Topo

Topo

sexta-feira, 30 de março de 2012

CDL e Unicred Santa Cruz do Capibaribe promovem palestra com Francisco Cunha para empresários da cidade



O público de empresários e colaboradores vibrou com a palestra proferida pelo Consultor Francisco Cunha, na noite desta quinta-feira (29). Com o tema: "O mundo em crise, o Brasil escapando e Pernambuco engrenado. Essa equação se sustenta?" Francisco Cunha apresentou com maestria sobre o bom momento pelo qual o estado de Pernambuco passa e as expectativas vividas pelos pernambucanos.


A palestra foi uma parceria da Unicred Empresarial com a CDL Santa Cruz do Capibaribe, onde os cooperados e associados das entidades estiveram presentes. Antes da palestra a Unicred apresentou um vídeo sobre o cooperativismo e suas facilidades em ter crédito com juros baixos. Empresários de Caruaru também estavam presentes na palestra, como o empresário e Presidente da CDL Caruaru, Djalma Cintra, além do presidente da Unicred Empresarial, Fred Leal. Ao término da Palestra, os convidados degustaram um coquetel oferecido pela Unicred Santa Cruz do Capibaribe.

Limpe seu nome e recupere o crédito

Fonte: Diário de Pernambuco



De olho no aumento das vendas nos meses de maio e junho, por conta de importantes datas para o varejo como Dia das Mães, Dia dos Namorados e São João, o comércio do Recife vai promover uma campanha de recuperação de crédito em abril. A inclusão dos devedores nos cadastros negativos e a convocação de quem já está negativado para negociar o débito, oferecendo descontos e até o reparcelamento da dívida, são alguns dos pontos da campanha. A ação envolve os 4,5 mil associados da Câmara dos Dirigentes Lojistas do Recife (CDL-Recife). O objetivo é recuperar o que deixou de ser pago pelo consumidor e reabilitá-lo para voltar a consumir no comércio.

"A campanha visa incentivar o lojista a reabilitar os seus clientes, tendo em vista a proximidade dos meses de maio e junho, período de incremento de vendas no comércio", afirma o presidente da entidade, Eduardo Catão. Segundo ele, a inadimplência no Recife aumentou em fevereiro e março. "No último trimestre, o número de devedores cresceu 2,8%, na comparação com 2011. Isso ainda é uma ressaca das vendas de dezembro, que envolveu muitos gastos com cartão de crédito", detalha ele.

Na campanha, os lojistas irão negativar quem estiver em débito. Lembrando que agora, com a unificação dos cadastros do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e do Serasa, o devedor fica registrado nas duas entidades. "Muitos lojistas não negativam os clientes em débito. Quando você envia para o cadastro, ele é cobrado nacionalmente e se interessa em negociar para "limpar" o nome", defende Catão.

Quem já estiver no cadastro do SPC/Serasa receberá um comunicado dos lojistas para renegociar a dívida. "Dependendo da idade da dívida, é oferecido desconto e até a possibilidade de parcelar o valor em aberto", explica Fernando Martins, gerente de Relacionamento e Tecnologia da Informação, da CDL-Recife. Para limpar o nome, o consumidor deve procurar a loja para quitar a dívida. "Se não souber onde está o débito, basta procurar o SPC e o consumidor receberá todas as informações sobre como saldar o débito", indica Catão.

Mães
Para o Dia das Mães, a expectativa é crescer até 6,5% nas vendas, em relação ao ano passado. "O comércio está bem neste ano", afirma Catão. Ainda está em avaliação se as lojas do centro do Recife irão funcionar nos domingos de junho, conforme realizado em anos anteriores. "É muito provável que não ocorra neste ano. Temos que avaliar com os lojistas para saber se ainda vale a pena", diz ele.

Passo a passo
O primeiro passo é procurar a loja, banco ou financeira que está cobrando o débito e tentar um acordo.

Se não souber onde foi realizada a dívida, essa informação é fornecida no SPC/Serasa, na Rua do Riachuelo, 105, sobreloja, das 8h às 18h.

O horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 8h às 18h. E aos sábados, das 8h às 12h.

Tudo o que for combinado verbalmente deverá constar em contrato.

O ideal é buscar a ajuda em entidades de defesa do consumidor para confirmar se os juros, multas e outros encargos estão sendo cobrados corretamente.

É possível parcelar a dívida. Inclusive, após pagar a primeira parcela, o nome deverá ser retirado do cadastro negativo.

Caso o consumidor atrase as parcelas da negociação, o seu nome voltará a integrar o cadastro negativo.

Por isso, as prestações devem estar de acordo com a capacidade de pagamento do inadimplente.

Empresário está mais otimista quanto ao emprego

Fonte: R7.com


As perspectivas dos empresários da indústria para os próximos meses são mais otimistas quanto ao emprego do que em relação à produção e ao ambiente de negócios. De acordo com a Sondagem da Indústria de Transformação, divulgada nesta sexta-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), das 1.214 empresas consultadas, 21,9% responderam ter pretensão de ampliar o contingente de trabalhadores nos próximos três meses, ante 20,3% que tinham a mesma expectativa em fevereiro. Já 8,8% das companhias preveem diminuição da mão de obra, contra 9,4% registrados na sondagem anterior.

De acordo com a FGV, a influência para a pequena alta de 0,2% no Índice da Situação Atual (ISA) - que juntamente com o Índice de Expectativas (IE) compõe o Índice de Confiança da Indústria (ICI) - veio do item que mede a satisfação atual dos negócios. Em março, 18,7% avaliaram a situação atual como boa, enquanto 25,9% haviam respondido o mesmo em fevereiro. A proporção dos que avaliam a situação atual como fraca caiu de 18,7% para 10,5% no mesmo período.

O componente do ISA que mede o nível dos estoques normalizou-se, enquanto o relativo à demanda voltou a cair pelo terceiro mês consecutivo, influenciado pelo cenário externo.

quinta-feira, 29 de março de 2012

CDL e Unicred Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe promovem palestra com Francisco Cunha


A CDL e a Unicred Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe promovem hoje a palestra "O mundo em crise, o Brasil escapando e Pernambuco engrenado. Essa equação se sustenta?" com o consultor Francisco Cunha.

Será às 19:30, no RECEPCIONE. Você é o nosso convidado.

Certificação Digital sem filas na CDL Santa Cruz do Capibaribe


A CDL Santa Cruz do Capibaribe já está oferecendo o serviço de Certificação Digital para a população da Capital das Confecções. O certificado equivale a uma carteira de identidade virtual que permite a identificação de uma pessoa no meio digital eletrônico quando enviando uma mensagem ou em alguma transação pela rede mundial de computadores que necessite validade legal e identificação inequívoca.

Um certificado digital contém dados de seu titular, tais como nome, identidade civil, e-mail, nome e assinatura da Autoridade Certificadora (AR) que o emitiu, entre outras informações. É importante saber que essa tecnologia confere a mesma validade jurídica ao documento assinado digitalmente do equivalente em papel assinado de próprio punho.

Veja o que é necessário para fazer a sua Certificação Digital!

Parabéns em dose dupla


A CDL Santa Cruz do Capibaribe esteve em festa nesta quinta-feira (29). Dois dos seus diretores fizeram aniversário. Foram eles: Bruno Bezerra, Diretor de Desenvolvimento e Empreendedorismo da CDL Sênior e Paulo Henrique, Diretor Secretário da CDL Jovem. Aos diretores, desejamos toda felicidade e muita garra para seguir com o trabalho que vem sendo desenvolvido pela entidade. Recebam os sinceros parabéns de todos que fazem a CDL Santa Cruz do Capibaribe.




Brasil crescerá menos que o esperado pelo governo

Agência Estado

O País vai crescer este ano menos que o esperado pela equipe econômica. Isso é o que mostra o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) divulgado nesta quinta-feira pelo Banco Central (BC). A autoridade monetária manteve a projeção de crescimento de 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2012 - a mesma estimativa divulgada no relatório de dezembro.

A projeção mostra que será mais difícil para equipe econômica alcançar a meta de crescimento de pelo menos 4% desejada pela presidente Dilma Rousseff. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, tem prometido um crescimento ainda maior, de 4,5%. Para atingi-lo, planeja lançar na semana que vem novas medidas econômicas. Para o BC, porém, o crescimento de 3,5% é compatível com o equilíbrio interno e externo e consistente com o cenário de convergência da inflação para a meta de 2012, de 4,5%.

INFLAÇÃO - O BC já projeta a inflação para abaixo do centro da meta no fim deste ano. Pelos dados do Relatório Trimestral de Inflação, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) pelo cenário de referência fechará 2012 em 4,4%. O documento mostra um recuo de 0,3 ponto porcentual na projeção do IPCA para este ano, já que a estimativa anterior era de 4,7%. A meta de inflação fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) é de 4 5%.

Pelo cenário de referência, a projeção para inflação acumulada em 12 meses se posiciona acima do valor central de 4,5% ao longo do primeiro semestre de 2012, deslocando-se em direção à trajetória da meta nos dois trimestres seguintes. A inflação acumulada em 12 meses parte de 5,5% no primeiro trimestre de 2012, reduz-se para 5,0% no segundo e para 4,4% no terceiro, encerrando o ano neste patamar, conforme o BC.

As projeções anteriores eram de 5,9% (primeiro trimestre), 5,5% (segundo trimestre) e 4,7% (terceiro e quarto trimestres). Os dados do BC levam em conta todo o conjunto de informações disponíveis até 9 de março de 2012 (data de corte).

O cenário de referência pressupõe manutenção da taxa de câmbio de R$ 1,75 e taxa Selic de 9,75% constantes no horizonte de previsão. No relatório anterior, de dezembro, a taxa de câmbio era de R$ 1,80 e a Selic, de 11,00%.

Microcrédito financia 200 mil pequenos negócios

Fonte: Agência SEBRAE


As instituições operadoras de microcrédito produtivo, caracterizadas como Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), atendem por ano às necessidades de crédito de 200 mil pequenos negócios. O crédito médio por empreendimento é de R$ 2,8 mil, apresentando menor valor nas regiões Nordeste (R$ 1,8 mil), Centro-Oeste (R$ 1,9 mil) e Norte (R$ 2,6 mil), e maior nas regiões Sul e Sudeste - a média é de R$ 4,6 mil e R$ 3,4 mil, respectivamente.

Desses pequenos negócios, 55% estão no comércio, 28% no setor de serviços, 12% na indústria e 5% na agricultura. Entre os tomadores de microcrédito junto às Oscip, os negócios formais já atingem 25%. São empreendedores individuais (EI) e micro e pequenas empresas (MPE). Os demais são empreendimentos informais, atendidos há cerca de dez anos por essas instituições, a exemplo do Banco do Povo.

Os dados constam da pesquisa Perfil das Instituições de Microfinanças no Brasil, que entrevistou 75 das 103 organizações em atividade, identificadas como Oscip e cadastradas no Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O trabalho foi feito pelo Sebrae em parceria com a Associação Brasileira de Entidades Operadoras de Microcrédito e Microfinanças (Abcred).

O objetivo do Sebrae e da Associação Brasileira de Entidades Operadoras de Microcrédito e Microfinanças (ABCRED) é conhecer a realidade dessas organizações para desenhar propostas de políticas públicas e facilitar o acesso dos empreendedores às Oscip de microcrédito. “É importante que os empreendedores individuais e os proprietários de micro e pequenas empresas tenham acesso a crédito e a outros produtos e serviços financeiros em prazos e condições mais adequados às suas necessidades”, destaca o diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos.

O presidente da ABCRED, Almir da Costa Pereira, por sua vez, quer intensificar o diálogo com o governo tendo em vista o alinhamento da política de microcrédito produtivo orientado com as Oscip. “Diferentemente dos bancos públicos e privados, que dispõem de um leque diversificado de serviços financeiros, além da oferta de microcrédito subsidiado pelo programa Crescer, do governo federal, as Oscip operam com um único produto“, pondera o presidente da Abcred.

Outro diferencial em relação aos bancos públicos, segundo a Abcred, está no fato de as Oscip serem pró-ativas, com forte presença dos agentes de crédito nas comunidades. Por isso, dependem de mão de obra intensiva em suas operações. Há mais de dez anos, as Oscip de microcrédito praticam taxas entre 2,5% a 3,9% ao mês. Em 2011, o programa Crescer começou oferecendo 8% ao ano. “Operar com taxas que não cobrem o custo pode comprometer a perenidade das Oscip de microcrédito”, alerta o Almir Pereira, que mantém diálogo com o governo federal, pois considera que “essas instituições da sociedade civil historicamente sempre ofereceram crédito em condições mais acessíveis”.

Perfil das MPE e Empreendedor Individual

O crédito médio aferido aos clientes MPE e EI foi 40% superior ao crédito dos empreendedores informais (R$ 2 mil). Embora o crédito na região norte seja um dos menores, o tempo médio das operações nessa região é de 14,6 meses, frente a uma média nacional de 11,5 meses. Dos clientes MPE e EI, apenas 6,3% são inadimplentes (pagam com atraso).

Entre as garantias exigidas dos empreendedores pelas instituições estão o aval, a garantia solidária, a garantia real e a fiança. Para avaliar o montante a ser financiado, as Oscips fazem análise de crédito por meio de um levantamento socioeconômico, com dados da atividade e da família do empreendedor.

O valor médio da carteira de operações de crédito de cada instituição fica em R$ 5,8 milhões. Os recursos são provenientes de bancos de desenvolvimento regionais, agências de fomento e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A maioria dos empresários toma o crédito para formar capital de giro ou comprar estoque, investir e construir ou reformar o estabelecimento.

A maioria das instituições que fazem operações de microcrédito produtivo orientado surgiu há pouco tempo. Seis em cada dez foram criadas entre 2000 e 2011. Em média, cada uma possui dois gerentes e dois diretores, além de 15 agentes de crédito e 1.953 clientes. Quanto à distribuição geográfica, 56% estão nas regiões Sul e Sudeste (28% cada). Outras 27% ficam no Nordeste, 9% no Centro-Oeste e 8% no Norte.

A pesquisa mostrou ainda que seis em cada dez instituições entrevistadas possuem parcerias com o Sebrae em ações de apoio às MPE e aos EI. A maioria delas é voltada à capacitação e apoio em consultorias.

Artigo


AÇÃO INTELIGENTE DA INICIATIVA
Por: Eugênio Sales

 A iniciativa é a marca registrada de excelência profissional.
Edivan Silva

Sabemos que para alcançarmos o nosso objetivo precisamos sair do lugar comum e ter iniciativa, se não os nossos sonhos não poderão ser realizados.

Para se ter iniciativa é necessário que a pessoa saiba exatamente aonde quer chegar, como falamos no capítulo sobre metas. De posse desse mapa, fica mais fácil traçar o caminho a seguir.

Afinal de contas, quem se prepara para enfrentar as dificuldades do dia-a-dia se sente mais à vontade para tomar medidas importantes para seguir em frente.

Ter iniciativa é ter a coragem de ousar, de fazer diferente. É ter uma motivação extra para seguir com muita determinação rumo aos seus desejos mais latentes.

Para iniciar um novo projeto é necessário que a pessoa tenha, pelo menos, uma noção de tudo aquilo que irá precisar fazer para não se sentir desestimulado, quando as dificuldades aparecerem. 

Este texto faz parte do livro “As 60 Ações Inteligentes Para o Sucesso”. Para adquirir o livro basta ligar para 81.3723.8256 e fazer o seu pedido.

Já está à venda o novo livro do consultor Eugênio Sales Queiroz “As 60 Ações Inteligentes Para o Sucesso”. Qualitymark Editora – Rio de Janeiro/2011-
Pedidos: www.eugeniosales.com.brFone: 81.3723.8256

quarta-feira, 28 de março de 2012

Comunicado Urgente


Ajude a nossa querida amiga Maria Francimere de Lima e Silva, que está internada em Caruaru e precisa urgentemente e preferencialmente de sangue O-. Uma vez que passou recentemente por uma intervenção e perdeu bastante sangue.

As pessoas que puderem ajudar podem se dirigir ao HEMOPE-CARUARU (Avenida Oswaldo Cruz, S/N – Maurício de Nassau) e doar em nome de Maria Francimere de Lima e Silva.

Outras informações podem ser adquiridas através dos telefones 9980-2824 ou 3731-1164. Se você tem esse tipo de sangue ajude Francimere que precisa urgentemente de doação de sangue.

O HEMOPE funciona de segunda à quinta-feira, das 7h e 30min às 12h e das 13h e 30min às 17h. E na sexta-feira pela manhã de 7h e 30min às 12h.

Nota de Repúdio da Makital referente a COMTEX


A Makital Importadora de Máquinas Ltda., vem por meio desta, declarar toda a sua indignação com a forma anti-profissional, antiética e desrespeitosa pela qual foi tratada pelos organizadores da COMTEX 2012 - Feira de Componentes Têxteis, cujo representante legal é o Sr.Feliciano Ramos.

Uma série de atitudes desleais fez com que a Makital cancelasse, de última hora, a sua participação na referida feira, em respeito aos seus clientes, parceiros e fornecedores.

Desde segunda-feira, dia 26, disponibilizamos uma equipe de profissionais de vendas e do nosso Departamento de Marketing, para se deslocarem até Caruaru, a fim de acompanharem a montagem do stand de 384m2, locado pela Makital e totalmente quitado.  Hoje, quarta-feira, dia em que se inicia o evento, até o presente momento, mais precisamente às 11:00h, o espaço não está totalmente montado, não tem energia no local, os carpetes dos estandes não foram colocados e os ditos “organizadores” do evento, não atendem telefone ou se disponibilizam a dar qualquer satisfação aos seus expositores e, em especial, a nossa equipe, que vinha se desdobrando para colocar em prática aquilo que planejamos com bastante antecedência.

Diante disto, decidimos, extremamente contrariados, não compartilhar dessa desorganização. Embora, estivéssemos, desde o princípio, empenhados em levar à Comtex o que há de mais moderno em máquinas de costura e de bordado para os nossos clientes. Investimos ainda em um layout de stand confortável, climatizado e aconchegante para recebermos os visitantes. Contratamos recepcionistas capacitadas, serviço de Buffet e tudo aquilo que pudesse traduzir o quanto consideramos o nosso cliente. E é justamente em nome dessa consideração e por nos sentirmos lesados enquanto expositores, que estamos anunciando o cancelamento da nossa participação em caráter irrevogável.

Em tempo, anunciamos que estaremos tomamos as medidas cabíveis para reparar os nossos prejuízos de ordem financeira, porque os prejuízos relacionados ao desgaste da nossa equipe, esses não terão como ser reparados.

Santa Cruz do Capibaribe, 28 de março de 2012.
Makital Importadora de Máquinas Ltda.

Biblioteca do Conhecimento de Santa Cruz do Capibaribe realiza Oficina de Ovos de Páscoa


Com visão de integrar cada vez mais os usuários da Biblioteca Indústria do Conhecimento de Santa Cruz do Capibaribe, a coordenação do espaço realizou na última sexta-feira (23), uma oficina de ovos de páscoa.

De acordo com Eronilda Paiva, coordenadora da Biblioteca, participaram 60 estudantes que frequentam o local, dentre eles, duas turmas da Escola Lucinalva Aragão (8° e 9° ano) onde na oportunidade aprenderam a fazer ovos de chocolate.

Eronilda enfatiza que estas oficinas têm sido bastante proveitosas, principalmente, para os jovens que estão tendo oportunidade para aprender coisas que normalmente em sala de aula eles não aprendem. “No final fizemos um sorteio e a contemplada foi Kyara Fernandes (13 anos) aluna da Escola Lucinalva Aragão”, concluiu Eronilda.
A Biblioteca Indústria do Conhecimento foi implantada em Santa Cruz do Capibaribe através de uma parceria da Rota do Mar com o SESI e CDL local.
Palestra
Participe de mais uma palestra do SEBRAE, promovida pela Biblioteca Indústria do Conhecimento que acontecerá na próxima quinta-feira (29/03), às 19hs com o tema: “Como Conquistar e Manter Clientes”. É preciso se inscrever, pois as vagas são limitadas. Mais informações: (81) 3731-2679.

Reunião da Câmara Setorial de Varejistas de Vestuário e Acessórios de Moda discute ações para próximas campanhas promocionais




Mais uma reunião da Câmara Setorial de Varejistas de Vestuário e Acessórios de Moda da CDL Santa Cruz do Capibaribe aconteceu para avaliar a campanha de Fim de Ano e a promoção de vitrines.




As proprietárias de Butiques da cidade discutiram ações para as próximas datas comemorativas, como Dia das Mães e São João, sendo que a campanha junina será implementada para o mês dos festejos juninos. A mídia da campanha vai acontecer em rádios e outdoor, a fim de incrementar as vendas no comércio do segmento no período.

Câmara Setorial de Atacadistas Têxteis se reúnem com vereadores de Chefe de Gabinete da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Debater o Empreendedor Individual em todas as suas modalidades tem sido tarefa constante da CDL Santa Cruz do Capibaribe. Através da Câmara Setorial de Atacadistas Têxteis, a CDL reuniu empresários com vereadores e a prefeitura da cidade, a fim de discutir uma proposta de incentivo por parte da Prefeitura, para a isenção ou redução da taxa do alvará de funcionamento para Empreendedores individuais do município.


A reunião contou com a presença do Chefe de Gabinete, Carlos Lisboa, que representou o prefeito, Toinho do Pará, além dos vereadores Afrânio e Nanau que solicitaram o encontro com os empresários na noite desta terça-feira (27).


Carlos Lisboa ficou de fazer um estudo da Lei para ver a possibilidade, mas ele frisou que a intenção é de promover o incentivo.

Mais de R$ 160 milhões foram movimentados no 5° Salão Imobiliário de Pernambuco

Matéria de Shirlene Marques
do PE Investimento

O 5° Salão Imobiliário de Pernambuco movimentou a cifra de R$ 165 milhões, durante os cinco dias de duração do evento. O valor de vendas deste ano superou o quantitativo do ano passado, que foi de R$ 123 milhões, mas não ultrapassou a cifra alcançada em 2010, de R$ 167 milhões, até agora a mais alta, desde a primeira edição do Salão que aconteceu em 2008. Os dados foram divulgados pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco (Ademi-PE), nesta terça-feira (27).

As 31 empresas expositoras que participaram do Salão, entre 14 e 16 de março, conseguiram comercializar 516 unidades, dez a mais do que em 2011.A Ademi destacou que a quinta edição foi o melhor evento em organização, montagem e exposição dos cinco salões já realizados. A versão 2012 do Salão bateu recorde de visitantes, 19.998 pessoas compareceram ao evento. Na primeira edição, realizada em 2008 o público foi de 15 mil.

Lei Geral é destaque durante encontro em Brasília

Agência SEBRAE de Notícias

O I Encontro Nacional de Agentes de Desenvolvimento (Enad) reúne nesta terça-feira (27), em Brasília, cerca de 500 profissionais de diversos municípios do país. Eles trocam experiências com foco nos pequenos negócios e na implementação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.

A figura do agente de desenvolvimento surgiu para articular a aplicação efetiva da Lei Geral, por meio do estímulo à formalização e ao empreendedorismo, com fortalecimento dos pequenos negócios. Contratados pelas prefeituras, os agentes atuam no município em que vivem depois de passar por uma capacitação.

Segundo o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, os agentes são protagonistas no desenvolvimento do empreendedorismo. “Treinamos quase 2 mil desses profissionais e cerca de 500 já foram nomeados. A Lei Geral da MPE tem mais de cinco anos, mas ainda há muito a ser feito porque não basta regulamentá-la; precisamos colocá-la em prática. Os agentes são fundamentais para ajudar as prefeituras e a sociedade a pensar em mecanismos que promovam o crescimento econômico”, enfatizou.

Na opinião do diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, o grande número de agentes participantes do Enad reflete a receptividade deles na tarefa de estimular o empreendedorismo nos municípios. O diretor mediou, durante o encontro, o painel sobre os desafios do desenvolvimento local. O debate teve participação de Ladislau Dowbor, professor da PUC-SP, Márcio Pochmann, presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), e Luiz Nassif, jornalista da TV Brasil.

“Nosso debate está centrado na maneira como o desenvolvimento local pode ser promovido. Vivemos em um ambiente de possibilidades e oportunidades, mas com enormes desafios, nesse país continental, com milhões de empreendimentos e empreendedores em mais de 5 mil municípios”, destacou o diretor-técnico do Sebrae. Para Carlos Alberto, é imprescindível que haja no âmbito local articulação entre gestão pública, empresas e iniciativas de desenvolvimento.

terça-feira, 27 de março de 2012

Do Facebook: Vale uma reflexão!


“O rio sempre foi para mim o cartão-postal da cidade de Santa Cruz do Capibaribe. Não era o Moda Center, nem o São João e seus forrós. Sempre morei muito perto do rio e de vez em quando ele ainda me assusta. Eu sabia que era um rio sofrido, mas ver a “usina” da poluição funcionando em quase todo seu leito me fez pensar, não em natureza, mas em humanidade. Estaremos perdidos quando não houver mais rio e será culpa só nossa?

Arnaldo Viturino

CDL Santa Cruz do Capibaribe parabeniza a todas as costureiras e costureiros da cidade



Francisco Cunha será o palestrante em evento da Unicred e da CDL Santa Cruz do Capibaribe

A Unicred Empresarial em parceria com a CDL de Santa Cruz do Capibaribe vai realizar uma palestra com um dos maiores consultores do Estado de Pernambuco, Francisco Cunha, da TGI Consultoria.

O tema da palestra será:  "O mundo em crise, o Brasil escapando e Pernambuco engrenado. Essa equação se sustenta?"

O encontro tem por objetivo fomentar o debate acerca do desenvolvimento econômico e da infraestrutura de Pernambuco, com o intuito de oferecer perspectivas para um público alvo formado por empresários, empreendedores e industriais do Polo de Confecção do Agreste pernambucano.

A palestra será realizada na próxima quinta-feira (29), às 19:30, na Casa de Eventos Recepcione.

Confirme sua presença! (81) 3731-2850 ou 3731-3065

SEFAZ DENEGA AUTORIZAÇÃO DE USO DA NF-E DESTINADA A CONTRIBUINTES CANCELADOS

A partir de 1º de abril, a Secretaria da Fazenda (Sefaz) não mais autorizará a emissão da NF-e destinada a contribuintes que estão com a inscrição estadual cancelada no Cadastro de Contribuintes do Estado de Pernambuco, conforme estabelecido pelo Decreto nº 37.992, publicado em 22/03/2012, no Diário Oficial do Estado.

O Fisco passará a verificar, além da situação cadastral do emissor do documento fiscal responsável pela venda (o que já ocorre), também a situação cadastral do destinatário da mercadoria. Neste sentido, não mais será autorizada a emissão do documento fiscal se for identificado que a Inscrição Estadual do comprador está CANCELADA.

Informamos que uma nota denegada fica armazenada no banco de dados na Sefaz e a sua numeração não pode mais ser utilizada. Também não é possível cancelar uma NF-e denegada e nem inutilizar sua numeração.

A emissão da nota fiscal eletrônica pode ser indeferida pela Fazenda com base no Ajuste SINIEF 10/11 do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que alterou o Ajuste SINIEF 07/05 e estendeu a verificação da regularidade também ao comprador dos produtos.

Nova desoneração da folha de pagamento terá alíquota menor que a do Plano Brasil Maior, diz Mantega

Matéria de Daniel Mello
Repórter da Agência Brasil
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje (26) que a nova desoneração da folha de pagamento deverá ser ainda maior do que a do Plano Brasil Maior, que beneficiou setores como o de Tecnologia da Informação. Segundo o ministro, os ramos industriais incluídos no novo programa deverão ser isentos de pagar a contribuição patronal do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), de 20%. Eles passarão a pagar uma alíquota sobre a receita bruta que ainda não foi definida, mas será menor que 1,5%.
De acordo com Mantega, serão beneficiadas principalmente atividades que têm uso intensivo de mão de obra. “Temos escolhido os setores, ou os setores que perderam dinamismo, que perderam vendas e, ao mesmo tempo, têm um impacto positivo na produção e no emprego”, ressaltou ao citar as indústrias naval, de aviação, de autopeças, têxtil, de confecção e calçados.
Esses mesmos critérios foram usados, segundo Mantega, nas reduções do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) anunciados hoje. O ministro disse ainda que o pacote já está quase pronto, faltando apenas o acordo com alguns setores. “Faltam dois ou três setores que eu vou me reunir esta semana com eles, e depois já estaremos prontos”.
Além disso, Mantega declarou que o governo vai trabalhar para reduzir o spread bancário e, consequentemente, o custo dos empréstimos. “Vai haver uma redução no custo de financiamento de modo geral. Nós vamos trabalhar para reduzir o spread bancário e o financiamento de modo geral”, destacou.
Com essas medidas, o ministro da Fazenda garantiu que a indústria terá, em 2012, um desempenho melhor em relação ao ano passado. Para Mantega, a indústria é uma das prioridades do governo na luta contra a crise. “Nós não abrimos mão da indústria. Não será esta crise que vai derrubar a indústria brasileira. Isso significa que o governo fará tudo o que tiver que ser feito para a indústria brasileira sobreviver”.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Empresários de Santa Cruz do Capibaribe vivenciam mais uma turma do Empretec



O Seminário Empretec é um programa desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (ONU) onde por sua vez, trabalha com empreendedores de 192 países, reconhecendo e aprimorando seu lado empreendedor.


No Brasil, o seminário é aplicado pelo SEBRAE e aqui na Capital das Confecções, tem parceria com a CDL, que está em sua sexta turma, com muito sucesso. As aulas começaram na manhã desta segunda-feira (26), e vão se prolongar até o próximo sábado (31).

Muitos empreendedores que passam pelo programa sentem a diferença em suas empresas e em sua vida de modo geral. São distintas formas que o participante passa a enxergar a partir do seminário.

Escola Social do Varejo abre mil vagas de capacitação em Pernambuco

Fonte: Jornal do Commércio

A Escola Social do Varejo está com inscrições abertas para sua terceira turma em Pernambuco. Mil jovens com idade entre 16 e 24 anos e que estejam cursando ou tenham terminado o ensino médio em escola pública serão capacitados através do programa de formação profissional do Instituto Walmart e Instituto Aliança, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação. O programa, este ano, irá incluir alunos do interior do Estado (Petrolina e Garanhuns).

As inscrições seguem até o dia 28 de março (quarta-deira), em horário comercial, na sede do Instituto Aliança, localizada na Rua Barão de São Borja, 62/202, Boa Vista. Os estudantes do interior devem se inscrever nas escolas participantes do programa. As aulas serão ministradas em 15 instituições de ensino da Região Metropolitana do Recife, além de duas interior. Para se candidatar, também é preciso morar nas proximidades de uma das escolas participantes.

A formação terá a duração de oito meses. Nesse período, os jovens irão trabalhar seu desenvolvimento pessoal e social. Serão analisadas suas competências e seus projetos de vida e carreira, além da formação sobre rotinas do varejo. A capacitação inclui aulas teóricas e práticas, com visitas às lojas do Walmart – Bompreço, Hiper Bompreço, Todo Dia, Maxxi Atacado e Sam’s Club. A duração aproximada é de 500 horas/aula, sempre no contra turno das aulas escolares. Ao término dessa fase, os alunos terão quatro meses de auxílio e acompanhamento de inserção no mercado de trabalho.

A Escola Social do Varejo foi colocada em prática a partir de 2010 e já formou cerca de 2,5 mil jovens nos cinco Estados onde é realizada: Rio Grande do Sul, Pernambuco, Bahia, Ceará e São Paulo.

CDL conclui mais um curso de Gestão Comercial

O Curso de Gestão Comercial, promovido pela CDL Santa Cruz do Capibaribe em parceria com o SEBRAE e com o SENAC foi sucesso de público. O curso aconteceu de 22 a 24 deste mês na CDL e contou com um público de empresários e colaboradores das empresas da cidade e região.

A CDL é uma entidade que está sempre desenvolvendo cursos para o empresariado e colaboradores em geral, a fim de melhorar cada vez mais o comércio como um todo na cidade e região.

E você que deseja participar de mais cursos da CDL, a entidade está com dois agendados para o mês de abril e maio, ambos em parceria com o SENAI. Confira abaixo!




Movpaz Santa Cruz do Capibaribe faz encerramento da Campanha REPEITO É BOM E EU GOSTO

O Mov Paz Santa Cruz do Capibaribe encerrou na última sexta-feira (23), a campanha "Respeito é bom e eu gosto", uma conscientização sobre o bullying nas escolas. Numa parceria entre o MovPaz, COMDECA, Conselho Tutelar e Prefeitura Municipal, várias escolas da cidade receberam a visita dos organizadores do evento, que ministraram palestra sobre o tema e também levaram a cultura através de dramatização e literatura de cordel.

O bullying, que é todo o tipo de violência física e/ou psicológica realizada de forma intencional e repetida, é, infelizmente, algo recorrente nas escolas. Por isso se deu a necessidade de trabalhar o tema em Santa Cruz do Capibaribe.

Em cada escola, levou-se questionários para os alunos responderem sobre a temática do bullying, e não foram poucos os que referiram já ter sofrido este tipo de violência. Os alunos deram várias sugestões para a resolução do problema, como ampliar a conversa entre pais e filhos, informação e conscientização dos alunos através de palestras, quem sofre a agressão denunciar e também a punição dos agressores, entre várias outras sugestões.

A equipe que efetivou as ações considerou muito positivo o resultado nas escolas, tendo em vista a ampla participação e interação dos alunos e professores durante os momentos de reflexão. Mais ações como esta estão sendo elaboradas na direção da construção de uma cultura de paz.

sexta-feira, 23 de março de 2012

PROJETO CINEMA PELA PAZ: São Francisco de Assis

No dia 29 de março será exibido o segundo filme do projeto Cinema pela Paz. Após o sucesso da exibição do filme Madre Teresa, que lotou o Teatro Municipal, o MovPaz traz para a população santacruzense o filme que conta a história do pacifista São Francisco de Assis, "Irmão Sol, Irmã Lua".

Nascido em berço de ouro, cercado de privilégios, paixões e luxo, Francisco de Assis veio a ser um dos mais amados e reverenciados santos da história. O filme enfoca os primeiros anos da vida do homem que procurou a comunhão com a natureza, renunciando às riquezas da família para traçar seu próprio destino, livre do apego às propriedades materiais, para conquistar a união espiritual com o mundo. É a história épica de coragem e sacrifício de um homem que é uma inspiração para toda a família.

Essa é mais uma ação do Movimento Pela Paz de Santa Cruz do Capibaribe. O grupo se prepara para a I Grande Caminhada Pela Paz, que ocorrerá na cidade no mês de outubro deste ano.

Serviço
FILME: Irmão Sol, Irmã Lua
LOCAL: Teatro Municipal
HORÁRIO: 19:30h
DIA: 29 de março de 2012 (QUINTA-FEIRA)
ENTRADA: Franca

Santa Cruz do Capibaribe está entre as 20 maiores cidades com melhor renda per capita de Pernambuco

Empreendedorismo Jovem é tema de palestra em Santa Cruz do Capibaribe


Santa Cruz do Capibaribe é um celeiro de micro e pequenas empresas, onde consequentemente, o empreendedorismo pulsa forte nas veias dos empresários. A CDL Jovem da cidade com visão diferente e bastante atuante neste segmento realizou na noite desta quinta-feira (22), uma palestra com o tema: “Empreendedorismo, suas ideias voando mais alto”, ministrada pelo palestrante, Antônio de Pádua Brauna Braga.




A palestra aconteceu no Teatro Municipal e contou com a presença de estudantes da rede municipal de ensino e do SENAI, de graduandos do CESAC, além de empresários e diretores da CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe.

Na oportunidade, o ex-presidente e diretor do Conselho Superior da CDL Jovem, Isac Filho fez uma breve apresentação do trabalho da entidade, e apresentou as inúmeras ações desenvolvidas ao longo da sua gestão e seguida pela atual diretoria da CDL Jovem, presidida por Laiane Nobélia.

A palestra foi um sucesso de público. No próximo dia 11 de abril, às 19 horas, Bruno Bezerra apresentará mais uma palestra para os empreendedores jovens, sob o tema: As empresas, as pessoas e o ambiente empreendedor em Santa Cruz do Capibaribe. A palestra será no auditório da CDL.

FIEPE estimula participação em prêmio de sustentabilidade

Fonte: Ascom Fiepe

O Conselho de Meio Ambiente da FIEPE convoca indústrias locais a participarem da primeira edição brasileira do prêmio Green Project Awards (GPA), que reconhece as empresas com melhores práticas de sustentabilidade. Para concorrer, os interessados devem se inscrever no site da premiação, até as 17h do dia 30 de março. Com a premiação, o GPA vai contribuir na divulgação e na visibilidade das organizações que investem em práticas limpas e ajudam o meio ambiente.

O GPA abrange todos os setores da economia, premiando iniciativas de empresas sob a perspectiva de três pilares da sustentabilidade: fator econômico, social e ambiental. Serão avaliados critérios como relação custo-benefício dos projetos, soluções inovadoras na eficiência do uso de bens naturais, possibilidade de reprodução das práticas, campanhas de mobilização para conscientizar a sociedade, entre outros.

A entrega do prêmio será no dia 19 de junho, no Rio de Janeiro, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - Rio +20.

Criado em Portugal, o Green Project Awards é realizado desde 2008 e já contemplou 28 projetos. As indústrias vencedoras podem ser convidadas a expor seus trabalhos na edição 2012 do GPA Portugal.

IDE Brasil vai formar nova turma em Santa Cruz do Capibaribe



Ana Cristina
Agente de marketing e Desenvolvimento
(87) 9638 5062
www.idebrasil.com.br

quinta-feira, 22 de março de 2012

Confeccionistas de Santa Cruz do Capibaribe optam por viagens nos feriados

Viajar tem sido prática constante de todas as pessoas. Com tudo mais fácil, passagens aeras acessíveis e com destinos deslumbrantes por todos os recantos do Brasil e do mundo, os Santa-cruzenses têm buscado conhecer outras culturas e lugares diferentes pelo Estado, Nordeste, Brasil e até mesmo pelo mundo. São viagens de turismo que têm encantado aos confeccionistas da Capital das Confecções.

Hotel Blue Marlim - Natal
As facilidades são muitas. Os destinos então, nem se fala. Cada um mais maravilhoso do que o outro, tudo com preços que cabem nos orçamentos dos mais distintos estilos e perfis de viajantes. Maria Aparecida é confeccionista, trabalha com sua família em sua casa, mas nos feriados, sempre há um lugar novo para conhecer ou outro qualquer que ela deseje voltar.

Para ela, com toda comodidade que as agências de viagem promovem, não há mais desculpa para não fazer aquela viagem dos seus sonhos. “Hoje em dia tudo está ao nosso alcance. Aqui em Santa Cruz mesmo, toda viagem que eu quero eu vou à Braztur e lá me informo dos mais distintos pacotes que estão disponíveis. Seja na Semana Santa, Carnaval, Natal, ou até mesmo viagens de negócios, a Braztur tem se mostrado apta a nos levar”, contou a comerciante.


São preços tão acessíveis, que na Semana Santa, por exemplo, o cliente consegue viajar por menos de 80 reais mensais. É o caso do Pacote que a Braztur tem disponível com três dias em Natal-RN, em um dos melhores Resorts da cidade. “Nós temos o maior prazer de oferecer sempre os melhores produtos em viagens, pois o nosso intuito maior é satisfazer a necessidade de cada cliente, levando-os com total conforto e segurança para os melhores destinos do Brasil”, contou Sara Dantas, da Braztur.

Outras informações sobre o pacote da Semana Santa, basta ligar (81) 3731-5575!

Você quer valorizar a sua empresa? Seja sócio da CDL Santa Cruz do Capibaribe e tenha todas as vantagens possíveis

Santa Cruz do Capibaribe tem mercado imobiliário aquecido

O aquecimento no mercado imobiliário de Santa Cruz do Capibaribe é constante. A verticalização da cidade já começa a surgir e os visitantes e habitantes da Capital das Confecções percebem isso logo na entrada do município.

Logo na chegada é possível visualizar prédios sendo construídos. O Edifício Michelangelo é um dos mais avançados e de longe a construção das duas torres são visíveis. Esse aquecimento, de acordo com o Coordenador da Câmara Setorial de Corretores de Imóveis, Flávio Dunda, vem ocorrendo devido o crescimento acelerado da economia da cidade. “Santa Cruz do Capibaribe é uma cidade que vem se destacando a cada dia, principalmente no setor imobiliário, isso se deve a alguns fatores, dentre eles destaco a mudança no conceito de comercialização dos produtos (Confecção), as pessoas começaram a perceber que precisavam inovar e não simplesmente ficar esperando o cliente vir ao seu encontro, isso fez com que algumas empresas crescessem e precisassem contratar mais pessoas, a partir daí surge um ponto que merece ser ressaltado, em Santa Cruz diariamente chegam pessoas em busca de emprego, melhores condições de vida, com isso a cidade cresce muito rápido (segundo o IBGE se Santa Cruz continuar com esse ritmo de crescimento dentro de 10 anos ela dobra a sua população) com esse crescimento vem várias necessidades dentre elas a necessidade de moradia, isso faz com que as pessoas tenham dificuldades de encontrar casas para alugar”, explicou.

Entrevista

Na sua opinião, que impacto esses prédios que estão sendo construídos na cidade vão causar sobre o conceito de moradia em condomínios?

Flávio Dunda - O conceito de moradia em condomínio (condomínio significa o domínio de vários) é um conceito novo para nossa cidade, ele começou a ser implantado no formato comercial a parti, do Moda Center Santa Cruz. Muitos optam por morar em condomínio pois ele traz alguns aspectos positivos, como, segurança, área de lazer diversificada. Hoje se pararmos para imaginarmos quanto custaria construir uma casa com uma área de lazer boa, levando em consideração o custo do terreno e construção, torna-se inviável a execução da obra. Uma coisa importante que eu quero ressaltar em relação a esses edifícios é que a cidade precisa acompanhar esse ritmo de crescimento, gestores com visões empreendedoras, esquecer o passado e olhar para a o futuro, lembrando que a verticalização é sinônimo de desenvolvimento. Precisamos responder  aonde queremos que Santa Cruz esteja daqui a 5, 10 e 20 anos.

Hoje os financiamentos para compra da casa própria são muito rápidos. O que uma pessoa que está querendo comprar sua casa deve ter em mãos para dar entrada?

Flávio Dunda - Para dar entrada num financiamento imobiliário as pessoas precisam passar por alguns processos que são os seguintes:

· Pesquisa Cadastral: apenas com número do CPF é feito essa pesquisa, ela pode durar até 8 dias (Receita Federal, SPC, SERASA, saber se já foi beneficiado com algum subsidio do governo, dentre outras pesquisas.

· Entrevista: após a confirmação da pesquisa é feito a entrevista com o interessado no crédito, que é: juntar a documentação que será pedida e levar junto com a original.

· Avaliação de Crédito pelo Banco.

· Apresentação do Documento do imóvel: Certidão de inteiro Teor e Habite-se.

· Após isso aguardar a visita do engenheiro e o dia de assinar o contrato.

Os corretores de imóveis estão com uma campanha de Responsabilidade Social. Como acontece esta campanha?

Flávio Dunda - Os Corretores de Imóveis estão com uma campanha a nível nacional de arrecadação de bolsas e latas de leite, a campanha em nossa cidade iniciou dia 18 de Março no Campo do Ypiranga e irá até o mês de Junho. As pessoas que querem ajudar devem entregar os leites nas Imobiliárias que fazem parte da Câmara Setorial dos Corretores, ou na CDL.

BNDES aumenta limite de financiamento para pequena empresa

Fonte: CNDL

O CMN (Conselho Monetário Nacional) informou nesta quarta-feira que o limite para financiamentos contratados pelas micro, pequenas e médias empresas através do PSI (Programa de Sustentação do Investimento), do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), foi aumentado em R$ 2 bilhões, para R$ 14 bilhões.

A mudança foi votada ontem, em reunião extraordinária do conselho.

A ampliação foi possível porque houve uma redução no montante destinado ao financiamento para aquisições de ônibus e caminhões.

As empresas que possuem receita operacional bruta de até R$ 90 milhões por ano podem contratar o financiamento com taxa de juros de 6,5% ao ano.

De acordo com informações do Ministério da Fazenda, dos R$ 12 bilhões destinados anteriormente para micro, pequenas e médias empresas do PSI restava um saldo de pouco menos de R$ 500 milhões.

Entrevista CDL

O Movimento Lojista Brasileiro é sem dúvida um movimento organizado, feito de muita união entre os empresários e por isso, muitas reivindicações feitas ao governo têm surtido efeito. O associativismo é a palavra chave do movimento. Em Pernambuco, a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL-PE) tem trabalhado firmemente nesse processo. Em entrevista ao Blog da CDL Santa Cruz do Capibaribe, o presidente da FCDL-PE, Adjar Soares falou sobre o movimento no estado e no Brasil. Confira a entrevista:

Como você observa o Movimento Lojista em Pernambuco hoje?

Adjar Soares - O movimento lojista em Pernambuco passa por um grande momento, como em todo Brasil o movimento Lojista tem passado por grandes transformações tanto no associativismo como na modernização das lojas e principalmente na relação entre lojista e consumidor.

Quais são as ações que a FCDL-PE está implementando atualmente junto as CDLs do Estado?

Adjar Soares - A FCDL trabalha firmemente para melhorar a comunicação e desenvolver projetos que visem modernizar as CDLs de nosso Estado, investindo em capacitação e treinamento das equipes.

Qual a importância do associativismo para o micro e pequeno empresário?

Adjar Soares - O associativismo é sem dúvida a essência do nosso movimento. Desde que as primeiras CDLs foram fundadas, há mais de 50 anos, os lojistas de todo Brasil têm lutado para fortalecer o sentimento de união, transformando concorrentes em companheiros. Foi com esse sentimento que lojistas do Brasil, unidos, criaram o maior banco de dados da America Latina, o SPC.

Quais as mudanças promovidas por sua gestão à frente da FCDL-PE?

Adjar Soares - Estamos buscando disponibilizar novos serviços para CDLs. Oferecer novos serviços é nossa meta. Para isso, estamos interiorizando ao máximo nossas ações. Com a parceria entre o SPC e a SERASA nós iremos oferecer muitas oportunidades para a CDL e seus departamentos comerciais.

Presidente, para finalizar. Qual a previsão que o senhor faria para o comércio nos próximos anos?

Adjar Soares - O comércio no Nordeste cresce mais que as outras regiões do Brasil. Pernambuco vive, nos últimos 10 anos, um momento ímpar. Com isso, as oportunidades não param de surgir, especialmente para as pequenas e médias empresas. Acho que o varejo deve continuar crescendo e esse é sem dúvida uma grande oportunidade para as CDLs.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Micro e pequenas empresas respondem por 75% das vagas formais em 2012

Fonte: Agência SEBRAE

As micro e pequenas empresas (MPE) criaram 203.152 vagas formais de trabalho nos dois primeiros meses deste ano. De cada quatro trabalhadores contratados no período, três tiveram a carteira assinada por uma companhia que possui no máximo 99 funcionários, classificação utilizada como aproximação para definir uma empresa como de micro e pequeno porte.

A participação percentual das MPE na geração de emprego está sendo maior neste ano do que em 2011. No mesmo período do ano passado, elas responderam por 66% das vagas. Os números constam da análise feita pelo Sebrae a partir de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Somente em fevereiro as empresas com até 99 funcionários empregaram cerca de 107 mil trabalhadores com carteira assinada, o que corresponde a aproximadamente 71,5% dos empregos formais gerados no mês.

Mais da metade dessas vagas de fevereiro estão no setor de serviços. O destaque foi para as áreas de ensino e serviços de comércio e de administração de imóveis. Mas também tiveram importância as empresas do setor de alimentação. Só no Distrito Federal a abertura de três franquias da rede norte-americana de sanduíches Quiznos resultou na contratação de 60 funcionários. As lojas optaram pelo Simples Nacional, regime de tributação simplificada para empresas que faturam menos de R$ 3,6 milhões por ano.

O comportamento do mercado de trabalho confirma a tendência mais oportunidades de negócios no setor de serviços, que deve manter uma trajetória ascendente nos próximos anos, afirma o diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos. "As micro e pequenas empresas contribuem para a consolidação da nova classe média e distribuição de renda no nosso país", assinala o diretor, ao lembrar que o segmento de pequeno porte tradicionalmente é a primeira porta a se abrir àqueles que buscam o primeiro emprego.

Os novos negócios abriram portas para muita gente que tentava entrar no mercado de trabalho da capital federal. As exigências da Quiznos foram na contramão do que geralmente se pede em uma seleção. "Demos preferência a pessoas sem experiência no ramo e que nunca tivessem trabalhado na vida. Nossa intenção era dar o primeiro emprego e capacitar essas pessoas, sem vícios adquiridos em outros empregos", conta o diretor de marketing da rede, Victor Luidgi. Até o fim do ano, o grupo pretende abrir outras duas lojas em outros estados e gerar mais empregos no país.