Topo

Topo

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Micro e pequenas empresas geram 78% das vagas em julho

Matéria de Mariana Flores
da Agência SEBRAE de Notícias

De cada cem vagas formais de trabalho geradas em julho deste ano, 78 estavam nas micro e pequenas empresas. Somente no mês passado, os pequenos negócios criaram 109,5 mil postos com carteira de trabalho assinada. Desses, 107,9 mil foram gerados nas microempresas que empregam menos de quatro funcionários. As informações constam em levantamento feito pelo Sebrae a partir de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

As micro e pequenas empresas foram responsáveis por 71% do total de empregos registrados no país de janeiro a julho deste ano, frente a 68% registrados no mesmo período de 2010. O resultado segue tendência verificada ao longo de todo o ano de 2011. A participação dos pequenos negócios superou a média histórica de contribuição para a geração de emprego formal, que é de 52% do total.

“O dinamismo econômico do nosso país com destaque para a distribuição de renda favorece um processo que se retroalimenta, impulsionando os negócios e as oportunidades de trabalho”, diz o diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, ao destacar que as micro e pequenas empresas são um segmento intensivo em mão de obra.

Emprego e renda

Somando os sete primeiros meses do ano, as micro e pequenas empresas criaram 1,004 milhão de postos de trabalho formais. No mesmo período de 2010, foram geradas 1,131 milhão de vagas. “As micro e pequenas empresas são fundamentais porque elas não só empregam mais, como ajudam a gerar renda em torno do seu negócio. Fomentar os micro e pequenos negócios significa aumentar o número de empregos”, afirma o ministro do Trabalho, Carlos Lupi.

Em julho, as empresas de comércio e de serviços foram as que mais contrataram. Elas admitiram, respectivamente, 17,9% e 28,3% do total de novos empregados. Os pequenos negócios do segmento da construção civil e da indústria de transformação geraram 13,1% e 11,1% dos postos formais de trabalho. A agricultura criou 6,4% dos novos empregos, a indústria extrativa mineral, 0,7%, e os serviços industriais de utilidade pública, 0,3%.

Segundo o diretor do Sebrae, em países de “economia madura”, verifica-se o maior crescimento, em princípio, no setor primário e, em seguida, no secundário. “O Brasil já passou por isso e agora crescem as oportunidades no comércio e nos serviços, a exemplo de países de alta renda”, compara Carlos Alberto. Segundo ele, o desafio está em aumentar a produtividade média das empresas de pequeno porte e, com isso, melhorar o nível salarial de seus empregados.

Copa 2014 - Oportunidades e Desafios para o Setor de Confecções

Com visão nos eventos esportivos que estão prestes a acontecer no Brasil, o SEBRAE, em parceria com o Sindvest irá realizar o IV Workshop da Governança do APL de Confecções.

O IV Workshop será realizado no próximo dia 01 de setembro de 2011, das 13 às 19h no auditório do ITEP / CTM – Centro tecnológico da Moda, e, na seqüência, as 19:30h será oferecida uma palestra aos participantes do workshop e ao público em geral, prioritariamente do setor de confecções, sobre o tema Copa 2014 - Oportunidades e Desafios para o Setor de Confecções.

A palestra apresentará diversos aspectos sobre a Copa 2014 e trará dados sobre as MPEs sulafricanas na Copa de 2010 e será realizada pelo consultor Johann Wolfgang Schneider consultor do SEBRAE Nacional e da Organização Mundial de Comércio (OMC), com mais de 20 anos de experiência em Pesquisa de Mercado, Marketing Estratégico e Internacional.

O evento será apresentando em caruaru, com o objetivo de promover uma discussão com os diversos atores do APL (instituições de apoio, universidades, empresários da cadeia e outros) sobre as dificuldades e problemas que interferem no desenvolvimento e profissionalização das empresas.

De acordo com Mário César, Gestor de Projetos da Confecção do SEBRAE, é o intuito do Workshop é plantar semente para que se possa colher os frutos desse trabalho através de um conjunto de ações que atendam aos gargalos do setor e que possam nortear a atuação do SEBRAE, SINDIVEST/PE, Associações Empresarias locais e todas as demais entidades parceiras atuantes no APL de confecções do agreste.

As inscrições podem ser feitas:
Telefone: (81) 3721-6799 / 9601-1327 com Aline Karla
Investimento: R$ 40,00 associado / R$ 60,00 não associado (workshop+palestra)
R$ 30,00 (só palestra)
Local do evento:
ITEP / CTM – Centro Tecnológico da Moda
Rua Dalton Santos, 319 – São Francisco – Caruaru/PE

CDL parabeniza a todos os sócios aniversariantes de setembro de 2011




Sebrae Pernambuco vai realizar seminário sobre negócios na web

Por: Diego Gondim

Como sua empresa pode inovar na Web? Com base neste tema, o Sebrae em Pernambuco realiza seminário no próximo dia 13 que pretende responder à indagação, apresentando tendências em tecnologia a serem aplicadas de acordo com a realidade das micro e pequenas empresas. Um dia antes (12), o público pode participar da Arena Virtual, espaço para debater temas ligados à web e aos negócios, com orientações digitais. Ambos os eventos acontecem das 8h às 18h, no Centro de Educação Empresarial, na sede do Sebrae, no Recife, e são destinados a empresários que querem se inserir ou conhecer o ambiente virtual.

O objetivo das iniciativas é sensibilizar os empresários para que eles possam tomar conhecimento, refletir e experimentar algumas tendências em tecnologia que prometem mudar o modo de produção e trabalho nos próximos anos, em uma linguagem adaptada à realidade das micro e pequenas empresas.

A programação da Arena Virtual, no dia 12, será gratuita, e vai discutir temas como “A Inovação coletiva – O poder das redes sociais para inovar em seu negócio”; “A Comunicação e marketing na era digital para você micro e pequeno empreendedor”; “A Economia colaborativa: Você é o que compartilha! (F-commerce, compra coletiva, aplicativos)” e “Como uma pequena empresa pode se tornar líder na era Web 2.0”. Paralelamente, serão realizadas oficinas sobre como fazer a presença digital da empresa. Três consultores estarão realizando atendimento individual para montar o f-commerce, site, blogs e fan pages para o negócio.

Já no dia 13, o seminário “Como sua empresa pode inovar na web” irá apresentar palestras sobre empreendedorismo na Era Digital, como aumentar as vendas através das redes sociais e inovação e uso da Web 2.0 pelas MPE, além de um caso de sucesso na área.

Para participar é preciso fazer pré-inscrição pelo telefone 0800.570.0800, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. No caso da programação do dia 13, a pré-inscrição tem duração de 48h até que o interessado efetue o pagamento da taxa de R$ 50.

Rota do Mar lança Coleção Verão



A Empresa Santacruzense, Rota do Mar vai lançar a sua nova coleção para o verão 2012. Mas, o lançamento terá um sabor de responsabilidade social da empresa. No próximo sábado (2), haverá o desfile de lançamento, a partir das 19 horas, na Praça do Estudante. Haverá uma concentração na frente da Fábrica da Rota do Mar, com cisclistas da cidade, de onde sairão em um passeio ciclístico até ao local do desfile.


Para participar, o ciclista precisa se inscrever na fábrica da Rota do Mar, no Stand montado na Avenida 29 de Dezembro ou nas lojas dos patrocinadores. Basta levar apenas um kilo de alimento que será doado a Casa da Criança e efetuar a sua inscrição no evento, que tem como slogan, “Vá de bike e sinta a chegada do verão”.

Confiança da indústria cai ao menor nível desde 2009

Fonte: JC Online

Pelo oitava vez consecutiva, o Índice de Confiança da Indústria (ICI) mostrou queda. O indicador recuou 2,2% em agosto, após cair 2% em julho, segundo informou nesta quarta-feira (31) a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O indicador, que vai até 200 pontos, caiu de 105,0 pontos para 102,7 pontos de julho para agosto. Este é o menor nível de confiança da indústria desde agosto de 2009 (100,2 pontos), ficando ainda abaixo da média registrada desde 2003 (104 pontos).

O recuo da confiança em agosto foi influenciado principalmente por uma piora nas expectativas dos empresários. Entre os dois subindicadores componentes do ICI, o Índice da Situação Atual (ISA) caiu 3,6%, após mostrar um recuo de 0,3% em julho. Já o segundo componente do ICI, o Índice de Expectativas (IE), teve uma queda mais modesta, de 0,7%, ante uma retração de 3,7% apurada em julho. A FGV alertou que ambos os indicadores estão abaixo de suas médias históricas recentes, sinalizando um desempenho fraco da indústria no terceiro trimestre.

Na comparação com agosto do ano passado, o ICI registrou queda de 9,2% em agosto deste ano, mais forte que a apurada em julho (8%), no mesmo tipo de comparação. Ainda na comparação com agosto do ano passado, houve quedas de 10,3% e de 8,1%, respectivamente, para o Índice de Situação Atual e para o Índice de Expectativas, em agosto deste ano. O levantamento para o cálculo do índice foi feito entre os dias 4 e 26 deste mês, em uma amostra de 1.174 empresas informantes.

Prestes a entrar em vigor, ponto eletrônico ainda gera polêmica



Matéria de Gilvânia Banker
do JC de Porto Alegre

Por determinação do Ministério do Trabalho, a obrigatoriedade da utilização de um novo sistema de relógio ponto aos trabalhadores brasileiros passa a vigorar a partir de amanhã, 1 de setembro. A implementação já foi adiada duas vezes. As regras começariam a valer no dia 26 de agosto de 2010, depois foram transferidas para 1 de março de 2011 e novamente postergadas em função da polêmica. A Portaria 1510/2009 obriga empresas com mais de 10 funcionários que já utilizem um registrador eletrônico a utilizar o novo equipamento, o Registro Eletrônico de Ponto (REP), que entre outros sistemas de segurança, possibilita ao empregado imprimir um comprovante do horário de entrada e saída do trabalho. Porém, na semana passada, dia 24 de agosto, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania rejeitou um item da Portaria que prevê a obrigatoriedade da impressão do comprovante. O Projeto de Decreto Legislativo (PDS 593/10) foi aprovado em decisão terminativa. O argumento dos deputados baseia-se no alto custo para as empresas que são obrigadas a adquirir um novo equipamento para imprimir o comprovante.

De acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), cerca de 700 mil empresas em todo o Brasil utilizam sistema eletrônico, mas, segundo o Dieese, apenas 100 mil delas trocaram o programa para o novo formato.

Desde a edição da portaria, entidades representativas do empresariado, dos trabalhadores e dos juízes trabalhistas estudam as propostas de software adequado para o ponto. Mas, por falta de acordo entre as partes envolvidas e o Ministério do Trabalho, a obrigatoriedade do REP vem se arrastando. Apesar das divergências, governo e empresas que se adequaram às exigências acreditam que o novo sistema de controle de jornada diminuirá as inúmeras reclamações trabalhistas, pois esta é a razão pela qual o REP foi desenvolvido, de modo a diminuir os processos nos tribunais regionais.

As informações internas do registrador podem ser retiradas do computador do relógio apenas com um pendrive colocado na entrada USB. E quem pode coletar os dados é somente o responsável pela área de Recursos Humanos da empresa ou o fiscal do Ministério do Trabalho. De acordo com dados do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região do Rio Grande do Sul, em 2010, as 115 Varas do Estado registraram 125.455 processos trabalhistas. Neste ano, até 31 de julho, as reclamações alcançavam 79.952 processos em primeiro grau.

O presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da IV Região, Marcos Fagundes Salomão, tem convicção de que o REP irá reduzir as reclamações trabalhistas. Segundo ele, cerca de 50% das demandas incluem pedidos referentes a pagamento de horas extras. “O sistema tradicional contém falhas exatamente pelo fato de ser o empregador o único detentor do registro. Isso ocasiona contestações, sendo comum a produção de prova testemunhal para demonstrar o horário de trabalho, em que pese haver registro”, observa. O juiz explica que o empregado terá o seu comprovante e deverá guardá-lo para eventual discussão acerca do pagamento das horas trabalhadas. “Essa é a grande inovação e é um avanço”, justifica, seguro de que os empresários irão adotar o sistema.

Leia a matéria na íntegra aqui!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Convite CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe

A CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe convida você para um encontro onde será dada uma palestra sob o tema: Inovando com Responsabilidade, que vai acontecer na sede da CDL, na próxima quinta-feira (01), às 19 horas.

O intuito do evento é apresentar os benefícios do Serviço de Proteção ao Crédito, além de deixar o associado por dentro das principais ações desenvolvidas pela CDL Jovem da Capital das Confecções.

Ligue para a CDL (81) 3731-2850, e confirme a sua presença!

MovPaz é destaque na Rádio Polo FM



O Movimento Pela Paz vem sendo trabalhado desde o mês de maio aqui em Santa Cruz do Capibaribe. Neste meio tempo, o MovPaz ganhou alguns adeptos e o grupo cresceu um pouco. O grupo é composto basicamente por empresários da cidade, sob coordenação da empresária e vice-presidente da CDL, Lúcia Nascimento. Na manhã desta terça-feira (30), Lúcia concedeu uma entrevista a Rádio Polo FM, no Programa Polo em Debate, comandado pelo comunicador Henrique Bruckman.

A coordenadora foi acompanhada de Misinha Barbosa. Ambas debateram, junto ao Henrique, sobre a cultura de violência que tem se instalado em todos os lares, escolas e, consequentemente, na sociedade. Lúcia deu exemplos de como está sendo a implantação do Movimento aqui em Santa Cruz do Capibaribe, e ao término da entrevista convidou a todos os ouvintes para se integrar ao Mov Paz.

Blog da CDL inclui mais um em seus favoritos



O Blog da CDL inclui mais uma página em seus favoritos. Trata-se do Blog Pernambuco Investimento, com conteúdo sobre o Estado que mais cresce no Brasil. Acesse!

Câmara Setorial define espaços no Salão Imobiliário de Santa Cruz do Capibaribe



A classe de corretores de Santa Cruz do Capibaribe ligados à Câmara Setorial Imobiliária da cidade reuniu-se na noite desta segunda-feira (29), para discutir a organização do espaço no evento.

Todos os membros estavam presentes e o organizador do Salão, Pedro Vieira, apresentou como será a logística de estandes do Salão Imobiliário que vai acontecer de 15 a 17 de setembro, no Clube Ypiranga de Santa Cruz do Capibaribe.

A Câmara Setorial foi criada em maio deste ano, pela CDL, a fim de organizar os profissionais corretores e consequentemente promover a união dos mesmos, e assim, o desenvolvimento da cidade aconteça de forma ordenada.

STF desobriga empresários de pagar depósito em recurso contra Ministério do Trabalho

Fonte: Jurídico da CNDL

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) acolheu, em votação unânime, a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) n.º 156, ajuizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), contra a obrigação de o empregador realizar depósito para recorrer, no âmbito administrativo, de eventual penalidade imposta pela fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego.

O STF decidiu favoravelmente à ação da CNC, que deu entrada em 5 de dezembro de 2008, contrária ao parágrafo 1º do artigo 636 da Consolidação das Leis do Trabalho (Decreto-Lei nº 5452 de 1º de maio de 1943), com a redação dada pelo Decreto-Lei nº 229, de 28 de fevereiro de 1967, que exigia o depósito prévio como condição para interpor recurso administrativo. “O resultado prático dessa decisão é que o empresariado em geral está, a partir de agora, desobrigado dessa exigência”, explicou o chefe da Divisão Sindical da Confederação, Dolimar Pimentel.

No julgamento, o Plenário confirmou jurisprudência vigente na Suprema Corte desde 2007. Os ministros endossaram o voto da relatora, ministra Cármen Lúcia Rocha, que aplicou a Súmula Vinculante 21, aprovada pelo Plenário do STF em 29 de outubro de 2009. Segundo essa Súmula, “é inconstitucional a exigência de depósito ou arrolamento prévio de dinheiro ou bens para admissibilidade de recurso administrativo”.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Bolão da AADESC



AADESC vai realizar um bolão de uma moto para iniciar a obra da segunda etapa da construção de sua sede. O número para concorrer ao Bolão custa R$ 500,00 e pode ser adquirido na sede da AADESC, na CDL ou com membros da diretoria da AADESC.
Compre a sua bola e participe da realização deste grande sonho!
Mais informações: (81) 3731-2850 ou 3731-3267

Empresas que optarem por funcionar no dia 07 de setembro terão de fazer acordo coletivo de trabalho

As empresas de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, que quiserem funcionar no dia 07 de setembro, feriado referente ao dia da Independência, precisarão fazer o acordo coletivo de trabalho, junto a Federação do Comercio (FECOMERCIO).

A jornada de trabalho deve ser apenas de 8 horas diárias, não podendo ultrapassar 44 horas semanais. Além do acordo de trabalho, o empresário precisa pagar ajuda de custo ao colaborador, referente a deslocamento e auxílio alimentação.

As empresas do COMÉRCIO estabelecidas em SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE que vierem a funcionar no FERIADO NACIONAL DO DIA 07 DE SETEMBRO DE 2011 devem recolher sem ônus para os empregados, nos meses em que vier a funcionar, o ENCARGO OPERACIONAL PROFISSIONAL, em favor do SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMÉRCIO DE BENS E SERVIÇOS DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE, SURUBIM E TORITAMA na proporção de R$5,00(cinco reais), por empregado que venha a trabalhar no feriado.

Em relação ao encargo patronal, as empresas do COMÉRCIO que vierem a funcionar e praticar vendas no FERIADO NACIONAL DO DIA 07 DE SETEMBRO DE 2011 ficarão obrigadas a recolher o valor a título de ENCARGO OPERACIONAL PATRONAL, em favor da FECOMÉRCIO/PE (CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, OPERAÇÃO 003, AGÊNCIA 0923, CONTA CORRENTE 2336-4), conforme tabela abaixo:
Você empresário que quiser abrir o seu comércio no dia 7 precisa enviar via sedex para o endereço: Rua do Sossego, 264, Boa Vista, Recife - PE, CEP 50.050-080, responsável o Sr. Ricardo Sobral (Setor Sindical), ou por email (digitalizar documentos): sindical5@fecomercio-pe.com.br - at. SETOR SINDICAL - RICARDO SOBRAL, ou ainda por fax: 81 -3231-5393 // 3222-9498.

Só lembrando que antes esta documentação era entregue na CDL, mas de acordo com nova resolução da FECOMERCIO, o requerimento deve ser encaminhado diretamente para a FECOMERCIO.


Veja o modelo de requerimento abaixo:

Para baixar o informe na íntegra e o requerimento clique aqui!


Evite problemas com o Ministério do Trabalho. Faça a sua parte!

CDL forma quinta turma de Empretecos em Santa Cruz do Capibaribe

Santa Cruz do Capibaribe é uma cidade constituída de muitos empreendedores natos. Isso é um fato que desde os anos 40, começou a ganhar destaque face ao desenvolvimento econômico do município, com o surgimento da cultura confeccionista de vestuário. Mas, esse empreendedorismo precisa ser lapidado e pensando nisso, a CDL da cidade, diante de suas muitas parcerias com outras entidades, dentre elas; o SEBRAE.

O Seminário Empretec foi apresentado em Santa Cruz do Capibaribe em 2010, e já formou cinco turmas na cidade, contabilizando com a turma formada na semana passada. Foram 23 pessoas que se entregaram ao mundo do conhecimento empresarial do Empretec. As aulas aconteceram na sede da CDL.


Fábio Lopes, presidente da entidade, falou sobre a satisfação de ver mais uma turma de empretecos na cidade. “Eu estou muito feliz em ver mais uma turma formada e tenho uma novidade para vocês. Ainda este ano iremos ter o primeiro encontro de empretecos da cidade. Já conversei com a Gestora do SEBRAE, Débora e ela já sinalizou apoio do SEBRAE. Desde já se sintam convidados”, disse o presidente.


A primeira participante a tornar-se empreteca, Roberta Bastos, da empresa Sinha Cabeleireiros, disse que o empretec é um seminário fantástico. “É um seminário muito intenso, que realmente forma empresários em verdadeiros empreendedores. Eu pretendo implantar todo conhecimento adquirido aqui na minha empresa, para estar sempre a frente e buscando a excelência dela”, pontuou a empreteca.

Crescimento: Salão Imobiliário de Santa Cruz do Capibaribe mostra potencial da cidade




O 1º Salão Imobiliário de Santa Cruz do Capibaribe está para acontecer entre os dias 14 a 17 de setembro. O evento é realizado pela CDL Santa Cruz do Capibaribe, através da Câmara Setorial Imobiliária, que foi criada pela entidade em maio deste ano. O objetivo do evento é divulgar em todo estado o potencial do mercado imobiliário na cidade.

Thiago Feitosa é representante do CRECI em Santa Cruz do Capibaribe e diretor da Câmara Setorial. Ele enxerga no evento uma oportunidade de alavancar os índices de crescimento da cidade. “O potencial mercado imobiliário que temos, o quanto Santa Cruz tende a crescer e o quanto é seguro investir em nossa cidade, já que temos um dos maiores índices de crescimento econômico e populacional do estado de Pernambuco. Com a demanda populacional em alta como esta prevista para os próximos anos, um imóvel afastado do centro que hoje possa parecer que seu valor esteja alto, poderá ainda surpreender e muito, quem nele investir, tendo em vista que esse imóvel poderá estar muito bem localizado em ralação a outros novos imóveis em um curto período”, explicou Thiago.

Santa Cruz do Capibaribe é hoje uma das cidades que mais crescem em Pernambuco. Com isso, o Salão Imobiliário da cidade tornou-se viável e um sucesso mesmo antes de sua realização. Thiago vislumbra o crescimento da cidade. “Basta você imaginar dizer aos nossos pais quando eles tinham nossa idade que o açude da manhosa ficaria dentro da cidade, ou que Santa Cruz iria emendar com o Distrito de Pão de Açúcar, ninguém iria acreditar. Pois é, o salão imobiliário vai apresentar para o santacruzense como será essa nova cidade que nasce junto com esse evento e a importância do corretor de imóveis como um agente transformador de um lugar”, concluiu.

Moda Santa Cruz: Entidades discutem projeto de mídia do evento



As entidades representativas de Santa Cruz do Capibaribe, ASCAP, CDL e Moda Center, estão unidas em mais um evento importante para a cidade e região. A integração entre as entidades acontece em função do desenvolvimento da Capital das Confecções. Elas estão se desdobrando para realizar o maior evento de moda do interior do Nordeste, o Moda Santa Cruz que vai acontecer de 1 a 5 de outubro, no Moda Center Santa Cruz, que tem como objetivo maior gerar uma visibilidade no Polo de Confecções do Agreste.

Na última sexta-feira (26), os presidentes, Fábio Lopes (CDL), Aroldo Ferreira (ASCAP) e Valmir Ribeiro (Moda Center), estiveram reunidos com a empresa de Comunicação Kianda, a fim de definir todo material de mídia para divulgação do evento, além de uma reunião com o Produtor de Moda, Nestor que ficará na organização dos desfiles de moda.

No evento será lançando o Guia de Compras da Moda Pernambucana Edição 2012, além da realização de desfiles, oficinas, palestras, rodada de negócios e feira de componentes têxteis.

Pontualidade de pagamento das micro e pequenas empresas cai

Fonte: CNDL

A pontualidade de pagamento das micro e pequenas empresas ficou em 94,9% em julho de 2011. Em junho, tinha sido de 95,1% e, em julho do ano passado, de 95,3%. Trata-se da quinta queda consecutiva na comparação anual, de acordo com levantamento divulgado nesta quarta-feira pela Serasa Experian.

Isto significa que, durante o mês passado, a cada 1.000 pagamentos realizados, 949 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias.

De acordo com os economistas da entidade, o atual processo de desaceleração econômica, a alta dos juros e o consequente aperto nas condições de crédito estão produzindo efeitos adversos sobre o custo financeiro e o caixa das micro e pequenas empresas.

"Isto tem dificultado a realização de pagamentos em dia dos compromissos financeiros por parte das micro e pequena empresas".

Em julho, as maiores quedas na comparação com o mesmo mês de 2010 ocorreram nas micro e pequenas empresas industriais (recuo de 0,5 ponto percentual) e de serviços (queda de 0,9 ponto percentual).

Já nas micro empresas do setor comercial houve elevação de 0,1 ponto na pontualidade de pagamento.

O valor médio dos pagamentos efetuados pontualmente pelas micros e pequenas empresas no mês passado atingiu R$ 1.716,70, alta de 3,8% em relação ao verificado em junho.

No acumulado dos primeiros sete meses de 2011, em relação ao mesmo período do ano passado, o valor médio dos pagamentos pontuais subiu 6,2%, (R$ 1.589,06 ante R$ 1.496,55) ligeiramente abaixo, portanto, da inflação acumulada no período (de 6,4%, medida pelo IPCA-IBGE).

"A queda do valor, em termos reais, dos pagamentos pontuais na média do primeiro semestre, é um sinal adicional de dificuldade que as micro e pequenas empresas estão encontrando em quitar seus compromissos em dia", dizem os economistas da Serasa Experian.

Jussier Ramalho: A Surpreendente História de um Jornaleiro

Jussier Ramalho é sinônimo de perseverança. Ele tinha tudo para dar errado, mas superou as dificuldades. Ainda criança, aos três anos, abandonado pelo pai e vivendo com a mãe e duas irmãs, deu de cara com a fome e encarou-a com dignidade. Hoje, alimenta sonhos de milhares de brasileiros que o assistem em suas palestras, cada vez mais concorridas, Brasil afora.

Ouvir Jussier Ramalho contar sua trajetória é viajar ao interior de um ser humano especial. Um homem muito além do seu tempo. Um vendedor nato. Um contador de histórias com finais felizes. Não é à toa que ele está onde está. E não será á toa se você, ao se deparar com ele qualquer dia desses, passar a acreditar mais em seu potencial como pessoa, como profissional, como empreendedor, como vencedor.

Uma das maiores realizações do hoje reconhecido palestrante brasileiro foi ganhar uma bicicleta. O objeto de desejo veio da sua ousadia, quando aos sete anos pegou uma caneta, alguns pedaços de papel e criou uma espécie de “cartão de visita”, que aquela época não se pensava ainda, desenhando um garoto montado naquele veículo de duas rodas, com a inscrição “Este é Jussier”. Os papeis foram distribuídos por ele no bairro onde morava, nas casas dos conhecidos e dos desconhecidos, nas lojas, enfim por onde sua imaginação o levava. E no dia 24 de dezembro, eis que chega à sua casa um pastor evangélico norte-americano, levando-lhe o presente tão esperado. O Papai Noel de Jussier existiu, era concreto, em forma de um religioso que testemunhou o sorriso alegre do menino que sabia sonhar e transformar sonhos em realidade.

O menino franzino nascido num bairro pobre de Natal, capital do Rio Grande do Norte, teve de abdicar dos estudos muito cedo, só conseguiu chegar até a quarta série do primário em virtude da situação financeira da família que não podia pagar o transporte. Jussier, então com 14 anos, muito magro, seus colegas o apelidavam de “Corta Vento” foi obrigado a arranjar um emprego de vendedor de biscoitos em uma feira local. Observando como o mercado funcionava na feira livre da cidade, o garoto decidiu inovar. Não satisfeito com as vendas e a forma da qual ela era feita, ele decidiu então ir até o cliente e não esperar este vir até ele. Dessa forma, Jussier mais uma vez inovava, criava a “degustação” prática que aquela época também não era costume, e em três horas ele costumava vender o que o resto dos vendedores levava um dia inteiro para fazer.

Trabalhar é verbo conjugado em todos os tempos para este homem talhado pela arte de viver. O tempo, este cicatrizante natural das feridas do mundo, é um grande aliado de Jussier Ramalho, que entrou para a Marinha mesmo não sabendo nadar, vendeu roupas, caixões de defuntos, carros usados, foi vendedor de tecidos e deu até aula de lambada, até que resolveu investir numa banca de revistas, que tornou-se um centro de excelência em marketing. A Banca Prática é, há mais de uma década, ponto de referência de uma das avenidas mais movimentadas de Natal. Por lá, diariamente, passam estudantes, donas de casa, empresários, médicos, advogados, engenheiros, políticos, desempregados, enfim, todo tipo de gente ávida por leitura, por informação. O atendimento no estabelecimento tem o DNA de Jussier Ramalho. Ali, antes de ser atendido, o cliente é entendido.

A Banca Prática é um divisor de águas na história de vida de Jussier Ramalho. A partir dela, tudo mudou. Houve um benefício mutuo entre a banca de revistas e o proprietário. Pois, com o conhecimento de mundo que ele havia adquirido, ele tinha idéia do que precisaria fazer para que sua banca fosse um ponto de sucesso. E por trabalhar com livros e revistas, o garoto que havia abandonado os estudos prematuramente, teve pela primeira vez em sua vida, chance de um contato sem limites ao conhecimento, fato que o transformou no homem que Jussier é hoje. Pois, o conhecimento fez a diferença entre ele ser um empresário de sucesso, e não apenas mais um comerciante. A determinação sempre foi à mesma, porém, sem o estudo, a determinação às vezes não basta, é preciso leitura, conhecimento.

Foi exatamente nesse ponto comercial que começou a carreira de palestrante. Certo dia, Jussier Ramalho foi convidado por dois professores de uma faculdade particular, para falar sobre sua experiência como vendedor e de suas práticas de marketing, para duas turmas de universitários. Receoso no começo, o jornaleiro lançou-se em mais esse desafio. Foi sem preparar nenhuma apresentação. Despiu-se de qualquer disfarce que poderia ser usado para prender a atenção do público. O menino fraquinho lá de trás havia crescido e se apresentava como o dono de um excepcional relato de vitória. Ao final da palestra, os estudantes ficaram encantados com tudo aquilo que acabavam de ouvir. Os professores, seus clientes da banca de jornais, fizeram-lhe novos convites.

Sabedor da sua estrutura de vida e capaz de adaptar-se a qualquer situação, tal qual um camaleão, Jussier Ramalho decidiu escrever um livro, ou melhor, um guia de sobrevivência na selva de pedra comercial: “ Você é Sua Melhor Marca”. Esta obra prima em forma de publicação literária é um analgésico para a dor do desencanto profissional, é um companheiro naqueles momentos em que você tem vontade de tudo, até de desistir, menos de acreditar que pode mudar sua história.

A distância para chegar ao sucesso fica maior a partir do momento em que nenhum passo é dado em sua direção. Jussier sabia que não podia fracassar e disse a ele mesmo: “Eu posso, eu quero e eu faço”. Eu sou minha melhor marca e vou apostar nisso”. Deu certo. Aliás, tem dado muito certo. O que é escrito e dito por este natalense que encanta platéias, prendendo atenção de estudantes e de mega-empresários, é a materialização de palavras como persistência, trabalho, atenção, educação, ânimo, amor e fé.

O marketing pessoal tão falado por Jussier nada mais é do que a fórmula certa que se precisa encontrar para, primeiramente, estar bem consigo e, depois, poder aplicar em tudo que faz.

Jussier Ramalho, a esse nome se pode atribuir várias qualidades e atributos. Porém, antes de qualquer outra coisa, ele é um jornaleiro. O fato de não ter abandonado a Banca Prática, mesmo após o sucesso como palestrante, empresário e escritor, retrata isto muito bem. A banca foi o ponto máximo da carreira empreendedora de Jussier, foi o local onde ele adquiriu todo o conhecimento para alcançar suas vitórias mais relevantes e se tornar o empresário de sucesso comprovado que é hoje.

CONTRATE UMA PALESTRA, LEIA O LIVRO "VOCÊ É SUA MELHOR MARCA" uma leitura pra presentear quem você gosta.

'Jeitinho' para não pagar impostos está com os dias contados

Fonte: Folha WEB

A palavra imposto deixa a maioria dos contribuintes de mau humor. E não é para menos. De janeiro até agora o brasileiro pagou R$ 930 bilhões, segundo o site Impostômetro. Um recorde. Aliás, ano a ano o Brasil ultrapassa barreiras na arrecadação. Por isso que é tão comum empresas e pessoas físicas estudarem com afinco oportunidades para pagar menos imposto. O problema é que, com as novas ferramentas do fisco, estas ''reengenharias'', se não forem amparadas pela lei, podem provocar muita dor de cabeça no contribuinte.

''A época em que as pessoas davam um 'jeitinho' para não pagar impostos acabou. Hoje os fiscos Federal, Estadual e Municipal têm uma radiografia completa das empresas e da vida fiscal do contribuinte. Não é à toa que todo dia os jornais publicam notícias de flagrantes de sonegação'', diz o presidente do Sescap-Ldr, Marcelo Odetto Esquiante.

O Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) é um dos impostos que passam a ser mais vigiados pelo fisco. O que ocorre é que muitas pessoas, ao adquirir um imóvel, registra o bem com valor menor do que o da compra para pagar menos ITBI - 2% sobre o valor do imóvel. Porém, afirma o presidente do Sescap-Ldr, esta aparente economia pode ser ilusória.

''Vamos supor que uma pessoa compre um imóvel por R$ 200 mil, mas o registra por R$ 100 mil. Ao escriturar o bem, o cartório envia a informação obrigatoriamente para a Receita Federal. A Receita faz o cruzamento de informações com as declarações de renda do comprador, do vendedor e do cartório. Se houver qualquer discordância, todos são chamados a se explicar. E tem mais. Quando este imóvel for revendido e o novo comprador exigir que a escritura seja no valor real, o antigo dono pagará 15% sobre o ganho de capital. Ou seja, comprou por R$ 200 mil, escriturou por R$ 100 mil e na venda seguinte, escriturou por R$ 200 mil. Para a Receita Federal, ele teve um ganho de capital de R$ 100 mil e sobre esse valor será cobrado 15% de imposto. Muito mais do que ele pagaria de ITBI se, originalmente, ele tivesse registrado o imóvel pelo valor real de R$ 200 mil'', diz Esquiante.

Além disso, a Receita pode querer saber a origem do dinheiro usado na compra do bem. Se ele não tiver origem declarada, o contribuinte pode pagar 27,5% sobre o que não foi declarado e multas que podem chegar a 100%.

Engana-se quem imagina que o fisco está de olho apenas nas transações imobiliárias. O controle da Receita está cada vez mais apertado. Os órgãos fiscalizadores têm focado seu trabalho na investigação, no que se usa chamar de ''trabalho de inteligência''. A base é simples, em vez de ''dar batidas'' nas empresas na tentativa de constatar irregularidades, o órgão investe no levantamento de dados, traça o perfil dos contribuintes de forma individual estabelecendo um parâmetro. Com este parâmetro em mãos toda e qualquer discrepância nas informações fica evidente e serve como indício de irregularidade, levando a uma investigação mais profunda.

Até alguns anos atrás, era comum que pessoas declarassem um determinado rendimento para a Receita, mas gastavam o dobro ou até o triplo no cartão de crédito. Ou ainda compravam um veículo pagando em dinheiro vivo para evitar que o valor passasse na conta bancária. Tudo isso, e muito mais, é fiscalizado. A concessionária é obrigada a informar a venda do carro e para quem foi; a operadora de cartão de crédito envia relatórios para a Receita. ''O fato é que é mais barato pagar o imposto corretamente e ter uma vida fiscal regular. A era do 'jeitinho' está com os dias contados'', diz Esquiante.

Sescap-Ldr- Sindicato das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas e Serviços Contábeis de Londrina

sábado, 27 de agosto de 2011

27 de agosto: Dia do Corretor de Imóveis



Fonte: Jornal Viva Brasil


Um pouco da história

No dia 27 de agosto é comemorado o dia do Corretor de Imóveis. A profissão surgiu no século XX, quando o desenvolvimento das cidades fez com que a comercialização de imóveis, por intermédio dos anúncios em jornal, se tornasse constante, passando a existir como forma de vida, como profissão.

O Corretor de Imóveis nessa época era conhecido como agente imobiliário.

O nascimento da categoria ocorreu na década de 30, durante o governo de Getúlio Vargas, quando foram criadas as primeiras leis trabalhistas.

Nos anos 40 os Corretores de Imóveis faziam parte de uma categoria organizada e reconhecida por toda a sociedade. Os anos 80 foram marcados pela solidificação e organização da profissão do Corretor de Imóveis em todo o Brasil.

O Corretor

Todo Corretor de Imóveis tem por obrigação estar inscrito e em dia com suas obrigações junto ao CRECI/SC. O Corretor de Imóveis se identifica facilmente através da Cédula de Identidade expedida pelo CRECI (de cor verde), ou da Carteira Profissional, também expedida pelo CRECI (de cor vermelha).

Na dúvida não assine documento algum sem antes informar-se no CRECI sobre a situação do profissional que está lhe oferecendo um serviço de corretagem.

A Profissão

Conforme determina o Artigo 2º da Lei nº 6.530/78 e o Artigo 1º do Decreto nº 81.871/78 "o exercício da Profissão de Corretor de Imóveis será permitido ao possuidor do título de Técnico em Transações Imobiliárias". O título a que se refere estes Artigos é o Diploma fornecido pelo Estabelecimento de Ensino ao concluinte do curso de Técnico em Transações Imobiliárias - TTI.

Por se tratar de curso técnico, o interessado deve ter concluído o 2º Grau ou estar cursando, simultaneamente com o TTI, a 3ª série do 2º Grau. Após a habilitação profissional e de posse do Diploma, o interessado deverá se dirigir ao Conselho Regional de sua jurisdição, a fim de promover sua inscrição.

Portanto, os interessados em exercer a profissão de Corretor de Imóveis que não atendam estes requisitos e, mesmo assim, insistam em exercê-la, estão infringindo ao Artigo 47 do Decreto-Lei nº 3.688, de 03 de outubro de 1941 (Lei das Contravenções Penais), passíveis assim, de punição na forma da Lei.

Compete ao Corretor de Imóveis exercer a intermediação na compra, venda, permuta e locação de imóveis, podendo, ainda, opinar quanto à comercialização imobiliária. (Art. 3º da Lei nº 6.530 e Art. 2º do Decreto nº 81.871).

As atribuições do Corretor de Imóveis poderão ser exercidas, também, por Pessoa Jurídica, desde que, se inscreva no CRECI e tenha como sócio-gerente ou Diretor um Corretor de Imóveis individualmente inscrito e sujeita-se aos mesmos deveres e tem os mesmos direitos das Pessoas Físicas (Art. 6º da Lei nº 6.530 e Art. 3º do Decreto 81.871).

O falso profissional

Preste bastante atenção: Indivíduos que se passam por corretor de imóveis são "Contraventores Penais", Sujeitos a punições estabelecidas em Lei por exercer ilegalmente a profissão de Corretor de Imóveis.

Essas pessoas, geralmente dão prejuízos a sociedade e a você que pretende comprar ou vender seu imóvel.

Não alimente a atitude ilícita do contraventor, pois ele vai tirar o seu sono. Peça a carteira de identificação expedida pelo CRECI/SC; se o indivíduo não a possuir, denuncie-o no CRECI/SC e na Delegacia de Polícia mais próxima, por Exercício Ilegal da Profissão.

A Regulamentação e as Leis

A regulamentação da profissão de Corretor de Imóveis data de 27 de agosto de 1962, por ocasião da sanção, pelo então Presidente do Senado Federal, Senador Auro Soares de Moura Andrade, da Lei nº 4.116. Por este motivo, o Dia Nacional do Corretor de Imóveis se comemora em 27 de agosto.

A modernização dos tempos e das próprias leis, levou o então Ministro do Trabalho, Arnaldo da Costa Prieto a apresentar ao Congresso Nacional, Projeto que se transformou na Lei nº 6.530/78, sancionada em 12 de maio de 1978 e regulamentada em 29 de junho do mesmo ano pelo Decreto nº 81.871/78.

Estes Diplomas legais regulamentam, até hoje, a profissão e criaram o Conselho Federal e os Regionais como órgãos de disciplina e fiscalização do exercício da profissão, constituídos em autarquia, dotada de personalidade jurídica de direito público, com autonomia administrativa, operacional e financeira.


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Inscrições do Prêmio MPE Brasil foram prorrogadas



As inscrições para o Prêmio MPE que estavam abertas até o dia 15 de agosto foram prorrogadas até o dia 30 de agosto. Você, empresário que está com a ficha de inscrição preenchida e não sabe o que fazer, deixe na CDL Santa Cruz do Capibaribe até a próxima segunda-feira (29), que a CDL entrega no SEBRAE. Caso você queira deixar pessoalmente no SEBRAE, basta preencher e sua ficha e deixar lá até o dia 30, deste mês.

Mostre a sua criatividade e impressione o Brasil. Sua empresa vai ganhar uma análise personalizada, a fim de aperfeiçoar você para as oportunidades da Copa 2014 e Olimpíadas 2016.

Cursos gratuitos na área de artesanato serão oferecidos em Santa Cruz do Capibaribe



A qualificação profissional é o segredo para qualquer profissional que quer se manter firme no mercado de trabalho. Em Santa Cruz do Capibaribe, a oferta de cursos voltados para a educação dos profissionais da cidade é constante.

Através de uma parceria do Centro de Ensino Superior (CESAC), com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - SENAR-PE, serão oferecidos dois cursos na área de artesanato.

A primeira turma será do curso de bordados em fitas, que deve ocorrer de 12 a 16 de setembro e o segundo curso, Pintura em Tecidos, deve acontecer de 26 a 30 de setembro. As aulas serão aplicadas no CESAC, das 8 às 17 horas, com material e almoço incluso, além do certificado no término do curso. As vagas serão limitadas.

Maiores informações ligue para o CESAC: (81) 3731-4364.

Saúde




Fonte: Portal UNIMED João Pessoa

Como manter uma dieta saudável e equilibrada




1) A alimentação deve ser dividida em três refeições principais e três lanches intermediários. Isso aumenta o trabalho intestinal e o gasto de energia para a digestão dos alimentos.



2) Faça as refeições em lugares tranqüilos e não tenha pressa. Nada de “engolir” a comida. Mastigue pelos menos trinta vezes cada garfada.


3) Uma boa dica é na hora das refeições comer saladas cruas, que contêm fibras. Elas tiram a sensação de fome. Se mesmo depois da refeição ainda sentir fome, coma mais salada e não repita o prato quente.

4) Nada de líquidos durante as refeições.


5) No intervalo das refeições, beber água ajuda a limpar o organismo e manter suas funções normais.


6) Coloque mais fibra na sua dieta. Elas asseguram o bom funcionamento dos intestinos. Quanto aos açúcares, mantenha distância. São muito calóricos e não trazem nenhum benefício para a saúde.

7) Se puder, substitua os produtos comuns por lights.

8) Prefira carnes magras, peixes e aves sem pele. Prepare-os assados, cozidos ou grelhados, com pouco óleo.

9) Diminuir o consumo de pães, doces, massas e cereais é um pouco difícil, mas é uma atitude mais saudável.


10) Pratique exercícios físicos regularmente.



11) Após as refeições, não durma e nem ingira alimentos muito pesados à noite, pois neste período a digestão é mais lenta.

Câmara Setorial Imobiliária de Santa Cruz do Capibaribe recebe representante da Caixa



O Primeiro Salão Imobiliário de Santa Cruz do Capibaribe está sendo organizado e com data marcada para acontecer de 15 a 17 de setembro, no Clube Ypiranga, na Capital das Confecções. O evento está sendo todo organizado pela CDL, através da Câmara Setorial Imobiliária, criada pela entidade em maio deste ano.

As parcerias estão sendo firmadas em prol do sucesso do Primeiro Salão Imobiliário da cidade. Na semana passada, a Câmara se reuniu com o Cartório Arruda, e na manhã desta quinta-feira (25), a reunião foi com o representante da Caixa Econômica Federal de Santa Cruz do Capibaribe, o Gerente de Relacionamento de pessoa Jurídica, Paulo Henrique, que representou o Gerente Geral da Instituição Financeira.


Na oportunidade, Flávio Dunda, apresentou todo o projeto do Salão ao Gerente e explicou como seria a participação da Caixa no evento.

Henrique relatou que o evento é muito importante para a cidade e é de interesse para a Caixa está presente. O intuito de levar a Caixa Econômica para o evento é esclarecer aos visitantes do evento como fazer para financiamentos, documentos necessários, enfim tirar todas as dúvidas pertinentes a compra da casa própria.

Jogador Tande visita Penitenciária de Caruaru




Responsabilidade Social. É com este lema que a Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru trabalha para ressocializar os detentos. Com este trabalho, a Diretora do presídio, Dra. Cirlene Rocha já recebeu prêmios em diversos cantos do Brasil e até do Exterior. Desde que ela assumiu a direção do presídio, nenhuma rebelião foi registrada; fruto de um trabalho digno e ressocializador que é praticado dentro da penitenciária.

Dentre os muitos trabalhos desenvolvidos no local, a prática esportiva é constante. Neste semana quem esteve visitando o presídio para conhecer o trabalho reeducativo dos detentos foi o jogador de Vôlei Tande. Ele veio a Caruaru acompanhado de uma equipe do Esporte Espetacular, da Rede Globo.

De acordo com Dra. Cirlene, a visita teve início às 10 horas, da última terça-feira (23), onde na oportunidade ela concedeu entrevista para o Programa. “Ele fez questão de jogar com os reeducandos e em seguida visitou todas as dependências do presídio. Além do esporte, o atleta teve a oportunidade de conhecer as empresas e algumas ações que fazem parte do dia-a-dia da prisão como a educação. após a distribuição de autótrofo e a pouse para fotos com centenas de internos a visita foi encerrada com uma entrevista na Rádio Fênix da PJPS tendo como entrevistador o reeducando Bartô”, explicou a diretora.

O visitante recebeu das mãos dos reeducandos um pufe de seu time de coração, uma boneca de barro, uma sandália e um cd contendo poesia de autoria dos reeducandos. Em breve a entrevista deve ir ao ar, no Esporte Espetacular.

Veja todas as fotos da visita!





IBGE: taxa de desemprego cai para 6,0% em julho

Fonte: CNDL

A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 6,0% em julho, ante 6,2% em junho. O resultado ficou no piso do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado, que iam de 6,0% a 6,4%, com mediana de 6,2%.

O rendimento médio real dos trabalhadores registrou variação positiva de 2,2% em julho ante junho e aumento de 4,0% na comparação com julho do ano passado.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Economia será aquecida com o pagamento do 13º salário

Os aposentados começam a receber a primeira parcela do 13º salário, a partir desta quinta-feira (25). A expectativa é que seja injetado na economia brasileira cerca de 10 bilhões de reais. A estimativa é que mais de 25 milhões de brasileiros, aposentados e pensionistas recebam o benefício.

No entanto, é preciso cuidado ao aplicar o dinheiro. A crise internacional que afeta a economia mundial tem reflexo no Brasil e, de acordo com os economistas, os beneficiados precisam ter cautela para não aplicar de forma errada e acabar se endividando. Só no estado de Pernambuco existem aproximadamente 80 mil aposentados e pensionistas.

CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe formata Campanha de melhoria no trânsito



O trânsito tem sido problema em todas as cidades brasileiras, e em Santa Cruz do Capibaribe não é diferente, até mesmo por que a cidade recebe um grande número de visitantes todos os dias. Pensando nisso, a CDL Jovem do município vem se preparando para realizar mais uma Campanha de Conscientização no trânsito, a fim de que o mesmo seja melhor para a sociedade como um todo.

São campanhas de cunho social, que a entidade jovem realiza desde a sua criação, em abril de 2009. Com sua segunda diretoria, e apenas três anos de fundação, a CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe já realizou ações importantíssimas para os empreendedores jovens da cidade, como missões empresariais e palestras voltadas para a economia local.

Na noite desta quarta-feira (24), a presidente Laiane Nobélia reuniu-se mais uma vez para formatar a campanha do trânsito, como sendo uma continuidade da campanha do ano passado, onde distribuiu panfletos em pontos movimentados da cidade e levou a Guarda Civil Municipal para as escolas, a fim de conscientizar os estudantes, que serão condutores no futuro.

Programa CDL em Ação

Logo mais as 11 horas o Programa da CDL Santa Cruz do Capibaribe entra no ar, pela Comunidade FM. No programa de hoje você vai conferir uma entrevista com o presidente da Câmara Setorial Imobiliária, Flávio Dunda, onde ele vai abordar a questão do Primeiro Salão Imobiliário da cidade, além da regularização de imóveis no município. O Programa traz ainda uma matéria sobre a quinta turma do Empretec que está acontecendo esta semana, na CDL. Não perca. Fique ligado na Comunidade FM.

Frutos do Mov Paz em Santa Cruz do Capibaribe



Jesus no lar trazendo a paz



Anne Karolynne Santos de Negreiros
Enfermeira COREN PE 4089 IS

Em versos, metrificando
Disponho-me a falar
Sobre o que, com certeza
Tenho muito a comentar
A paz dos familiares
Que é conquistada com os ares
De Jesus dentro do lar.

Espírito exemplar
Que plantou sua doçura
Semeou sua bondade
Sempre cheio de ternura
Jesus, o nosso irmão
É exemplo de perfeição
De amizade e de candura.

Sua vida foi bem dura
Mesmo assim não reclamou
Os mais difíceis problemas
Jesus, na Terra, passou
Com a paz dentro de si
Não pensou em desistir
E tudo Ele superou.

Por isto é que aqui estou
Citando tão belo ser
Que inspira a min’alma
E alegra o meu viver
É exemplo para mim
Traz alegria sem fim
Pra que eu possa escrever.
E eu digo a você,
Que está a me escutar,
Bendito seja o homem
Que deixa Jesus entrar
Primeiro em seu coração
E permite que Ele, então,
Possa adentrar seu lar.

Se a sua família está
Com o coração aberto
Jesus vai se aproximando
Cada vez para mais perto
Guiando cada caminho
Não deixa ninguém sozinho
Ajuda a fazer o certo.

Então o lar fica coberto
De amor e de união
Os pais ficam mais juntinhos
Assim como cada irmão
Prevalece a bondade
Companheirismo, verdade,
Numa forte sensação.

Por isto, meu caro irmão
Escute o que eu vou dizer
Nunca deixe que Jesus
Fique longe de você
A paz que Ele oferece
Quem recebe, nunca esquece
E em seu lar deve manter!!!

Comunicado da FENACON

A Receita Federal do Brasil publicou, na última segunda-feira (22), no Diário Oficial da União, a Instrução Normativa nº 1.183 que dispõe sobre o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ). De acordo com a norma, todas as pessoas jurídicas domiciliadas no Brasil, inclusive as equiparadas, estão obrigadas a inscrever no CNPJ cada um de seus estabelecimentos localizados no Brasil ou no exterior, antes do início de suas atividades.

Leia a íntegra da IN nº 1.183 aqui!

SEBRAE e Sindvest-PE irão realizar Workshop APL de Confecções

O IV Workshop da Governança do APL de Confecções vai acontecer no dia 1º de setembro, das 13h às 19h e 30min, no auditório do Centro Tecnológico da Moda, em Caruaru. O objetivo do Workshop é de promover uma discussão com os diversos atores do APL (instituições de apoio, universidades, empresários da cadeia e outros) sobre as dificuldades e problemas que interferem no desenvolvimento e profissionalização das empresas.

Com o Workshop pretende-se que o fruto desse trabalho seja um conjunto de ações que atendam aos gargalos do setor e que possam nortear a atuação do SEBRAE, SINDIVEST/PE, Associações Empresarias locais e todas as demais entidades parceiras atuantes no APL de confecções do agreste.

Além do Workshop será oferecida uma palestra aos participantes do workshop e ao público em geral, prioritariamente do setor de confecções, sobre o tema Copa 2014 - Oportunidades e Desafios para o Setor de Confecções.

A palestra apresentará diversos aspectos sobre a Copa 2014 e trará dados sobre as MPEs sulafricanas na Copa de 2010 e será realizada pelo consultor Johann Wolfgang Schneider consultor do SEBRAE Nacional e da Organização Mundial de Comércio (OMC), com mais de 20 anos de experiência em Pesquisa de Mercado, Marketing Estratégico e Internacional.

Serviço:
As inscrições podem ser feitas pelos telefones: (81) 3721-6799 / 9601-1327 com Aline Karla
Investimento: R$ 40,00 associado / R$ 60,00 não associado (workshop+palestra)
R$ 30,00 (só palestra)
Local do evento:
ITEP / CTM – Centro Tecnológico da Moda
Rua Dalton Santos, 319 – São Francisco – Caruaru/PE

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Membros da Câmara Setorial Imobiliária de Santa Cruz do Capibaribe cumprem manhã de entrevistas

O primeiro Salão Imobiliário de Santa Cruz do Capibaribe está tendo uma visibilidade grandiosa, tanto na cidade como em toda Região Agreste. Os membros da Câmara Setorial Imobiliária da cidade estiveram participando de uma rodada de entrevistas em todas as rádios de Santa Cruz do Capibaribe, a fim de explicar a população o que é um Salão Imobiliário e o impacto que ele trará para o desenvolvimento do município.

A Câmara Setorial Imobiliária foi criada dentro da CDL da cidade, no intuito de unificar os profissionais do setor e, assim, ampliar a discussão em torno da regularização imobiliária da cidade, tanto quanto o seu desenvolvimento.

Na Rádio Polo FM, o presidente da Câmara Setorial, Flávio Dunda, e o diretor, Porfírio Junior, foram entrevistados pelo Comunicador, Henrique Meireles, no programa Tribuna Polo, um programa de debate. De acordo com Meireles, o assunto foi tão interessante que ao longo do seu programa nunca tinha aberto para ligações, mas diante da importância do tema, resolveu liberar o telefone para as pessoas tirarem dúvidas.

Encontro literário da UESCC chega a sua 5ª edição



De um lado, a UESCC. Do outro, os livros, poesias, contos e outras estórias. E, no meio. Ah, no meio disso tudo, pessoas interessadas em arte e cultura, que, geralmente nos últimos sábados de cada mês reúnem-se na sede da União dos Estudantes de Santa Cruz do Capibaribe (UESCC), para vivenciar a arte da leitura. O público é diverso, não importa idade, mas na verdade o que de fato importa; chama-se bom senso para saber escolher diante de tantas possibilidades, um texto gostoso e primoroso na hora de ler.

O encontro desse mês de agosto vai acontecer no próximo sábado (27), lá na sede da UESCC. Quem não souber, é “facinho” chegar, basta perguntar e todos logo dirão que a UESCC fica ali por trás da Escola Padre Zuzinha.

Portanto, não perca, não deixe de ir. Chegando lá, você senta, interage pega o seu texto e ler para todos lhe aplaudir. A quinta edição do Encontro Literário da UESCC começa a partir das 5 horas da tarde.

Artigo

COMO VAI SUA AUTOESTIMA PROFISSIONAL?

Eugênio Sales Queiroz
http://www.eugeniosales.com.br/

É incrível o número de pessoas que estão “jogando a toalha” muito cedo, por medo de tentar um pouco mais. São profissionais que até tiveram sonhos ambiciosos, mas ao enfrentar derrotas “temporárias”, acabam desistindo de seguir em frente.

Isso se dá muitas vezes pela simples razão da sua autoestima está em baixa, ou seja, falta a essas pessoas uma autoconfiança mais trabalhada. Falta perceber que derrotas sempre traz em si a semente de um bem maior. E que tudo na vida é aprendizado.

Se neste momento da sua carreira as coisas não estão acontecendo da forma que você desejava:

-Trabalhe um pouco mais sua autoestima.
-Busque orientações com pessoas de sua confiança.
-Leia livros de automotivação.
-Participe de workshop motivacionais.
-Assista a DVD´s de palestrantes renomados.
-Procure adquirir audiolivros sobre liderança, motivação, relacionamento interpessoal, etc

Enfim, mexa-se, faça algo diferente para seguir em frente com mais amor próprio e com uma determinação fora do comum, para que você alcance melhores resultados na sua vida pessoa e profissional.

Pense nisso e coragem sempre!

Já está à venda o novo livro do consultor Eugênio Sales Queiroz “As 60 Ações Inteligentes Para o Sucesso”. Qualitymark Editora – Rio de Janeiro/2011-
Pedidos: www.eugeniosales.com.br – Fone: 81.3723.8256

Comércio virtual deve faturar R$ 18,7 bi

Fonte: Portal Varejista

O comércio eletrônico registrou faturamento de R$ 8,4 bilhões nos primeiros seis meses do ano, segundo dados da 24ª edição do relatório WebShoppers, realizado pela E-bit, empresa da área de comércio eletrônico. E a previsão é de que as vendas neste semestre mantenham o ritmo de crescimento, com expectativa de faturamento de R$ 18,7 bilhões.

Um cenário que se revela tão promissor desperta o interesse de muita gente que sonha em se tornar dono do próprio negócio E é possível ter uma loja virtual com investimento a partir de R$ 20 mil, segundo Maurício Salvador, sócio-diretor da Ecommerce School. Mas antes de se empolgar e sair correndo para abrir uma loja, o empreendedor tem de observar algumas regras importantes.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

SEBRAE irá promover o XV Encontro Internacional de Negócios do Nordeste

Com o tema “O Nordeste do Brasil abre as portas para você fechar bons negócios”, o SEBRAE irá promover o XV Encontro Internacional de Negócios do Nordeste (EINE), de 21 a 23 de setembro, no Chevrolet Hall em Olinda/PE.

O evento é um evento fechado e exclusivo entre fabricantes do nordeste e empresas compradoras de diversos países, e tem como finalidade criar um ambiente adequado pra realizar contatos e estabelecer parcerias entre empresas compradoras estrangeiras estabelecidas na Região Nordeste do Brasil. O XV EINNE contará com 200 expositores de diversos setores produtivos da região nordeste.

Durante o evento, os empresários participantes poderão montar seus estandes e realizar negócios com encontros com clientes de várias partes do mundo, a fim de fomentar oportunidades entre fornecedores e empresários do setor, oportunizando aquisição dos produtos, troca de tecnologia e criação de parcerias internacionais.

Empresária de Santa Cruz do Capibaribe participa de comercial da Cruz Vermelha



A Empresária Camem Diniz, do Boticário, participou do comercial da Cruz Vermelha para arrecadar doações para vítimas de enchentes da Mata Sul. A Campanha Faça Mais, da Cruz Vermelha começou a ser veiculada nesta segunda-feira (22), no intervalo do Jornal Nacional.

Para você assistir o comercial, clique na imagem acima ou no link abaixo!


http://www.vimeo.com/27909864





Em breve a CDL Santa Cruz do Capibaribe terá um site novo para você!



O site da CDL Santa Cruz do Capibaribe está sendo todo reformado, a fim de oferecer maior comodidade e interatividade com o associado. Novas ferramentas. Novo formato. Tudo novo para você. A empresa Morus Comunicação está cuidando de todo layout do novo site e muito em breve você vai poder acompanhar todas as ações que a CDL Santa Cruz do Capibaribe promove. Aguardem!

Comissão rejeita fim da demissão sem justa causa

Fonte: CNDL

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público rejeitou na semana passada a adesão do Brasil à Convenção 158 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que acaba com a demissão sem justa causa. O relator da mensagem de encaminhamento da convenção (MSC 59/08), deputado Sabino Castelo Branco (PTB-AM), afirmou que a convenção é desnecessária no Brasil, tendo em vista que o País já possui quatro mecanismos de proteção para todos os empregados: aviso prévio, indenização do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o próprio FGTS, além do seguro-desemprego.

De acordo com a Convenção 158, só é permitida a demissão de empregados se a empresa comprovar crise financeira; em conjunturas de mudanças tecnológicas; ou se ficar demonstrado que o demissionário não tem mais condições de exercer suas funções, por incompetência, por exemplo.

Efeitos prejudiciais

Castelo Branco listou uma série de “efeitos prejudiciais à sociedade” que seriam causados com a adesão do Brasil à Convenção 158 da OIT, entre eles:

- incentivo à informalidade no mercado de trabalho e agravamento da situação de desemprego;

- criação de obstáculos à entrada de novos grupos no mercado, como jovens em busca do primeiro emprego;

- aumento da rigidez nas regras para contratação e demissão de empregados, comprometendo investimentos no setor produtivo, bem como o empreendedorismo;

- desestímulo à busca de aperfeiçoamento pelos profissionais; e

- geração de dificuldades nas negociações coletivas.

Proteção ao empregado

O deputado Assis Melo (PCdoB-RS), contudo, defendeu a adesão do Brasil à convenção. Segundo ele, o documento vai ao encontro da Constituição, que protege o empregado contra despedida arbitrária. “A Convenção não tem o poder de impedir o desligamento do trabalhador da empresa por iniciativa do empregador. Ela, na verdade, impede, tão somente, que uma eventual dispensa seja processada por motivos infundados”, defendeu.

Melo citou uma manifestação institucional da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) para justificar sua posição. Segundo a entidade, “a aplicação da Convenção 158 representa um fator de justiça social e de democracia nas relações entre o capital e o trabalho”.

Assis Melo apresentou um voto em separado contra a rejeição da Mensagem 59/08. Também votaram contra o relatório de Sabino Castelo Branco os deputados: Daniel Almeida (PCdoB-BA), Vicentinho (PT-SP), Eudes Xavier (PT-CE), Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) e Policarpo (PT-DF).

Tramitação


A adesão do País à Convenção 158 da OIT já havia sido rejeitada pela Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional. A mensagem, que tramita em regime de prioridade, será ainda analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania antes de seguir para o Plenário.

Íntegra da proposta:

MSC-59/2008

Curso de automaquiagem é promovido na CDL Santa Cruz do Capibaribe


Começou nesta segunda-feira (22), mais um curso promovido pela CDL Santa Cruz do Capibaribe. O curso de automaquiagem é fruto de uma pesquisa entre as mulheres cedelistas, onde em uma reunião com o núcleo feminino da entidade, a secretária executiva, Katyane Santos, indagou sobre quais serviços elas gostariam que a CDL oferecesse especificamente para elas. As mesmas citaram o curso de maquiagem, e foram atendidas.


O curso foi formatado e a primeira turma teve início ontem, com um número resumido de participantes. O objetivo de ter poucas mulheres participando é no sentido de todas poderem ser atendidas, afinal cada uma terá a oportunidade de se automaquiar. Em cursos com um grande número de pessoas, a prática fica comprometida, pensando nisso que a CDL optou com poucas participantes por turma.


Outras turmas já estão sendo formatadas. Ligue para a CDL e garanta a sua vaga. (81) 3731-2850.

Procuradoria da República aponta saúde e educação como as pastas mais atingidas pela corrupção

Fonte: CDL Recife

A corrupção na gestão de recursos públicos faz escorrer pelo ralo mais de R$ 900 milhões por ano em Pernambuco. A projeção foi apresentada, ontem, durante Georgencontro dos representantes do Ministério Público Federal no Nordeste, ocorrido no Recife. O montante representa 1% do Produto Interno Bruto (PIB) do estado, estimado em R$ 94,3 bilhões, segundo a projeção para 2010 feita pela Agência Condepe/Fidem. No Brasil, o rombo estimado gira em torno de R$ 36 bilhões.

Uma situação que os órgãos de controle prometem combater. De acordo com o procurador regional da República e um dos coordenadores do evento, Fábio George Cruz da Nóbrega, as áreas com maior registro de recursos públicos desviados são saúde e educação. Para piorar, segundo o MPF, no Nordeste, aproximadamente 25% do que é repassado pela União não chega ao seu destino.

Esse, segundo Fábio George, é o motivo para a falta de carteiras, merenda escolar e remédios nos municípios nordestinos. “O impacto que isso tem é muito grande. Uma enorme parcela da população deixa de ter acesso a serviços essenciais, o que melhoria a qualidade de vida deles”, justificou o procurador, ressaltando que os desvios são mais comuns nos pequenos municípios.

O principal motivo para a escalada da corrupção no interior, acreditam os procuradores, é a falha na fiscalização. A Polícia Federal (PF), o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Controladoria-Geral da União (CGU), eles lembram, só têm unidades nas principais cidades. Por conta disso, os procuradores do Nordeste estão discutindo no encontro, que se estende até hoje, estratégias para ampliar a fiscalização.

“A ideia que está sendo desenvolvida é a capacitação dos vereadores. Afinal, fiscalizar o Executivo é uma das funções do Poder Legislativo”, disse Fábio George. “A corrupção impacta a vida de todos. Portanto, é preciso que todos estejam preocupados. Isso também é um dever de todo cidadão”, acrescentou o procurador.

Assim como Fábio George, o auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) e coordenador do Fórum de Combate à Corrupção (Focco), em Pernambuco, Evaldo Araújo, ressaltou que a melhor forma de ampliar o combate aos desvios de recursos é envolver a população no processo de fiscalização. “Possuímos canais para denúncia, inclusive no Twitter. O cidadão pode, sim, contribuir com esse controle social”, reforçou. Durante o encontro, os órgãos participantes discutem, entre outras coisas, as experiências desenvolvidas na área de abrangência do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Alagoas e Sergipe).

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Entrevista CDL

O Primeiro Salão Imobiliário de Santa Cruz do Capibaribe está ganhando destaque em nível de estado e com isso, o mercado imobiliário da cidade, que já é pujante, ganha notoriedade ainda maior com o evento. O sucesso é visível e muitos parceiros estão se agregando ao Salão, a fim de tornar o mesmo forte e qualificar o setor imobiliário do município. Em junho deste ano, a CDL Santa Cruz do Capibaribe criou a Câmara Setorial Imobiliária, com uma visão de organizar os profissionais do setor e, consequentemente, ampliar o crescimento imobiliário da cidade. Sobre essas questões, o presidente da Câmara, Flávio Dunda, enfatiza a importância do Primeiro Salão Imobiliário para Santa Cruz do Capibaribe e região.

Confira a Entrevista:
Qual a sua expectativa para a realização do Primeiro Salão Imobiliário de Santa Cruz do Capibaribe.
Flávio -
A expectativa hoje está sendo grande e a cada dia que passa o evento está crescendo. Temos a confirmação da Caixa Econômica se confirmando, a parceria do Cartório, a sociedade civil organizada se movimentando. O salão imobiliário começou com a ideia de fazer algo para movimentar o mercado imobiliário de Santa Cruz, e de repente em apenas dois meses saiu do papel para a prática, se concretizando entre 14 a 17 de setembro.


Quantas empresas deverão participar?
Flávio -
Estamos com 10 escritórios de imobiliária e corretores de imóveis, temos oito construtoras participando, algumas com construções aqui na cidade e outras com edificações em Tamandaré e em Caruaru. Vamos ter estandes com material de construção e arquitetura.


Qual o papel dos parceiros como Caixa e Cartório na elaboração do Salão Imobiliário de Santa Cruz do Capibaribe?
Flávio -
Hoje, em relação a Caixa Econômica a maior deficiência em questão de financiamento e regularização e a presença da Caixa. A entidade está começando a dar uma atenção maior a Santa Cruz do Capibaribe. Quanto ao Cartório, é de poder nos auxiliar juntamente com o município em uma campanha de regularização, afinal a Caixa só pode financiar se o imóvel estiver regularizado.


Qual o papel do Cartório em regularização?
Flávio -
Dentro do salão, queremos o cartório como um grande parceiro no sentido de explicar às pessoas a importância da regularização do imóvel. Trazer a informações sobre o que é uma escritura, como é que funciona e o principal foco do cartório é mostrar a importância da documentação. Santa Cruz hoje tem uma deficiência muito grande. As pessoas compram um imóvel e não buscam fazer a escritura.


Qual o valor estimado em vendas nesta primeira edição do Salão Imobiliário?
Flávio -
Desde já superamos a expectativa. Hoje eu posso dizer para você que a principio esperávamos um montante de vendas em 10 milhões e agora, devido a procura, esperamos superar os 10 milhões e chegar em torno dos 15 a 20 milhões em negócios feitos. Teremos casa pronta para ser financiada, edifícios a serem lançados, todo financiado pela caixa, loteamentos e muitas novidades a serem lançadas.


O que o investidor pode esperar de novidade neste Salão?
Flávio -
Para investidor nós teremos apartamentos financiados pela Caixa e novos loteamentos que serão lançados. Tem muita novidade para os investidores, não só de Santa Cruz, mas de toda região.

Receita Federal aperta o cerco das importações brasileiras

Fonte: DCI

O subsecretário de Aduana e Relações Internacionais da Receita Federal, Ernani Checcucci, afirmou que as importações de produtos dos setores de calçados, brinquedos, pneumáticos e ópticos podem ser as próximas a serem incluídas nos procedimentos de fiscalização mais rigorosos em portos e aeroportos, a exemplo do que ocorreu com o setor têxtil e de confecções.

Segundo ele, as importações de algumas mercadorias já estão sendo objeto de ações pontuais desde junho, mas as novas operações passarão a englobar todos os produtos destes segmentos. "Teremos atuações mais estruturadas em outros setores sensíveis", avisou o subsecretário.

Conforme antecipado, a Receita Federal iniciou na última sexta uma operação de fiscalização para combater a importação ilegal ou desleal de tecidos e vestuários, batizada de Panos Quentes III. Na primeira quinzena de junho, informou, havia US$ 26 milhões de produtos importados do setor têxtil parados na alfândega para inspeção.

Os setores incluídos nos novos procedimentos terão todas as importações conferidas nas aduanas, por meio dos canais vermelho e cinza, os mais rigorosos da Receita. O prazo para liberação da mercadoria pode levar até 90 dias, prorrogáveis por mais 90 dias, quando necessário.

Checcucci disse que a Receita está tornando os controles de importação mais rigorosos. "Tudo está dentro das regras internacionais. Não estamos aumentando as barreiras, mas afinando os controles nas importações", defendeu o diretor da Fiesp, Roberto Giannetti da Fonseca.

O diretor da Fiesp e o vice-presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, alertaram para o efeito de desindustrialização em alguns setores da economia brasileira. Os dois ressaltaram uma inversão na composição da pauta exportadora do País nos últimos anos, com predomínio de commodities ante os produtos manufaturados.

O cenário é especialmente preocupante neste momento, segundo eles, diante da turbulência internacional, em meio à queda do preço de commodities. "Tudo o que o Brasil se beneficiou nestes últimos anos pode agora se reverter", disse Castro no Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex), no Rio. Ele cita produtos como o açúcar - que teve aumento em termos de volume e de preço na última década, passando de US$ 197 por tonelada para US$ 556 por tonelada entre 2001 e 2011. "Em oito anos quase dobrou. Crescer é bom para a economia brasileira, o que não pode é crescer desta forma acelerada, substituindo produto nacional por importado de forma predatória. Muitas vezes as importações são feitas de forma desleal", disse Fonseca.

A AEB mostra que as exportações de manufaturados estagnaram em toneladas desde 2009, enquanto as de commodities explodiram, sustentando a balança comercial desde 2001.

Contra a corrupção

Giannetti da Fonseca defendeu apoio à presidente Dilma Rousseff à chamada faxina contra corrupção no governo e criticou fortemente a ameaça de congressistas de partidos insatisfeitos com as trocas de cargos no executivo de dificultar a aprovação de medidas no legislativo. "O Brasil precisa de reformas estruturais. A sociedade civil precisa apoiar integralmente a presidente, e mostrar intolerância e indignação com essa postura", defendeu.

O presidente do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), Jorge Ávila, fez coro e defendeu a construção de "um ambiente mais ético, com governabilidade". O Brasil tem condições de enfrentar a atual crise econômica global, com uma liquidez que o País nunca teve em crises anteriores. A opinião é do empresário Jorge Gerdau Johannpeter.

"Temos cerca de US$ 350 bilhões em reservas que nos dão tranquilidade", disse. Johannpeter admitiu, porém, que o abalo global deve afetar a atividade industrial brasileira, ainda que em menor intensidade.

O empresário citou como principal problema o acirramento da competição no comércio exterior, com impacto tanto para as exportações como para as importações brasileiras.

Gerdau destacou as medidas que o governo tomou no sentido de ampliar a competitividade de alguns setores, lembrando que essas ações podem ser ainda estendidas a outros segmentos da economia. "Mas ainda é preciso mexer em certas estruturas tributárias que acabam beneficiando importados".

Segundo Gerdau, o problema mais difícil a ser atacado ainda é a valorização do câmbio em relação ao dólar. Na avaliação do empresário, como a inflação desacelerou nos últimos meses, o governo poderá interromper o ciclo de alta dos juros. Mas ressaltou que somente quando os juros caírem para patamares mais próximos aos de outros países é que o ingresso de capitais estrangeiros, que pressiona o câmbio, poderá se reduzir. Johannpeter presidiu hoje, no Palácio do Planalto, a terceira reunião da Câmara de Gestão Desempenho e Competitividade, da qual participam outros empresários além de ministros.

Adesão ao relógio de ponto ainda é baixa



Fonte: Diário do Comércio SP

As empresas têm até 1º de setembro para se adaptar ao novo sistema de controle de jornada de trabalho. Apesar da proximidade da data, ainda é baixo o volume de compra dos relógios eletrônicos. Segundo dados da Abrep (Associação Brasileira de Fabricantes de Relógios de Ponto), em julho, foram vendidos 60 mil equipamentos. No total, os fabricantes comercializaram 260 mil unidades. Pelos cálculos do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), aproximadamente 700 mil empresas já usam o sistema eletrônico para controlar o horário de seus colaboradores. Mas o número ainda é muito baixo.

Na avaliação dos fabricantes, as empresas vão deixar para comprar o controlador de ponto na última hora, correndo o risco de não terem o equipamento instalado na data prevista. A boa notícia para quem ainda não comprou o equipamento é que houve queda nos preços cobrados no mercado. Hoje, o novo relógio de ponto custa entre R$ 2 mil e R$ 3,7 mil, dependendo da tecnologia adotada. Atualmente, há 117 modelos de relógios certificados pelo MTE e 29 fabricantes cadastrados. Antes, eram apenas 12 fabricantes.

Santa Cruz do Capibaribe inicia mais uma turma de Empretec

O sucesso do Seminário Empretec do SEBRAE é visível em todo Brasil. Muitos empreendedores que passam pelo programa sentem a diferença em suas empresas e em sua vida de modo geral. São distintas formas que o participante passa a enxergar a partir do seminário.

Em Santa Cruz do Capibaribe, o seminário é aplicado na CDL em parceria com o SEBRAE e está em sua quinta turma, sendo a terceira neste ano. Esta segunda-feira (22) vai marcar a vida desses novos participantes do Empretec de forma significativa.

Na abertura dos trabalhos desta quinta turma, o presidente da CDL, Fábio Lopes, deu as boas vindas e falou da importância do seminário. “Nós temos uma capacidade nata de empreender, mas nós precisamos lapidar esta capacidade que temos, pois precisamos dar um modelo de gestão neste empreendedorismo. E o Empretec é uma estratégia pensada, com ajuda do SEBRAE para trazer isso para Santa Cruz do Capibaribe”, enfatizou.
Wellington Marinho, representante do SEBRAE, veio à cidade especialmente para demonstrar a alegria do SEBRAE em poder estar com mais esta turma de empretecos. “Este sucesso nós estamos tendo devido ao gostar das pessoas, pois quem faz indica outras pessoas para fazerem. Esta parceria com a CDL que temos é de suma importância para a realização deste seminário na cidade”, concluiu.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Mais de 500 pessoas foram qualificadas pelo Programa Uniagreste



O Programa Uniagreste desenvolvido pelo SENAI Santa Cruz do Capibaribe atendeu a 515 pessoas com os cursos de férias, realizado no mês de julho. O destaque do programa ficou para os cursos técnicas de vendas, contabilidade na prática e qualidade no atendimento ao público que tiveram duas turmas para atender a demanda.

Uma avaliação do SENAI com a CDL Santa Cruz do Capibaribe foi realizada na tarde desta quinta-feira (18), na sede da CDL. A diretora do SENAI, Cristina Barbosa, juntamente com a professora Fabiana Ferreira, apresentou ao presidente da CDL, Fábio Lopes e a Secretária Executiva da entidade, Katyane Santos, o relatório de todas as atividades.

O programa Uniagreste foi realizado em parceria com outras entidades da cidade e apoio do Banco do Brasil, Moda Center, SEBRAE, e a empresa Tintas Quimilson. Cristina Barbosa e o presidente da CDL, Fábio Lopes já estão animados para a realização da segunda edição do Uniagreste em 2012, ano que será comemorado 20 anos da CDL e 10 Anos do SENAI na Capital das Confecções.