Topo

Topo

sexta-feira, 31 de agosto de 2012


Encontro com representantes do Ministério do Trabalho



Na quarta-feira (29), a CDL, Ascap, Sindcom, Ascont, Moda Center, Sescap e Senai realizaram uma palestra sobre a importância da Ergonomia nos setores de produção das empresas, onde no evento estavam presentes toda a cúpula de fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego de Pernambuco.



Na oportunidade foi apresentada uma palestra sobre qualidade no trabalho, apresentada pela Coordenadora Nacional de Saúde, segurança e Meio Ambiente no Trabalho da CONACCOVEST e Membro da Comissão Tripartite Permanente de Negociação da Indústria de Calçados de Birigui, Milene Rodrigues.

O superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego de Pernambuco, André Negromonte, esteve presente e tirou várias dúvidas do empresariado local. Ele aproveitou para elogiar o Polo de Confecções do Estado. “Olha, eu fico muito feliz, quando viajo pelo Estado e vejo que as empresas estão trabalhando para promover a qualidade do trabalhador, pois com isso ele consegue produzir bem mais. Eu tenho vários amigos empresários de redes de lojas e eu indico o Polo de Confecções para eles virem comprar aqui, porque nessa região se confecciona produtos de qualidade e atende as exigências do Ministério do Trabalho”, disse Negromonte.

Palestra


Evento apresenta protótipo de bancada de máquina de costura e cadeira para promover a qualidade no ambiente de trabalho. Em Santa Cruz do Capibaribe, foi apresentada uma palestra na última quarta-feira (29), na Câmara de Vereadores, com o tema: ¨A importância da aplicação da ergonomia nos setores de produção das empresas¨.


A bancada da máquina e a cadeira foram fornecidas pelo SENAI Santa Cruz do Capibaribe. Os empresários da indústria de confecções que quiserem, podem visitar o SENAI para entender melhor sobre o tema. A Makipeças também levou equipamentos para expor aos participantes da palestra.

As entidades representativas estão unidas para dar suporte de informação ao empresariado local, no que diz respeito da melhor qualidade no trabalho. O Ergonomista da Fundacentro de São Paulo, Ricardo Serrano, veio à Santa Cruz do Capibaribe apresentar uma palestra e fez demonstrações de como utilizar equipamentos de acordo com a sua estatura, a fim de evitar problemas na saúde.


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Espaço Ampliando Saberes participa da 1ª Ação Cidadã Especial

Tire sua Certificação Digital na CDL Santa Cruz do Capibaribe


A CDL Santa Cruz do Capibaribe oferece desde o mês de março o serviço de Certificação Digital. Na CDL você não precisa agendar consulta, não precisa trazer foto 3x4 e sua certificação fica prontinha em cerca de 15 minutos.

O maior Parque de Confecções da América Latina faz Certificação Digital na CDL Santa Cruz do Capibaribe.


CDL Santa Cruz do Capibaribe: Centro do Empreendedor


Você empresário da Capital das Confecções que procura um centro de apoio ao empreendedor, venha conhecer a CDL Santa Cruz do Capibaribe. A entidade mentem parcerias importantes com diversos órgãos, como o SEBRAE que aplica o Seminário Empretec em todo Brasil.

Esta semana o SEBRAE em parceria com a CDL está formando mais uma turma de empretecos na Capital da Moda.


Demanda por vestuário se concentra nas classes B e C

Fonte: NE 10


Os consumidores das classes B1, B2 e C juntos somaram 79,3% da demanda interna por vestuário no ano passado, de acordo com o Estudo dos Canais de Varejo elaborado pelo Iemi Inteligência de Mercado, em parceria com a Associação Brasileira do Varejo (ABVTEX), divulgado nesta quarta-feira (29).

A pesquisa mostra que os consumidores da classe A1 e A2 responderam por 14,9% do consumo de vestuário no Brasil em 2011. Já a classe D respondeu por 5,8%. "Isso reflete a ascensão financeira do brasileiro, que com maior renda e emprego pode subir de classe social", acredita Marcelo Prado, diretor do Iemi.

"Não importa o poder de compra do consumidor, todos buscam experiências de compra ao adquirirem peças de vestuário: os consumidores de baixa renda buscam inclusão social e os da alta renda, exclusividade", analisa.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

“Cinema Pela Paz”


O MovPaz Santa Cruz continua seu projeto “Cinema Pela Paz” e estará exibindo o filme “Madre Teresa” na comunidade do Boa Esperança no distrito de São Domingos.

Madre Teresa é uma das personalidades que melhor representou a luta pela paz no século XX. Ela começou a ser sensibilizada ao receber cartas de missionários jesuítas da Índia, e ao saber da miséria material e espiritual de tanta gente, tinha seu coração tocado.
Quando iniciou seu trabalho, procurava ajudar os grupos de maior vulnerabilidade social, como crianças abandonadas, aidéticos, mulheres que haviam sido abusadas e engravidaram, leprosos (como eram chamados na época os portadores de Hanseníase).
O reconhecimento do mundo pelo seu trabalho concretizou-se com o Prêmio Templeton, em 1973, e com o Nobel da Paz, em 1979.

Conhecendo esta história belíssima e emocionante, o MovPaz Santa Cruz convida a todos os cidadãos do Boa Esperança para compartilhar de um momento ímpar na comunidade.

Data: 1º de setembro de 2012 (sábado)
Hora: às 19:00 h.
Local: Capela de Santa Luzia na Comunidade do Boa Esperança
Entrada grátis.

Parabéns



Nada como chegar nesta data e ver tudo que passamos, o quanto somos queridos neste mundo que vivemos. É muito bom saber, que os anos vão, a idade chega, e você sempre continua o mesmo, sempre com o mesmo sorriso, sempre com a mesma alegria de viver. Parabéns e muitas felicidades a você, que consegue transmitir toda a alegria, para fazer pessoas que lhe rodeiam felizes. Que neste aniversário você consiga descobrir muito mais ideais, do que aqueles já conseguidos, e fazer disso uma lição de vida. É com essa mensagem que todos nós da CDL Sênior e CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe queremos desejar parabéns a você, Alan César, 2º diretor de Planejamento da CDL Jovem da Capital das Confecções.

¨A importância da aplicação da ergonomia nos setores de produção das empresas¨

A secretária Executiva da CDL Santa Cruz do Capibaribe, Katyane Amaral,
esteve em entrevistas pelas rádios da cidade divulgando a palestra

Logo mais às 19 horas, a cidade de Santa Cruz do Capibaribe estará recebendo representantes do Ministério do Trabalho para, junto ao empresariado local, assistirem uma palestra sobre Qualidade no Ambiente de Trabalho, onde será abordado o tema: ¨A importância da aplicação da ergonomia nos setores de produção das empresas¨, a ser ministrada pela Coordenadora Nacional de Saúde, segurança e Meio Ambiente no Trabalho da CONACCOVEST e Membro da Comissão Tripartite Permanente de Negociação da Indústria de Calçados de Birigui, Milene Rodrigues e Ricardo Serrano, ele que é ergonomista da Fundacentro de São Paulo.
O evento vai acontecer na Câmara de Vereadores, e é uma promoção da CDL, Ascap, Sindcom, Ascont, Moda Center, Sescap e Senai convidam para palestra sobre a importância da Ergonomia nos setores de produção das empresas.
A palestra será gratuita e para você participar, precisa confirmar presença. Ligue para a CDL e confirme: (81) 3731-2850.

A Nova Realidade Empresarial


Nos dias 5 e 6 de setembro, os empresários de Santa Cruz do Capibaribe terão a oportunidade de participar de um workshop onde serão abordados vários temas a administração de uma empresa. O consultor José Siqueira, é um dos palestrantes e já atua na Capital das Confecções há 10 anos. Ele esteve recentemente concedendo entrevista na Rádio Comunidade FM falando sobre a importância do evento.

O Workshop vai acontecer no Teatro Municipal e contará com a participação de quatro consultores, abordando temas como: gestão em planejamento estratégico, empreender com sucesso, como estimular sua equipe para a excelência e marketing como ferramenta do crescimento empresarial.

As inscrições você pode fazer na CDL Santa Cruz do Capibaribe. Sócios pagam apenas 60 reais e não sócios R$ 80. Todos os participantes receberão certificados.

Mais informações: (81) 3731-2850

No agreste, Rota do Mar mira o Sul

Matéria de Murillo Camarotto
Do Valor Online - Econômico

Xavier fundou a Rota do Mar, que
se tornou a maior confecção de Pernambuc
o


O Moda Center Santa Cruz é considerado o maior shopping atacadista de confecções do Brasil. A maioria absoluta de suas 10 mil lojas funciona em quiosques simplórios, uma lembrança permanente da feira de rua que virou shopping. Dentre as poucas lojas de alvenaria, destoa do cenário a Rota do Mar, grife de moda surfe criada há 15 anos em pleno agreste de Pernambuco, onde pegar onda não é o mais popular dos esportes.

Nas paredes ornamentadas em madeira, televisores de tela plana exibem vídeos de surfe. As araras multicoloridas e a música ambiente completam a atmosfera, literalmente descolada do que se vê nos arredores. Mesmo longe do mar, a grife caiu no gosto dos jovens do agreste e expandiu fronteiras e lucros. As camisetas e bermudas da Rota do Mar são objeto de desejo nos bairros periféricos do Recife e de outras capitais nordestinas.

Tornar esse desejo acessível é a fórmula do sucesso da empresa, que nasceu nos fundos de uma casa simples, se tornou a maior confecção de Pernambuco e uma das principais do ramo no Nordeste, com faturamento de R$ 32 milhões no ano passado. Entre funcionários diretos e indiretos, emprega pouco mais de mil pessoas. A capacidade produtiva é de 200 mil peças por mês.

O próximo passo na estratégia de crescimento é ganhar espaço em mercados do Sul e Sudeste, onde seu público-alvo, as classes C e D, ainda estaria desassistido. Com investimento crescente em pesquisa, tecnologia e, sobretudo, em marketing, a Rota do Mar trabalha para ganhar fama nos três Estados da região Sul e em Minas Gerais. Por conta da concorrência mais aguda, Rio de Janeiro e São Paulo ainda estão fora dos planos.

"Falta fortalecer nosso nome, mas mercado há", diz Arnaldo Xavier, fundador da grife. Há quatro anos, ele decidiu contratar garotos-propaganda famosos, a fim de fazer mais conhecida a Rota do Mar. O galã atual é o ator global Rodrigo Hilbert, que se diz surfista e está no primeiro catálogo internacional da grife, feito em abril no Havaí. O anterior era Bruno Gagliasso, também da TV Globo.

A criação foi outra área que mereceu atenção - e dinheiro. Em 2007, Xavier contratou o estilista mineiro Nildo Pessoa, que tem 35 anos de estrada na moda surfe. "Antes a gente tinha uma equipe de 'copiação'. Agora, temos um time de criação", diz Pessoa. O estilista e sua equipe rodam os principais mercados de surfe do mundo, em busca de tendências. O próximo destino será Bali, na Indonésia.

Fora do circuito dos surfistas, a China também é visitada por gente da Rota do Mar. A empresa pernambucana - que importa do país asiático cerca de 60% do tecido que utiliza - produz na China itens que, segundo Pessoa, seriam "impossíveis" de ser confeccionados no Brasil por conta do custo, caso de mochilas e bonés.

Na fábrica principal da Rota do Mar, em Santa Cruz, o xodó dos funcionários é a máquina italiana Lectra, comprada em 2011 por R$ 1,1 milhão. O corte a laser do tecido, afirma Xavier, coloca as peças da marca em um patamar de qualidade comparável ao de grifes mundiais. "Nosso grande diferencial está na relação entre a qualidade e o preço acessível", diz o diretor comercial, Adilson Amaro.

Para caber no bolso da classe C, o preço final de uma bermuda da Rota do Mar varia entre R$ 30 e R$ 70. Com todo o investimento na produção e no marketing, a conta só fecha mediante o aperto das margens. Amaro diz que a empresa trabalha atualmente com uma taxa de retorno ao redor de 15%, inferior, segundo ele, ao que é praticado no segmento. "Preferimos trabalhar com grande volume."

Apesar da estrutura saliente, a loja do shopping é apenas um cartão de visitas da Rota do Mar. O plano de crescimento está amparado nas vendas aos representantes comerciais espalhados pelo país, e não em lojas próprias. Por esse motivo, a grife conta com apenas cinco pontos, que funcionam no sistema de "atacarejo". "Não quero e não vou competir com meus clientes", assegura Xavier.

Órfão de pai aos sete anos, o empresário começou cedo no ramo. Ainda garoto, vendia na feira da cidade as peças costuradas pela mãe. O negócio cresceu e aos 25 anos Xavier teve a chance de montar a própria confecção. Optou pela moda surfe por gosto pessoal. "Queria fabricar a roupa que eu usava", conta. A primeira marca escolhida, "Xavier Surfwear", não pegou. "Achavam as roupas boas, mas o nome horroroso."

A segunda opção, também fracassada, foi "X-Boy". "Não queria perder o 'X' do Eike (Batista)", brinca o empresário, que se deparou com o nome definitivo enquanto folheava uma revista de surfe, edição que guarda até hoje como um amuleto. "Rota do Mar teve uma aceitação incrível. Comecei a crescer 50%, 60%, e não parei mais", lembra Xavier.

Além dos garotos-propaganda globais, o empresário toca outras ações de marketing. Este ano, estampou sua marca nas camisas de quase todos os times da primeira divisão do Campeonato Pernambucano de futebol. Por conta do custo maior, somente os três grandes da capital ficaram de fora. "Aí eu prefiro não patrocinar nenhum. Porque se escolho um, o torcedor rival boicota a minha marca", afirma.

Um dos patrocinados foi o América, um clube pequeno do Recife. O lançamento do novo uniforme causou frisson, por conta da participação da modelo paraguaia Larissa Riquelme, que ganhou fama durante a Copa do Mundo de 2010. A repercussão foi tamanha que ela acabou contratada para estrelar a coleção de inverno da Rota do Mar. O América, no entanto, acabou rebaixado para a segunda divisão. A culpa, segundo Xavier, recaiu sobre a moça. "Os jogadores disseram que a Larissa deu azar. Vê se pode uma coisa dessas."

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Ação Cidadã Especial será realizada em Santa Cruz do Capibaribe



“Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão  e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade”, este é o artigo I da Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948. Com base nele, o Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Comdef), presidido por Antônio Taveira, irá realizar a 1ª Ação Cidadã Especial, que acontecerá na próxima quinta-feira (30), no Parque Florestal.

O evento acontecerá em comemoração a Semana da Pessoa com Deficiência, onde todos os participantes especiais terão direito aos seguintes serviços: 
  • Projeto Arte Inclusão
  • Danças
  • Jogos Recreativos
  • Aferição de Pressão
  • Teste de Glicose
  • Vacinação
  • Cartão SUS (Inscrição)
  • Carteira de Identificação da Pessoa com Deficiência (Inscrição)
  • Tiragem de Documentos (RG e CPTS)
  • Corte de Cabelo
  • Maquiagem
  • Manicure
  • Pintura Artística
  • Atendimento às famílias (Psicólogo, Nutricionista e advogados) 

A Ação vai acontecer no decorrer do dia e a partir das 15 horas, o público assistirá a uma apresentação cultural. Todo o evento conta com parceria de várias instituições, dentre elas, a CDL Santa Cruz do Capibaribe.

Artigo

Endividamento. O que a família precisa saber
Por: Roque Pellizzaro Junior* 


O endividamento da família brasileira tem sido um tema recorrente na mídia nos últimos anos, onde frequentemente são produzidas reportagens sobre as situações de inadimplência. Cabe lembrar que o incentivo às compras, a inclusão de novas classes sociais na sociedade de consumo, a facilidade de crédito, a redução de taxas em muitos bens duráveis, a manutenção da geração de emprego e a confiança dos cidadãos na economia, provocam uma movimentação das pessoas em direção a aquisição de bens e serviços. Em princípio, os motivos acima descritos não são causa direta de inadimplência. O que preocupa é quando as famílias não são prudentes na hora do planejamento das compras, comprometendo sua renda mais do que seria possível ou recomendável.

De acordo com dados coletados pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) a inadimplência do consumidor brasileiro registrou queda de 0,27% em junho de 2012, na comparação com o mesmo mês de 2011. Na avaliação do SPC Brasil, a baixa na inadimplência é um indicador de que parte das famílias está conseguindo pagar em dia suas contas. As estatísticas do SPC referem-se às vendas a prazo, considerando-se compras feitas com cheque ou no crediário. Porém, em junho também houve decréscimo nas exclusões dos registros, de 1,1% em relação ao mesmo mês de 2011, o que indica que muitos brasileiros continuam com dificuldades para pagar as dívidas vencidas que levaram a inclusão nos registros do SPC.

Um importante fator a considerar, e que tem levado ao endividamento de muitas famílias, é a tentação causada pela facilidade do uso do cartão de crédito. Ao lado do cheque especial, o cartão de crédito tem sido um “companheiro’ quase que inseparável dos brasileiros endividados. No caso do cartão de crédito, onde poucas empresas atuam no mercado, os juros altíssimos do rotativo, quando o consumidor não consegue pagar integralmente a fatura, deixando um saldo para os meses seguintes, é criado um círculo vicioso quase impossível de sair. Para exemplificar, se o cidadão não consegue pagar integralmente sua dívida no cartão, no final de 12 meses esta dívida praticamente triplica, agravando a dificuldade de pagá-la, fazendo crescer a inadimplência.

O endividamento das famílias, e que acaba gerando a inadimplência não é somente prejudicial a quem deve. O crescimento da inadimplência prejudica a expansão do crédito, pois o risco de quem concede o crédito, seja lojista ou instituição bancária, aumenta e, naturalmente, são tomadas medidas cada vez mais severas para evitar o “calote” dos devedores, restringindo-se e limitando-se a concessão de crédito.

Recentemente, uma medida incentivada pelo governo, a de reduzir os juros bancários, sinalizou também, além de menos sufoco para os cidadãos, a possibilidade de diminuição da inadimplência, pois quanto menores os juros, maiores as condições de serem honradas as dívidas. No entanto, acreditamos que uma medida simples e que pode ser exercitada por qualquer cidadão ou família, pode ajudar em muito na redução do endividamento. Trata-se de um bem elaborado orçamento doméstico, com clara descrição do quadro de receitas e despesas. Esta ação não requer planilhas eletrônicas, altamente elaboradas. Basta anotar até num papel, o que se ganha, o que é preciso desembolsar com os gastos fixos e com os gastos novos ou extras, e estabelecer as prioridades para não comprometer a renda.

Hoje, muitas instituições, inclusive ligadas aos bancos, sem esquecer escolas, estão priorizando a divulgação e a necessidade da educação financeira. Desde a infância, é preciso incentivar o controle e planejamento financeiro, pois esta atitude impede que sonhos se transformem em pesadelos.

*Roque Pellizzaro Junior, presidente da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas)

Quase metade das novas empresas não sobrevive após 3 anos

Fonte: exame.com

Um estudo do IBGE divulgado hoje mostra que, após três anos de entrada no mercado, 51,8% das empresas sobrevivem. A taxa de sobrevivência apresenta uma relação direta com o porte das empresas, segundo o estudo.


Do total de 464,7 mil empresas que apareceram pela primeira vez no mercado em 2007, 353,6 mil (76,1%) sobreviveram em 2008; 285,0 mil (61,3%) haviam sobrevivido no mercado até 2009 e 240,7 mil sobreviveram até 2010 (51,8%). Após três anos da entrada no mercado, quase metade (48,2%) das empresas não sobreviveu, de acordo com a pesquisa.

“As empresas maiores, com maior capital imobilizado, tendem a permanecer mais tempo no mercado, pois os custos de saída costumam ser elevados, dentre outros fatores”, afirma o estudo. Em 2010, nas empresas sem pessoal assalariado que entraram no mercado em 2007, a taxa de sobrevivência foi de 45,3%; nas empresas com 1 a 9 pessoas assalariadas foi de 70,3% e nas com 10 ou mais pessoas foi de 80,2%. 

As taxas mais altas de sobrevivência de 2007 a 2010 foram registradas nas áreas de Saúde humana e serviços sociais (61,4%), Eletricidade e gás (60,8%) e Água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação (57,4%). As menores taxas de sobrevivência foram apresentadas por Artes, cultura, esporte e recreação (45,6%), Outras atividades de serviços (46,5%) e Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (47,4%).

As regiões Sul e Sudeste apresentam as maiores taxas de sobrevivência de empresas, 79,3% e 78,9%, respectivamente, acima da média nacional, de 77,9%. 

As maiores taxas de entrada e de saída foram observadas no Norte (28,5% e 19,6%) e Nordeste (24,9% e 17,4%), assim como as menores taxas de sobrevivência, 71,5% e 75,1%, respectivamente. 

Santa Catarina (82,1%), São Paulo (79,3%) e Rio Grande do Sul (79,2%) apresentaram as maiores taxas de sobrevivência. Acre (62,2%), Amapá (65,1%) e Amazonas (68,2%) apresentaram as menores.

Saída 

Em 2010, 736.428 empresas saíram do mercado, o que representa uma taxa de saída de 16,3%, em um universo de 4.530.583 empresas ativas. Essa taxa é 1,4 ponto percentual inferior a de 2009 (17,7%).

A taxa de entrada de empresas no mercado manteve-se estável, segundo o IBGE, passando de 22,2% (946.676 empresas) em 2009 para 22,1% (999.123) em 2010. O saldo no total de empresas ficou positivo, registrando um acréscimo de 6,1% no número de empresas (261,7 mil empresas a mais).

As regiões Norte e Nordeste foram as que registraram as maiores quedas nas taxas de saída, passando de 22,3% em 2009 para 19,6% em 2010.

Por atividade, as maiores quedas foram verificadas nas seções atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação e construção.

O número de empresas que entrou no mercado em 2010 foi 5,5% superior ao de 2009. A taxa de entrada indica que uma em cada cinco empresas em atividade em 2010 era nova. 

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

27 de agosto: Dia Nacional do Corretor de Imóvel


O dia 27 de agosto é o dia nacional dos corretores de imóveis, estipulado desde 1962, quando entrou em vigor a lei 4.116, que regulamenta a profissão. Desde então, houve um avanço rumo ao aprimoramento profissional e a um desempenho social, econômico e político.

Toda classe é agraciada com a honra de viabilizar a realização do maior sonho do brasileiro, que é a conquista da casa própria, e assim, auxiliar na erradicação o déficit habitacional em nosso país. A CDL Santa Cruz do Capibaribe e a Câmara Setorial de Corretores Imobiliários parabenizam a todos os profissionais pelo seu dia.

GEPS realiza estudo sobre o crescimento do Empreendedor Individual em Pernambuco


Curso de Vitrinismo: Venha fazer a sua adesão na CDL Santa Cruz do Capaibaribe


Palestra sobre qualidade no ambiente de trabalho será ministrada em Santa Cruz do Capibaribe



Na próxima quarta-feira (29), os empresários, colaboradores e gestores de Santa Cruz do Capibaribe terão uma palestra voltada para qualidade no ambiente de trabalho, com foco nas cadeiras de costureiras. A palestra com o tema: ¨A importância da aplicação da ergonomia nos setores de produção das empresas¨ será ministrada pela Coordenadora Nacional de Saúde, segurança e Meio Ambienteno Trabalho da CONACCOVEST e Membro da Comissão Tripartite Permanente de Negociação da Indústria de Calçados de Birigui, Milene Rodrigues e Ricardo Serrano, ele que é ergonomista da Fundacentro de São Paulo.

Além dos palestrantes, representantes do Ministério do Trabalho estarão presentes. A palestra vai acontecer a partir das 19 horas, desta quarta-feira, na Câmara de Vereadores. O evento é uma promoção da CDL, Ascap, Sindcom, Ascont, Moda Center, Sescap e Senai convidam para palestra sobre a importância da Ergonomia nos setores de produção das empresas.

A palestra será gratuita e para você participar, precisa confirmar presença. Ligue para a CDL e confirme: (81) 3731-2850.

CDL Santa Cruz do Capibaribe aperfeiçoa mais uma turma de empreendedores



Uma parceria do SEBRAE com a CDL Santa Cruz do Capibaribe trouxe para a Capital das Confecções o Programa de aperfeiçoamento das características empreendedoras individuais, Empretec, desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (Onu). Esta semana a cidade vivencia a oitava turma com empreendedores, que certamente terão outra visão em suas empresas após o seminário.

O seminário visa estimular a criação e o desenvolvimento empresarial. O aperfeiçoamento das características empreendedoras é um fator determinante para o sucesso empresarial. Conhecer seu comportamento, identificar oportunidades e assumir riscos calculados são alguns dos aspectos abordados no programa EMPRETEC.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Rodada de Negócios da Moda Pernambucana



A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana está com tudo. O evento está em sua 14ª Edição e acontece em Caruaru, na área de eventos do Shopping Difusora. Cerca de 50% dos expositores são de Santa Cruz do Capibaribe. Na foto ao lado, as tendências do Verão 2013 já dão o ar da sua graça. Estampas grandes com cores que os estilistas apostam em cheio para a próxima estação. O azul é uma das cores que vai ser destaque!

Coordenadora estadual do Movimento Lojista Jovem visita CDL Santa Cruz do Capibaribe




Solidificar as CDLs jovens que já existem em Pernambuco e estimular a criação de outras entidades jovens. É com esse intuito que a coordenadora estadual do Movimento Lojista Jovem, Paula Costa, visitou Santa Cruz do Capibaribe e participou da reunião ordinária da CDL Jovem da Capital das Confecções, na tarde desta quinta-feira (23).

Na reunião Paula apresentou o papel dela enquanto coordenadora do Movimento Lojista Jovem dentro do Estado de Pernambuco e apresentou propostas para desenvolver  campanhas de âmbito nacional como o Dia da Liberdade de Impostos (DLI), Campanha do Trânsito – Não Morra no Trânsito, que já acontece em Santa Cruz do Capibaribe e uma nova campanha que o Movimento Lojista Nacional quer que todas as CDLs Jovens desenvolva em suas cidades, que é o Recicla CDL.

Paula falou da importância das ações desenvolvidas aqui na cidade e parabenizou a todos da diretoria pela forte atuação. “Hoje eu vim participar dessa reunião justamente para apresentar o que é o trabalho da coordenação estadual. A CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe saiu na frente das CDLs do Estado, com essa campanha do Trânsito que realiza aqui na cidade e serviu de exemplos para todas as outras CDLs, como a CDL Caruaru que se inspirou em Santa Cruz para implantar a campanha do Trânsito lá”, destacou a coordenadora.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

A nova realidade empresarial


Você não vai querer ficar de fora, ou vai? Invista na sua empresa coloque sua equipe para participar desse grande evento e se posicione no mercado para crescer!

Mais Informações (81) 3731-2850

Gastos da classe C com moda em 2012 devem superar A e B em R$ 10 bi

Fonte: G1 Economia

Os consumidores da classe C devem gastar com roupas e acessórios neste ano R$ 10,2 bilhões a mais do que as classes A e B juntas, segundo levantamento do instituto Data Popular divulgado nesta quarta-feira (22).


Os gastos da chamada nova classe média brasileira com moda devem somar R$ 55,7 bilhões em 2012, segundo a pesquisa, o que representa 46% do total. Já as classes A e B devem responder por 37,6% dos gastos, ou R$ 45,5 bilhões, e as classes D e E somará R$ 19,8 bilhões (16,4%) em compras relacionadas a moda.

Atualmente, a classe C representa 53,9% da população brasileira. O Data Popular considera como classe média as famílias com renda per capita entre R$ 291 e R$ 1.019.

Em 2011, os gastos da classe C com moda somaram R$ 52,8 bilhões. De acordo com o estudo, os consumidores da nova classe média ampliaram em 153,2% os gastos com moda em nove anos, de R$ 22 bilhões em 2002 para os R$ 55,7 bilhões previstos para 2012. Itaú

Por regiões, a nova classe média do Sudeste é a que mais gastará neste ano, respondendo por 48% do total estimado. O Nordeste aparece em seguida com 19%, superando o Sul (18%). O Centro Oeste deve contribuir com 7,9% e o Norte com 7,5% dos gastos.

A pesquisa mostra, entretanto, que a população das classes A e B é a que mais consome roupas: 29,3% afirmam comprar alguma peça pelo menos 1 vez por mês ou mais. Na classe C, esse percentual cai para 17%, mas 51% afirmam comprar pelo menos 1 vez a cada 3 meses.

O levantamento do Data Popular foi feito através do cruzamento de informações da Pesquisa de Orçamento Familiar (FOP) e da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (PNAD).

CDL em Ação


No programa CDL em Ação de hoje, Elinaldo vai conversar com o Dr. José Américo, advogado contratado pela Câmara Setorial dos Atacadistas Têxteis da CDL, sobre a Central de Conciliação criada recentemente no Fórum de Santa Cruz.

Ainda no programa, uma matéria sobre o workshop “A nova realidade empresarial” que será realizado pela CDL nos dias 5 e 6 de setembro.

O CDL em Ação também vai conversar com Isac Almeida sobre Certificação Digital.

Não perca! Daqui a pouco na Comunidade FM: comunidadefm.com

Produção de Betto Aragão.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

CDL irá promover workshop com foco na nova realidade empresarial


Você que deseja participar de um evento cheio de inovações para a sua empresa, não pode ficar de fora do Workshop “A Nova Realidade Empresarial”, que a CDL Santa Cruz do Capibaribe estará realizando em setembro. Serão dois dias (5 e 6) de muito aprendizado, onde quatro consultores estarão ministrando palestras com foco no âmbito empresarial.

Não perca tempo, pois as vagas são limitadas. O evento vai acontecer no Teatro Municipal e para participar procure a Consultora de Eventos da CDL Santa Cruz do Capibaribe, Edquele Araújo, e faça a sua adesão. Se a sua empresa é associada, você vai pagar apenas 60 reais por pessoa, mas se você não é associado, o valor pago será de 80 reais.

Não importa o valor a ser pago, o que vale mesmo é o aprendizado que você terá para implantar na sua empresa.

Ligue para a CDL ou nos faça uma visita. Teremos o maior prazer em recebê-lo para que você adquira o seu passaporte para o Workshop!

Mais informações (81) 3731-2850 

Rodada de Negócios da Moda Pernambucana começa hoje em Caruaru


25% dos empresários tomam crédito para o negócio como pessoa física

Fonte: Folha.com

Um quarto dos 846 mil empresários que usam cooperativas de crédito no país contratam empréstimos como pessoa física, mas utilizam os recursos obtidos nos financiamentos para as empresas.


São, em sua maioria, microempreendedores e empreendedores individuais que buscam juros menores, menos burocracia e muitas vezes têm dificuldade de separar a contabilidade pessoal dos negócios da empresa.

As cooperativas de crédito são formadas por uma sociedades de pessoas, sem fins lucrativos e fiscalizadas pelo BC. Cobram juros mensais que variam de 1% a 6%.

Os dados constam de uma pesquisa com 235 das 495 cooperativas de crédito existentes no país, feita pelo Sebrae em parceria com a OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) e o BC. Serão apresentados hoje durante o 9º Congresso Brasileiro de Cooperativismo de Crédito.

Segundo técnicos do setor, é necessário reforçar a educação financeira na busca do crédito para evitar que os empresários corram riscos ao contrair empréstimos como pessoa física e usá-los como pessoa jurídica.

EXPOR O PATRIMÔNIO

Um dos riscos é, por exemplo, colocar o patrimônio pessoal como garantia do empréstimo para a empresa.

Seis em cada dez empresas que fecham as portas perdem recursos e parte dos empreendedores não consegue recuperar o investimento, segundo dados do Sebrae SP.

"É preciso facilitar ainda mais o acesso ao crédito, um dos maiores obstáculos ao crescimento dos pequenos negócios no país. As cooperativas pesquisadas atendem em média 7.638 cooperados. Dois terços deles são micro e pequenas empresas, empreendedores individuais, produtores rurais e profissionais liberais", diz Carlos Alberto dos Santos, diretor-técnico do Sebrae nacional.

Em sua opinião, obter empréstimo como pessoa física e usá-lo como pessoa jurídica abre uma discussão sobre a necessidade de criar produtos e serviços mais adequados a pequenas empresas.

O empresário Walter Wolmeister, sócio de uma empresa de terraplanagem do sul do país, diz que os juros na cooperativa de crédito em que participa são, em média, 20% a 30% menores do que os do mercado, razão que o leva a participar da Sicredi Pioneira RS, a primeira cooperativa de crédito do Brasil.

Sérgio Luiz Viott, presidente da Credlojista (Cooperativa de Crédito dos Lojistas do Distrito Federal), diz que há espaço para criar novos serviços e atrair associados para as cooperativas. "Nosso setor ainda recorre aos bancos. Mas, com taxas melhores, pode optar pela cooperativa."

Curso de Vitrinismo: Venha fazer sua inscrição na CDL Santa Cruz do Capibaribe


ECOM 2012 chega a Recife


Moda do Agreste de olho no mercado externo

Fonte:  JC Online


O polo têxtil do Agreste está com as portas abertas para o mercado estrangeiro. Na 14ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana, desta quarta-feira (22) até a próxima sexta-feira (24), empresários de Cabo Verde, Angola e do Panamá vão conhecer criações da moda nordestina.

Em três dias de evento, cerca de 120 expositores devem fechar negócios com cerca de 500 compradores de todo o País, que devem movimentar cerca de R$ 22 milhões. De acordo com a organizadora da feira, a Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), o evento é a principal oportunidade de negócios da moda no Nordeste. Na 13 edições anteriores, a rodada gerou quase R$ 100 milhões em vendas.

Cerca de 4,5 mil produtos estarão em exposição, divididos nos segmentos de moda masculina, feminina, infantil, jeanswear, moda íntima, surfwear, streetwear e praia & fitness. O carro-chefe do evento continua a ser o jeans.

A rodada acontece no Espaço de Eventos do Shopping Difusora, em Caruaru, das 9h às 19h.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

CDL é ponto de arrecadação da Campanha "Todos com a Nota" do Espaço Ampliando Saberes


O Espaço Ampliando Saberes (EAS) é uma ONG sem fins lucrativos que atualmente participa da campanha " TODOS COM A NOTA", que incentiva o cidadão a fazer valer o seu direito (e dever) de exigir Notas e Cupons Fiscais ao realizar compras em qualquer estabelecimento.

O EAS concorre nesta campanha com outras instituições com iniciativas parecidas no estado de Pernambuco. A Instituição com maior perce
 ntual de impostos arrecadados (de acordo com as notas fiscais arrecadadas) pode ser gratificada com prêmios de diversos valores para serem aplicados aos projetos sociais a que se destinam.

Conheçam e divulguem o EAS e a sua proposta inovadora na cidade de Santa Cruz do Capibaribe! 

As urnas estarão espalhadas em diversos estabelecimentos da cidade para a coleta. 

Portanto, a partir de agora, junte suas notas com datas a partir de 1 de julho de 2012 e entregue nos pontos de coleta. 

As crianças, adolescentes e equipe de profissionais do EAS agradecem a todos que acreditarem e abraçarem esta causa, que é de cada um de nós, cidadãos!

Convoco a sociedade santacruzense a abraçar esta causa e os estabelecimentos comerciais a se voluntariarem para a obtenção das urnas. 

Seja Nota 10 em SOLIDARIEDADE! 

Seja um "doador de notas".

CONTRIBUIÇÃOO espaço necessita da contribuição da sociedade civil para ampliar sua estrutura. Para mais informações sobre como contribuir com o Espaço, entre em contato pelos telefones    (81) 3705-1534 (81) 9712-4854 .

Caixa econômica/ Ag: 1038/ Op: 003/ Conta 1271-2               

O Espaço Ampliando Saberes funciona na Rua Amélia Cintra Pontes nº 39, no Bairro do São Jorge, em Santa Cruz do Capibaribe.

Ergonomia será tema de palestra em Santa Cruz do Capibaribe. Participe! É totalmente gratuito



Artigo



Evite que o emprego dos sonhos fuja de suas mãos
Por: Evaldo Costa

Qual é o jovem que não sonha em trabalhar em uma grande organização, como Microsoft, Apple, Petrobrás, Vale do Rio Doce, Embraer, CSN, entre tantas outras?

Naturalmente, conseguir uma boa colocação nas grandes empresas não é tarefa fácil, no entanto, se manter nele pode ser um desafio maior ainda.

Então, assim que você começar a trabalhar em sua nova função, esteja certo de que venceu apenas a primeira etapa de um desafio de dois tempos: a contratação e a efetivação. O destino do profissional recém admitido normalmente é selado nos primeiros 90 dias. O seu comportamento e desempenho neste tempo pode levá-loao sucesso ou fracasso.

Considere que durante os primeiros meses você está menos informado sobre o seu novo ambiente, a cultura da empresa, comportamento dos clientes, fornecedores, novo chefe, colegas, subordinados diretos e até mesmo os vendedores estarão observando cada movimento seu.

Eles estão julgando como você vai se ajustar, como suas ações irão afetá-los e haverá até quem aposte contra e a favor doseusucesso. Os acionistas pensam alinhados com Abrahan Lincoln e consideram que "O homem que trabalha pelo que ganha, não merece ser pago pelo que faz." Em síntese, os holofotes da organização estarão vigilantes.

Portanto, você estará mais propenso a cometer erros que podem ter um impacto duradouro sobre a sua capacidade de gerenciar e liderar. Sendo assim, como agir para ser bem sucedido no novo desafio? Para vencer a segunda fase, você deverá agir de forma sensata, direcionada e inteligente.
Deve observar bastante, perguntar sempre e ouvir com atenção a opinião dos seus pares,quando estiver diante de uma decisão. Sempre há um líder com maior influência,você não deve ignorá-lo, nem se aproximar muito.

Esteja convencido de que o bom relacionamento com os superiores e a forma como interagir com a equipe será sempre valioso para ganhar a confiança e simpatia dos líderes e liderados. O desempenho técnico de suas atividades não deve ser o maior problema.Jáas ações psicológicas e emocionais contarão mais, merecerão maior atenção e por isso consumirão muita energia.

Você dará o melhor de si e obterá fluidez de seu trabalho estando em seu melhor estado mental.Neste contexto, é preciso considerar que não há nenhuma zona para novas atividades em sua mente. Então, quando você inicia uma nova tarefa, você não vai encontrar resposta e terá que recorrer ao feeling que se encontra no subconsciente do cérebro.

Considerando que as emoções impactarão as suas ações, faça algo para que o seu cérebro trabalhe para ajudá-lo a construir o seu sucesso na nova função. Você conseguirá isso buscando um ambiente adequado para relaxar e refletir sobre as suas atividades e fatos ocorridos durante o expediente.

Dai encontrar um local adequado e exercitar serásine qua non. Caso não tenha possibilidade de fazê-lo, por exemplo, durante o intervalo de almoço, poderá aproveitar a noite em casa, recorrendo a boas leituras, ouvindo músicas de relaxamento ou qualquer outra atividade que o deixe de bom humor e com as “baterias” recarregadas para a próxima jornada.

Finalmente, haja alinhado com as sábias palavras de John Wooden:"Preocupe-se mais com seu caráter do que com sua reputação, porque o seu caráter é o que você é, e sua reputação é o que os outros pensam o que você é."

Pense nisso e ótima semana,

Evaldo Costa
Escritor, conferencista e Diretor do Instituto das Concessionárias do Brasil
Siga no Twitter/LikedIn/Facebook/Orkut: evaldocosta@icbr.com.br