende.

O que não podemos perder é o sentido do nosso viver, do nosso caminhar.

E neste período natalino, onde comemoramos o nascimento do maior Vencedor que este mundo já viu, Jesus de Nazaré, para seguirmos em frente e aprendendo a viver, basta observarmos com os olhos da alma todo exemplo de vida que Eles no deixou.

Então, amigo e amiga leitor, celebre e festeje todas as vitórias que você teve neste ano e junto com seus familiares e amigos celebre a Vida, a Fraternidade, enfim, celebre o AMOR!



Que Deus, em sua infinita bondade, abençoe e encha de paz nossos corações da noite de Natal.

Boas Festas.







Dicas De Sucesso

 Acredite no seu poder interior
 Seja flexível com as mudanças
 Não desanime diante as derrotas “temporárias”
 Participe de cursos e seminários
 Conheça pessoas novas todos os dias
 E trabalhe sempre com muito AMOR!





Projeto dobra para R$ 72 mil por ano limite para enquadramento como microempreendedor individual

Texto de Gorette Brandão
da Agência Senado

Hoje limitado a R$ 36 mil anuais, o limite de receita bruta para que um empresário individual possa ser enquadrado como microempreendedor individual (MEI) pode ser duplicado para R$ 72 mil. De autoria do senador Acir Gurgacz (PDT-RO), projeto (PLS 195/10) com essa finalidade foi aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) nesta terça-feira (14).

As condições simplificadas de recolhimento de tributo pelo MEI foram criadas dentro do Simples Nacional, por lei aprovada em 2008, para estimular a formalização de microemprendedores. O optante pode recolher por meio de um único documento de arrecadação um total de R$ 57,15 por mês, a título de contribuição para a seguridade social, ICMS e ISS.

O autor reconhece os avanços na legislação, mas diz ser necessário aumentar a formalização da economia mediante a adesão de potenciais microempreendedores individuais ao Simples nacional, considerada ainda "desalentadora".

Depois da instituição do MEI, cerca de 750 mil pessoas formalizaram suas atividades nessa categoria, afirmou o relator da proposta, senador Adelmir Santana (DEM-DF). Diferentemente de Gurgacz, o relator considera esses números já expressivos e, em sua avaliação, a aprovação do PLS 195/10 pode ampliar o alcance "revolucionário" da legislação.

Adelmir disse ainda que a proposta vai ao encontro de promessas feitas pela presidente eleita, Dilma Rousseff, no sentido de valorizar o microempreendedor individual.

O microempreendedor individual não estará sujeito à incidência do IRPJ, do IPI, da CSLL, da Cofins, do PIS e do INSS patronal. Portanto, não estará sujeito ao recolhimento das alíquotas previstas nas tabelas do Simples Nacional.

A proposta voltará à Comissão Diretora, que definirá a sequência da tramitação.







terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Rota do Mar na mídia nacional

Sílvio Santos passa mais de um minuto falando sobre a Rota do Mar. Veja no vídeo!







IBGE: varejo deve fechar ano com alta recorde de vendas

Fonte: Agência Estado

O comércio varejista do País está caminhando para um resultado de vendas recorde em 2010. Embora tenha ressaltado que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) não faz previsões, o economista da Coordenação de Serviços e Comércio do instituto, Reinaldo Silva Pereira, argumentou que, no acumulado do ano até outubro, as vendas do comércio varejista acumulam alta de 11,1%. Desde o início da série histórica da pesquisa, em 2001, o volume de vendas do comércio nunca fechou o ano com expansão de dois dígitos.

Além disso, Pereira comentou que os resultados de vendas que ainda estão por vir, referentes aos meses de novembro e dezembro são conhecidos historicamente como bons, tendo em vista as compras de Natal. "Não creio que teremos resultados negativos nestes dois últimos meses do ano. Não posso fazer previsões sobre desempenho. Mas pelo que posso perceber, estamos caminhando sim para um crescimento de dois dígitos no comércio varejista", afirmou.

Ele acrescentou ainda que o comércio teria tido uma alta no volume de vendas de dois dígitos em 2008, não fosse "atropelado" pela crise global, cujo período mais agudo começou em setembro daquele ano. Até o momento, o melhor resultado anual das vendas do comércio varejista é o de 2007, quando houve alta de 9,7%.

Na análise do técnico, caso o volume de vendas do varejo encerre 2010 com evolução de dois dígitos, o segmento de hiper, supermercados, produtos alimentícios e fumo terá sido fundamental para compor resultado positivo. Isso porque, além de ser o segmento de maior peso entre os pesquisados pelo IBGE para cálculo da evolução de vendas no varejo, até outubro deste ano o segmento já acumula alta de 9,7%. Este aumento já é superior ao fechamento de todos os anos, no setor, desde o início da série em 2001.

ELETRODOMÉSTICOS - A desvalorização do dólar ante o real ajudou no bom desempenho nas vendas no varejo de móveis e eletrodomésticos em outubro deste ano, que subiram 2,3% ante setembro, disse Pereira. Na comparação com outubro do ano passado, as vendas no segmento subiram 15,4%. No ano, a expansão é de 18,1% e, em 12 meses, de 17,2%.

O técnico do IBGE comentou que o dólar fraco ajudou a tornar mais baratos peças importadas e produtos que compõem o segmento, estimulando as vendas. No entanto, outros fatores contribuíram para o bom desempenho do setor. "Temos outros fatores, como melhora de renda e de oferta de crédito, que elevaram o poder aquisitivo do consumidor e ajudaram nas vendas deste tipo de produto", acrescentou.




segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

CDL fará lançamento da pesquisa de opinião realizada no comércio de Santa Cruz do Capibaribe


A CDL Santa Cruz do Capibaribe lança nesta quarta-feira (15), a pesquisa de opinião realizada pela Fecomércio na cidade. Serão apresentadas informações sobre os resultados da pesquisa realizada no comércio tradicional e Moda Center Santa Cruz em 2010, além das perspectivas comerciais da cidade para 2011. O objetivo da pesquisa é manter o empresariado informado sobre a atual situação mercadológica do município de Santa Cruz do Capibaribe.

O lançamento acontecerá dia 15 de Dezembro do corrente ás 19h, na sede da CDL, situada na Rua Júlia Aragão, 249, Bairro Novo.


Novas notas de R$ 50 e R$ 100 começam a circular


Fonte: Agência Brasil

O Banco Central (BC) lança hoje (13) a segunda geração da família de cédulas do real. Primeiro, entrarão em circulação as novas notas de R$ 50 e de R$ 100. Em 2011, será a vez das notas de R$ 10 e de R$ 20 e, por último, a partir de 2012, começará a substituição das notas de R$ 2 e de R$ 5. De acordo com o BC, as duas notas de maior valor são as que demandam maior proteção contra tentativas de falsificação e, por isso, estão sendo lançadas antes das demais. Mais de 70% das cédulas falsas apreendidas no país são de R$ 50 e de R$ 100.

“As novas notas entrarão em circulação por meio dos bancos comerciais, sendo que as cédulas atuais continuarão valendo e somente serão retiradas de circulação em decorrência do desgaste natural”, informou o BC, em nota. Na página do banco na internet, a autoridade monetária avisa que “não há necessidade de trocar as notas antigas por novas na rede bancária, pois as duas famílias conviverão em circulação por prazo indeterminado”.

A necessidade de dar mais segurança às notas foi a justificativa do BC para a criação da nova família de dinheiro de papel. “Com o avanço das tecnologias digitais nos últimos anos, é necessário dotar as nossas cédulas de recursos gráficos e elementos antifalsificação mais modernos, capazes de continuar garantindo a segurança do dinheiro brasileiro nos próximos anos”.

Para lançar as novas cédulas, a Casa da Moeda teve que investir em equipamentos de impressão, já que as atuais cédulas são impressas em máquinas com mais de 30 anos de uso. Segundo o BC, “os novos equipamentos e insumos permitem a impressão de desenhos mais complexos e com maior precisão, aumentando a percepção de uma impressão de qualidade superior. Alguns elementos já presentes na primeira família – como a marca d’água e o número escondido – foram redesenhados de modo a facilitar a sua verificação pela população”.

Outra mudança está na diferença de tamanho das notas, para garantir o uso seguro pelos deficientes visuais. Além disso, a adoção de tamanhos diferenciados inibe a tentativa de falsificação por lavagem química, uma técnica que consiste em apagar a impressão de uma nota de menor valor e imprimir no papel moeda lavado a estampa de uma nota de maior valor.

Os deficientes visuais também poderão contar com as marca táteis, que são barras em alto-relevo localizadas no canto direito inferior das notas.

Segundo o BC, nas notas de R$ 50 e de R$ 100, “a maior novidade é a faixa holográfica, composta por desenhos descontínuos que, ao serem movimentados, apresentam efeitos de alternância de cores e formas”. Os demais elementos de segurança também são de fácil visualização: marca d’água, que apresenta o valor da nota e a imagem do animal, e o número escondido, que aparece quando a nota é colocada na posição horizontal, na altura dos olhos.





Novas regras sobre declaração do IRPF 2011

Fonte: Agência Brasil de Notícias

A Receita Federal divulga hoje (13) as regras para o preenchimento da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011. Além de mudanças no limite mínimo de renda para a obrigatoriedade da entrega do documento, é esperado o fim da declaração em formulários de papel.

Essas alterações nas regras já tinham sido antecipadas pelo supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. Quando falou sobre as possíveis mudanças, Adir disse que os formulários de papel trazem certos transtornos para a Receita por representarem um volume muito pequeno em relação aos documentos enviados pela internet. Muitas vezes, lembrou o supervisor, esses formulários foram enviados por pessoas que sequer estavam obrigadas a declarar.

Outro problema destacado por ele é que muitos documentos em papel são ilegíveis. Se for confirmada a mudança, a Receita deverá informar como o contribuinte que não dispõe de computador fará a declaração a partir de 2011.

Joaquim Adir também informou, à época, que haveria um aumento no limite mínimo de renda das pessoas físicas para a declaração, que passaria de R$ 17.215,08, em 2010, para R$ 22.487,25, em 2011. Esses valores podem ter uma variação.

Para 2011, a Receita também fez mudança no programa gerador da declaração do IRPF, que está de cara nova. A versão de teste pode ser encontrada no site da Receita Federal.

A versão beta é utilizada normalmente para testes de programas de computador em fase de desenvolvimento e pode sofrer modificações até que o produto esteja homologado. Isso significa que ela não deve ser usada para o preenchimento final da declaração, mas apenas para testar suas funcionalidades e segurança.

A novidade no programa gerador da declaração do Imposto de Renda 2011, além da interface gráfica, é o formulário de rendimentos tributáveis de pessoa jurídica recebidos acumuladamente, como pensão alimentícia.

Por enquanto, a versão teste pode ser utilizada apenas no sistema operacional Windows (Microsoft). Após ser homologado, o programa deverá funcionar em qualquer sistema operacional, desde que o usuário tenha instalado outro programa conhecido como máquina virtual Java.

Na verdade, o aplicativo funciona como se fosse outra máquina, que aceita os programas da Receita rodando no computador do usuário, seja ele de que tipo for ou que adote qualquer sistema operacional. Isso permite que qualquer cidadão com um sistema Linux, por exemplo, e não só os usuários do Windows (Microsoft), possa instalar o programa para preencher a declaração.

Este ano, o programa de computador gerador da declaração do Imposto de Renda foi homologado em fevereiro pela Receita, e o prazo para a entrega das declarações começou no dia 1º de março e terminou em 30 de abril.

As críticas e sugestões sobre a versão de teste do programa gerador da declaração podem ser encaminhadas para irpf.beta@receita.fazenda.gov.br, até o dia 31 de dezembro.










Nova diretoria da FCDL-PE tomou posse esta semana


Tomou posse nesta terça, 07, a nova diretoria da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Pernambuco, presidida por Adjar Soares, presidente da CDL Caruaru até o fim de ano. A solenidade de posse foi realizada no restaurante Sal e Brasa e contou com a participação de mais de cem pessoas, entre presidentes de CDLs, autoridades, amigos e do presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Roque Pellizzaro Junior.

O primeiro a falar foi o atual presidente da FCDL/PE, Eduardo Catão, que fez um resumo dos seus três anos de gestão e agradeceu o apoio dos presidentes das CDLs e de sua equipe. Em seguida, a nova diretoria foi empossada, e o presidente eleito, Adjar Soares, falou do desafio que terá, a partir de janeiro, e dos projetos que tem para a Federação.

Por fim, o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro saudou a todos em nome do Movimento Lojista Nacional, parabenizou Eduardo Catão pelo grande trabalho realizado e desejou sorte à Adjar.

Após as falas, a equipe da FCDL/PE preparou uma homenagem para Eduardo Catão, exibindo um vídeo que mostra um pouco da sua história no movimento e do seu jeito de ser. O momento emocionou a todos os presentes.




CDL Recife comemora 50 anos de fundação


Este ano, a CDL Recife completou 50 anos de existência, e para comemorar esta importante data, a entidade realizou, nesta terça-feira 07, uma festa na casa de eventos Blu’nelle, que marcou, também, a posse da nova diretoria da CDL, a ser presidida pelo atual presidente da FCDL/PE, Eduardo Catão.

Na ocasião, a CDL Recife prestou homenagens a aqueles que participaram ativamente do movimento lojista recifense.

Eduardo Catão já foi presidente da CDL Recife por dois mandatos, antes de assumir a Federação, mas para Catão será um novo desafio. “Estamos vivendo um novo momento, diferente daquele período em que fui presidente da CDL. Estar à frente da FCDL/PE me deu um conhecimento maior do movimento a nível estadual e nacional, onde atuo na CNDL e SPC Brasil. Na minha volta à CDL tenho uma visão diferente e novos projetos”, afirmou Eduardo.

Já o atual presidente, Silvio Vasconcelos, fez um balanço de sua gestão, exibindo as principais ações realizadas pela CDL nesses últimos ano.

O evento contou com a presença de autoridades, políticos, empresários, lojistas e presidentes de CDLs do Estado, além do comparecimento do presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior. Durante seu discurso, o presidente da CNDL lembrou da força que a CDL Recife tem no âmbito nacional.



domingo, 12 de dezembro de 2010

Unicred Empresarial é inaugurada em Santa Cruz do Capibaribe


A inauguração da Unicred Empresarial na cidade de Santa Cruz do Capibaribe aconteceu na noite deste sábado (11). O evento aconteceu na sede da CDL, local aonde vai funcionar a cooperativa na cidade. A Capital da Moda é o terceiro município de Pernambuco a receber uma agência da Unicred.

O presidente da Cooperativa, Fred Leal, parabenizou Santa Cruz do Capibaribe, sobretudo a CDL por ter acreditado na parceria com a Unicred. Leal disse ainda que a cidade só tem a crescer com a chegada da cooperativa, pois os empresários terão uma opção desburocratizada para resolver seus assuntos bancários.

O presidente eleito da Federação das CDLs de Pernambuco, Adjar Soares, prestigiou o evento e enfatizou a inauguração da Unicred na cidade de Santa Cruz do Capibaribe é um divisor de águas para o município.

A Unicred Empresarial é uma das ações do presidente da CDL, Fábio Lopes, que desde o início do ano luta junto a cooperativa para a instalação de uma unidade em Santa Cruz do Capibaribe.

Veja mais imagens do evento!






sábado, 11 de dezembro de 2010

Projeto Dia Feliz da ASCONT

CDL Santa Cruz do Capibaribe sedia encontro para discutir segurança pública




Os Seminários de Segurança Pública que vêm acontecendo em Santa Cruz do Capibaribe estão sendo realizados na sede da CDL.

Em dois encontros, as autoridades reuniram-se com os conselhos da cidade a fim de discutir melhorias para a segurança da sociedade. Vários representantes dos conselhos do município marcaram presença.

Na última quinta-feira (09), o encontro teve como público o conselho de Segurança, onde o mesmo é representado pelas entidades representativas como: CDL, ASCAP, ASCONT, Polícia Militar, Polícia Civil, Moda Center, Prefeitura, Câmara de Vereadores, Igrejas, Bombeiros, Conselho Tutelar, Promotoria Pública e Juiz da cidade.

Toda essa gama de representantes tem a coordenação da Secretaria de Defesa Social, tendo como presidente para o Conselho, o Secretário Cel. Alves.
O seminário seria apresentado pelo Ten. Cel. Varêda foi coordenado pelo Professor da FACAPE, Carlos Alberto.

O mesmo apresentou ideias para uma segurança melhor e relatou que a sociedade tem que fazer o seu papel também.



O encontro foi marcado pela participação de todos os presentes que expuseram as suas insatisfações referentes a Segurança pública.




Confraternização 2010 da CDL




Texfair Home: a maior feira da América Latina totalmente especializada em têxteis para o lar




A Texfair Home vai acontecer de 22 a 25 de fevereiro e será palco dos principais lançamentos 2011/2012 dos segmentos de cama, mesa, banho, cortina, tapete e decoração, reunindo as mais expressivas empresas e marcas do setor.

A Texfair Home – Feira Internacional de Produtos Têxteis para o Lar é o resultado da divisão da Texfair do Brasil em duas feiras com focos bastante definidos: uma voltada para têxteis para o lar e outra direcionada para o setor de vestuário. Dessa forma, a Texfair Home pretende reunir, em uma área com 26 mil m², as empresas e marcas formadoras de opinião e tendências dos setores de cama, mesa, banho, cortinas, tapetes e decoração. Com este novo formato, a Texfair Home aposta na segmentação para oferecer um evento mais fortalecido, qualificado e focado nos interesses estratégicos e competitivos do mercado.

Em parceria com a ABIT - Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, através do Programa Apex Brasil (Agencia Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e com a FIESC – Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, com o Programa Al Invest, a Texfair Home irá promover o intercâmbio comercial entre expositores e compradores internacionais com o objetivo de gerar novas oportunidades de negócios, troca de informações e detectar clientes potenciais no mercado externo.

A Texfair é realizada no Parque Vila Germânica em Blumenau – SC. Com área construída de 26 mil m², pavilhões climatizados e wireless, o complexo foi projetado dentro dos mais altos padrões de tecnologia, design moderno e normas ecologicamente corretas, além de ser totalmente planejado com o propósito de atender a todos, com a atenção especial para deficientes físicos e visuais. Está situado na Rua Alberto Stein, 199, Bairro da Velha, a 2 km do centro da cidade.

Conheça os expositores que participarão da feira em 2011!



sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Santa Cruz do Capibaribe inaugura amanhã Unicred Empresarial

A Terra das Confecções inaugura amanhã (11), a terceira agência em Pernambuco, da Unicred Empresarial. A Cooperativa de crédito está com as instalações prontas na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL. A inauguração da Unicred Empresarial em Santa Cruz do Capibaribe tem por finalidade agregar os empresários em prol de objetivos vencedores. A cidade é a terceira do Estado a ser contemplada com a cooperativa.

De acordo com o presidente, Fred Leal, a Unicred Empresarial é uma ferramenta extremamente importante para ajudar ainda mais no crescimento do empresariado de Santa Cruz do Capibaribe.

Fred Leal disse ainda que ficou impressionado pelo dinamismo da diretoria, principalmente do presidente Fábio. “Eu nem conhecia Fábio e ele prontamente acolheu a ideia da Unicred. Eu fiquei muito satisfeito em ver a determinação e a vontade do presidente Fábio e dos diretores da CDL Santa Cruz do Capibaribe em ter uma unidade da unidade na cidade”, concluiu.



quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Sebrae e Gerdau anunciam nesta terça vencedores estaduais do prêmio de competitividade

Fonte: SEBRAE

O Sebrae Pernambuco divulgou nesta terça-feira (07), os vencedores estaduais do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequena Empresa – MPE Brasil 2010, durante cerimônia no Arcádia do Paço Alfândega, Recife Antigo. O encontro vai reunir representantes das 34 empresas finalistas que disputam o troféu estadual em seis categorias e ainda Responsabilidade Social.

A iniciativa tem como objetivo promover a melhoria na qualidade, produtividade e competitividade das MPE, além de buscar reconhecer boas práticas de gestão no negócio. Os empreendimentos pernambucanos disputam o prêmio MPE Brasil 2010 nas categorias de Serviços, Comércio, Indústria, Serviços de Turismo, Serviços de Educação, Serviços de Saúde e a categoria especial de Responsabilidade Social. Os nomes dos escolhidos serão revelados durante o evento. Na ocasião, serão homenageadas também a unidade do Sebrae e a associação comercial que realizou o maior número de inscrições.

Nesta 11ª edição do prêmio, o estado contou com a participação de 2.522 negócios inscritos, o que representa um aumento de 30% no número de inscrições estaduais em relação ao ano passado. O grupo que corresponde ao segmento de Comércio foi o que recebeu o maior número de inscrições em 2010. No Brasil, o total de empresas inscritas foi de 99.278, número 41% maior que em 2009.

A escolha dos vencedores é baseada em uma avaliação feita por meio dos Critérios de Excelência da Gestão, da Fundação Nacional de Qualidade. A adoção desse modelos faz com que a empresa obtenha, entre outros pontos, melhorias no processo e produtos, redução de custos, aumento da credibilidade da empresa e reconhecimento público. O modelo tem como base fundamentos, dentre eles, liderança, clientes, estratégias e planos, processos e resultados. Em 2010, 38 avaliadores de diversas instituições trabalharam como voluntários do MPE Brasil.

A premiação conta com o apoio de parceiros que acreditam no movimento em prol da qualidade e da competitividade das pequenas empresas, como a Gerdau, Petrobrás, Movimento Brasil Competitivo, Fundação Nacional da Qualidade e Confederação Nacional das Indústrias.


Serviço

Entrega do Prêmio MPE Brasil 2010
Data: Terça-feira (06/12)
Hora: 19h
Local: Arcádia Paço Alfândega - Recife Antigo




CDL Recife comemora 50 anos de fundação


A CDL Recife comemorou nesta terça-feira, 07, 50 anos de fundação. Para comemorar este cinquentenário, os associados e convidados participaram de uma festa organizada pela própria CDL. Entre os presentes estava o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior. O evento foi marcado também pela posse de Eduardo Catão, que fica à frente da CDL Recife no triênio 2011 a 2013.

O atual presidente da CDL Recife, Sílvio Vasconcelos, discursou durante a comemoração, lembrando dos feitos enquanto presidente.





quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Rota do Mar recebe prêmio por gestão inteligente


Empresários de todo o estado encontraram-se dia 26 de novembro no Cabo de Santo Agostinho, no Seminário Inteligência Empresarial Edição 2010, que premiou empresas dos setores da indústria, do comércio, agronegócio e de serviços, além de entidades que têm se destacado em suas atuações, contribuindo para o fortalecimento de Pernambuco.

A premiação lotou o auditório do SEST/SENAT, no Complexo Industrial Portuário de Suape. Receberam o prêmio Inteligência Empresarial um total de 50 empresas e entidades.

Em sua quarta edição, o Seminário Inteligência Empresarial é uma parceria entre o Diário de Pernambuco, AD DIPER, Complexo Industrial Portuário de Suape, Faculdade Maurício de Nassau, FAEPE,Fecomércio e FIEPE.


De acordo com o diretor de comercialização e marketing do Diário de Pernambuco, Alano Vaz, esse prêmio incentiva e estimula a prática da inteligência empresarial dentro das organizações. “Essa prática torna a gestão cada vez mais eficiente dentro do ambiente empresarial”, reforçou Alano.

Durante o seminário foram apresentados três casos de sucesso. Foram destacadas experiências da Rota do Mar, do Sindicato das Indústrias do Gesso do Estado de Pernambuco (SINDUSGESSO), e da Embrapa.

Fundada há 14 anos, a empresa Rota do Mar foi bastante aplaudida quando o seu proprietário, Arnaldo Xavier ressaltou ter sido a empresa eleita em 2008 a melhor do Brasil para se trabalhar, em premiação do SESI.

O potencial de Suape foi também destacado pelo diretor patrimonial e fundiário do Complexo, Inaldo Campelo, que representou o governador Eduardo Campos. Além dos milhares de empregos e do parque industrial que não para de crescer.





Brasileiros devem gastar de R$ 51 a R$ 100 neste Natal

Fonte: Infomoney

A maioria dos brasileiros deve gastar, em média, de R$ 51 a R$ 100 com as compras neste Natal. Essa é a expectativa dos varejistas, segundo a Pesquisa Serasa de Expectativa Empresarial para o Natal, divulgada nesta quarta-feira (8).

Dentre os 1.001 empresários entrevistados, 34% esperam que essa seja a média de valores gastos pelos consumidores na época. Presentes de até R$ 50 são esperados por 33% dos entrevistados.

As médias de gastos acima de R$ 100 foram as menores. Parcela de 18% dos empresários acredita em um bom volume de compras entre R$ 101 a R$ 200.

As médias de R$ 201 a R$ 300 e de R$ 301 a R$ 500 foram citadas por 8% e 4% dos varejistas, respectivamente. Apenas 3% estimam gastos médios acima de R$ 500.

Porte e região
Segundo a análise por porte, as pequenas empresas têm 68% dos empresários acreditando em presentes de até R$ 100 e 32% acima deste valor.

Entre os representantes das grandes empresas, 58% esperam gastos médios de até R$ 100 e 42% acima deste valor. Já no médio varejo, são 63% apontando até R$ 100 e 37% superior a esse valor.

No campo regional, 70% dos varejistas do Sul acreditam em gastos médios de até R$ 100 para compra de presentes neste Natal. Entre os empresários do Sudeste, 68% tem essa percepção; no Centro-Oeste, 64%, e no Nordeste, 60% estimam gastos nesta faixa.

A menor expectativa com as compras nesta média aparece na região Norte, onde 49% dos varejistas projetam compras de até R$ 100.

Presentes
Na avaliação dos varejistas, os presentes que mais devem ser procurados neste Natal serão roupas, sapatos e acessórios (30%) e aparelhos de celular (23%).

Também fazem parte da lista de presentes os eletrônicos, com 20% das citações; os brinquedos, com 9%; os eletrodomésticos, com 7%, e os itens de perfumaria e cosméticos, com 4%.

Em menor escala estão cesta de Natal e produtos da época (2%), computador e impressora (1%), bebidas (1%), CD´s, livros e DVD´s (1%) e outros (2%).






terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Participe do Sorteio em Prol da AADESC

Estudantes de Administração elaboram Planejamento Estratégico para o Moda Center Santa Cruz

A diretoria do Moda Center Santa Cruz foi convidada a assistir, na noite desta terça-feira (07), a apresentação de um Planejamento Estratégico elaborado para o Parque de Confecções. O plano foi desenvolvido pelos estudantes do 6º período do curso de Administração do Centro de Ensino Superior Santa Cruz (Cesac).


Os alunos exploraram os valores, os pontos fracos e fortes e sugeriram estratégias para o bom uso do empreendimento. Eles apontaram pontos polêmicos como a segurança, a infraestrutura e a mão-de-obra especializada. A apresentação foi bastante dinâmica e todos os estudantes puderam participar.

De acordo com Sara Xavier, uma das professoras que acompanhou os alunos, todo o planejamento foi feito em apenas um mês e meio. Ela enfatizou ainda que, devido o Moda Center fazer parte da nossa cidade, todos nós precisamos estar envolvidos na melhoria do Condomínio. Segundo ela esse foi um dos pontos que fez o curso despertar o interesse e tentar, através de um estudo, ajudar ao empreendimento.



O diretor acadêmico, Cláudio Ferreira, disse que o Cesac está de portas abertas e pronto para firmar parcerias que possam engrandecer o Moda Center Santa Cruz. Ele falou que a instituição tem uma Empresa Junior onde, por meio dela, essa parceria pode ser firmada.

O síndico do Moda Center, Valmir Ribeiro, esclareceu alguns pontos contidos no planejamento e relatou que algumas das ações propostas já estão sendo implementadas, como é o caso do Posto Médico, que vai funcionar no setor branco. Valmir agradeceu pelo convite e representou toda a diretoria, juntamente com a tesoureira Fátima Nascimento.

“Nossas propostas estão sendo pautadas e elaboradas de forma que possamos ouvir as necessidades de todos, mas principalmente as dos nossos clientes. Afinal, são eles os principais propulsores da nossa economia”, concluiu o síndico.



Moda Center Santa Cruz recebe um grande volume de compradores


O Polo de Confecções do Agreste está recebendo hoje (07), um grande volume de compradores. Com o pagamento do 13º Salário, os consumidores saem as compras. No Moda Moda Center Santa Cruz, o reflexo do gasto é visível.

O mercado de vestuários é um dos que mais cresce no Brasil. Em Santa Cruz do Capibaribe, a confecção vem ganhando espaço e melhor qualidade em sua produção.
Semanalmente, a cidade recebe no Moda Center Santa Cruz cerca de 30 mil compradores. Nesta época, este número triplica em algumas semanas. São excursões de clientes vindos de várias localidades do Brasil.

Silvana Araújo é coordenadora de excursão. Ela é maranhense e duas vezes ao mês consegue trazer dois ônibus lotados de compradores do Maranhão. “Já tem muito tempo que eu venho para cá. Quando chega esta época de natal eu tenho de vir mais vezes devido o aumento das vendas”, explicou Silvana.

O baiano Gilmar é da cidade de Itabuna. Ele revela que ao conhecer Santa Cruz do Capibaribe deixou de ir comprar em outros mercados. “Eu viajo o Brasil todo em busca de fazer minhas compras. Desde que eu conheci o Moda Center, há três anos, eu não deixei mais de vir. Isso aqui é uma maravilha. E agora nessas festas de Natal e Ano Novo, a gente precisa vir com mais freqüência, pois as nossas vendas aumentam também e se não viermos perdemos clientes”, afirmou o comerciante.



Visão empreendedora: Empório Jeans instala-se no Moda Center Santa Cruz e agrega valor ao empreendimento


Com nove anos atuando no mercado do Sul e Sudeste do Brasil, a Empório Jeans chega à região com o objetivo de agregar valor e trazer a moda Sul para o Nordeste. A Empório Jeans está situada no setor amarelo do Moda Center Santa Cruz e em menos de um mês de inauguração, os irmãos Lustosa, empresários responsáveis pela vinda da marca, sentem-se satisfeitos com o investimento no local.

Tudo começou com uma pesquisa de mercado a que os irmãos Diones e Sidney Lustosa, enquanto colaboradores da Empório no Sul e Sudeste do Brasil, foram designados a fazer pelo Nordeste. Eles contam que começaram pela capital do Ceará, de onde começaram a descer, passando por todos os Estados até chegar a Recife. Da capital pernambucana, eles pegaram a BR-232, rumo ao Agreste do Estado. Certos de ir a João Pessoa, ao chegar a Caruaru, Sidney e Diones perceberam a pujança da região, a partir do complexo do Polo de Caruaru, empreendimento similar ao Moda Center Santa Cruz.



No momento em que estavam conhecendo o Polo, eles ouviram falar de Santa Cruz do Capibaribe, cidade que deu origem a todo o Polo de Confecções do Agreste. Os irmãos mostraram-se curiosos para visitar a cidade e conhecer o Moda Center. “Nós chegamos aqui em uma quinta-feira. Não tinha nada aberto, apenas algumas lojas, mas ficamos encantados com tudo isso aqui. Em canto nenhum do Brasil existe isso”, enfatizou Sidney.

O fator principal que fez os irmãos encher os olhos do empreendedorismo foi justamente a grandeza econômica que a região desponta. “O nosso jeans é conhecido em todo Sul, Sudeste e Centro-Oeste, então nós queríamos tornar a marca conhecida aqui também. A Empório está nos maiores centros atacadistas do Brasil, e aqui no Nordeste era a única região que faltava ser melhor divulgada”, explicou Diones. Hoje, a loja da Empório conta com as três marcas produzidas pelo grupo Oppnus, do Paraná, sendo: a Empório, a República e a Jeans.com.

O intuito de Diones e Sidney agora é abrir 18 lojas em todo o Nordeste, sendo mais duas no setor branco do Moda Center, três em Toritama e mais três em Caruaru. As outras nove lojas serão distribuídas pelos demais Estados do Nordeste.