Topo

Topo

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Participe da Pedalada pela Paz


Palestras de Alto Impacto com Eugênio Sales



Notícia mais vista no mês de maio, no Blog da CDL

CDL Santa Cruz do Capibaribe reúne designers da cidade para criar mais uma Câmara Setorial



Descentralizar as ações desenvolvidas pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz do Capibaribe é o intuito da entidade, ao criar as Câmaras Setoriais dos segmentos lojistas que atuam no comércio do município. Na última sexta-feira (24), o presidente da CDL, Fábio Lopes, e o Diretor de Empreendedorismo e Desenvolvimento, Bruno Bezerra, estiveram reunidos com alguns dos designers da cidade, a fim de apresentar a proposta da criação de mais uma Câmara Setorial, na qual englobe este segmento de prestadores de serviços da cidade.

Banco Central recolheu quase 100 mil cédulas falsas este ano

Fonte: Unicred Empresarial

O Banco Central (BC) já recolheu este ano, até abril, 96.464 cédulas de real falsificadas. A maior parte delas no Rio de Janeiro (26.055) e São Paulo (10.707). Em todo o ano passado, foram tiradas de circulação 509.597, no país.

Depois de receber notas falsas, a comerciante  Rita Maria Pereira da Cruz, 31 anos, chegou a comprar um aparelho que identifica notas falsas, mas quase não usa o instrumento porque demora para ligar e “atrasa o serviço”. Ela contou que recebeu notas falsas de R$ 100, R$ 50 e R$ 10 na lanchonete dela, que só aceita dinheiro como meio de pagamento. Rita ressaltou que as notas falsas são recebidas quando há muito movimento na lanchonete e assim não consegue “dar muita atenção a detalhes” do dinheiro.

O taxista Raimundo Nonato, 50 anos, também enfrenta o problema no dia a dia e, na pressa de  guardar a nota e entregar o troco rapidamente para os clientes, por questões de segurança, não consegue avaliar as notas que recebe. Ele já recebeu uma nota falsa de R$ 10.

De acordo com os dados do BC, a maior parte das cédulas recolhidas são dos valores maiores. Neste ano, até abril, o maior número de notas falsificadas recolhidas foi de R$ 50, no total de 23.013 cédulas, no país. Também há muito registro de notas falsas de R$ 100 da primeira (21.849) e da segunda família do real (21.690).

No site, do BC há orientações sobre como verificar se o dinheiro recebido é falso. Segundo o BC, ninguém é obrigado a receber notas falas. Caso, haja desconfiança sobre a cédula é possível recusar o recebimento. A orientação para quem já recebeu um nota suspeita de ser falsa é entreguar o dinheiro em uma agência bancária que vai encaminhar a cédula para a análise do BC. Não há troca por notas verdadeiras, de acordo com o BC.

Também é possível conferir, pela internet, o andamento da análise das cédulas encaminhadas, com o número do CPF e data de nascimento no caso de pessoas físicas ou CNPJ e CPF do responsável para as empresas.

CDL e Sociedade Musical Novo Século juntas proporcionando cultura à população




Para comemorar os seus 20 anos de atuação, a CDL Santa Cruz do Capibaribe, em parceria com a Banda Novo Século, realiza no próximo domingo, dia 2, às 20 horas, no Teatro Municipal, o segundo Concerto Musical, com a participação do músico Rubinaldo Catanha. A entrada é franca.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Palestra gratuita. Ligue para a CDL e confirme a sua participação. Vagas limitadas!

Biblioteca do Conhecimento realiza palestra sobre o Empreendedor Individual em Santa Cruz do Capibaribe




Entender sobre a dinâmica do Microempreendedor Individual (MEI) é uma tarefa onde tem muitas entidades envolvidas para propiciar aos pequenos comerciantes sobre a importância da formalização de um pequeno negócio. Na última semana, a Biblioteca Indústria do Conhecimento de Santa Cruz do Capibaribe apresentou uma palestra sobre o tema, com o Consultor José Roseno, em parceria com o SEBRAE, e contou com a presença de cerca de 40 pessoas.

De acordo com o Consultor, o público da cidade é muito atencioso e participativo. "Fiquei muito feliz, pois foi o grupo mais coeso e participativo que já ministrei palestra", comentou. Já o participante Márcio Agostinho destacou que a palestra foi uma ótima oportunidade para adquirir conhecimento. "A palestra pra mim foi uma ótima oportunidade de esclarecer várias dúvidas a respeito do Empreendedor Individual", disse.

Segundo a Coordenadora da Biblioteca, Eronilda Paiva, várias ações têm sido realizadas com o apoio do SEBRAE. “Além das palestras mensais que temos aqui na Biblioteca, estamos realizando ações junto às escolas com os alunos do ensino médio com o tema empreendedorismo que também são ministradas com os consultores do SEBRAE com direito a certificados para os participantes”, relatou Eronilda.


A Biblioteca do Conhecimento de Santa Cruz do Capibaribe foi implantada na cidade através de uma parceria da empresa Rota do Mar e SESI, com total apoio da CDL local.

Confiram mais imagens da palestra:






Programa CDL em Ação


No Programa CDL em Ação desta semana, o Consultor e Palestrante, Eugênio Sales, foi o entrevistado e falou sobre a importância da motivação dos colaboradores em uma empresa. Na série de bate-papo sobre os serviços do SPC Brasil, oferecidos pela CDL, a Consultora Comercial, Ana Wládia, falou da grandiosidade do SPC Max e tivemos a estreia do quadro Notícias CDL, com a jornalista Elaine Dias.

Você que perdeu o Programa CDL em Ação desta quinta-feira (30), na Comunidade FM, não se preocupe que nós da CDL disponibilizamos ele na íntegra no link abaixo. Clique e ouça!


Assembleia Geral da CDL Santa Cruz do Capibaribe discute melhoria para a cidade


A noite desta quarta-feira (29) foi marcada por mais uma assembleia geral da CDL Santa Cruz do Capibaribe, onde na oportunidade os diretores da entidade reuniram-se para discutir ações pontuais para propiciar o crescimento contínuo da CDL da Capital das Confecções, instituição cedelista que mais cresce em todo Estado de Pernambuco.


Um dos assuntos principais foi a reforma da entidade, que tornou-se em um Centro Empreendedor no município, comportando outras entidades como SINDILOJA, JUCEPE e UNICRED Empresarial, possibilitando ao empresário da cidade uma maior comodidade e rapidez quando buscam estes serviços.



quarta-feira, 29 de maio de 2013

Palestra gratuita. Ligue para a CDL e confirme a sua participação. Vagas limitadas!


Realização Cultural





Para comemorar os seus 20 anos de atuação, a CDL Santa Cruz do Capibaribe, em parceria com a Banda Novo Século, realiza no próximo domingo, dia 2, às 20 horas, no Teatro Municipal, o segundo Concerto Musical, com a participação do músico Rubinaldo Catanha. A entrada é franca.


Empreendedorismo é disciplina obrigatória no nível técnico

Fonte: Agência SEBRAE

A partir do próximo semestre, estudantes de 15 cursos da rede pública de ensino técnico passam a ter a disciplina de empreendedorismo em seus currículos. A medida é resultado de acordo de cooperação técnica entre o Sebraee o Ministério da Educação, que cria no país o Pronatec Empreendedor, assinado nesta terça-feira (28), durante o Encontro Nacional de Educação Empreendedora, em Brasília. A meta é chegar a cerca de 1,5 milhão de estudantes de todo o país. A parceria prevê também a capacitação de sete mil professores até 2014 e a oferta de aproximadamente mil bolsas de estudo para os professores interessados em cursos de especialização e/ou mestrado em educação empreendedora.
A assinatura do convênio contou com a presença do vice-presidente da República, Michel Temer, do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e do presidente do Sebrae, Luiz Barretto. Temer destacou que a parceira incentiva o ensino técnico e o crescimento econômico do país. “O Sebrae se junta ao Ministério da Educação para cuidar do empreendedorismo. O Sebrae caminha cada vez mais para ajudar no desenvolvimento do país”, afirmou.
Com essa iniciativa, o Ministério da Educação agrega ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) a perspectiva do autoemprego, além do desenvolvimento de competências empreendedoras, fundamentais tanto para a vida pessoal quanto profissional. O acordo prevê a construção de saberes para o desenvolvimento de competências ligadas, entre outros aspectos, à aplicação de conceitos e princípios de gestão e à percepção e análise de condições de oportunidade de mercado. “Essa parceria com o Sebrae é muito importante. Nós precisamos criar uma cultura empreendedora nos jovens. Isso aumenta a produtividade, a cultura de inovação e a competitividade no Brasil”, destacou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.
“Empreendedorismo na educação significa valorizar os processos educacionais que estimulam o desenvolvimento do ser humano em todas as suas dimensões, de forma que ele possa contribuir com ideias para o mundo dos negócios e para o ambiente em que está inserido”, afirmou o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. “O comportamento empreendedor é útil para quem vai ter o próprio negócio ou para quem vai trabalhar em uma empresa. O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e globalizado, exige trabalhadores bem qualificados, mas que tenham um diferencial”, completou.
Rodrigo de Oliveira
Vice-presidente da República, Michel Temer
Vice-presidente da República, Michel Temer
 O Sebrae será responsável pela capacitação dos professores, que será realizada via internet, durante quatro semanas, com duração total de 32 horas. Capacitados, os professores poderão aplicar a disciplina nas salas de aula. Será oferecida uma disciplina de empreendedorismo que terá até 52 horas de duração. A matéria será obrigatória e fará parte do currículo de 15 cursos, entre eles cabeleireiro; cuidador de idoso; promotor de vendas; montador e reparador de computadores e técnico em informática.
Dentre as principais competências a serem desenvolvidas durante a disciplina estão: compreender o mercado de trabalho e o mundo do trabalho para o desenvolvimento do seu projeto de vida; identificar os tipos de empreendedorismo e suas características; reconhecer a importância do desenvolvimento de atitudes empreendedoras para o seu projeto de vida e desenvolver um plano de vida e carreira.
Fases
O Pronatec Empreendedor terá três etapas. A primeira é a de sensibilização, com objetivo de mobilizar estudantes, educadores e instituições de ensino para a temática do empreendedorismo. Para isso, serão disponibilizados pelo Sebrae materiais de divulgação como cartilhas, publicações, vídeo, banners, entre outros.
A próxima fase é a capacitação de estudantes e professores, passo em que ocorre o ensino da disciplina e a oferta de especialização ou mestrado na área de Educação Empreendedora para os docentes. Por último, haverá uma premiação para ações de discentes, educadores e instituições que apresentarem bons relatos e experiências resultantes de atividades de empreendedorismo.
Durante o processo de implantação do Pronatec Empreendedor, cerca de dois mil professores, em um primeiro momento, serão capacitados para o ensino da disciplina de empreendedorismo a um grupo de cem mil estudantes de todo o Brasil. E a expectativa é que, até 2014, outros cinco mil professores sejam habilitados para orientar mais de 1,5 milhão de estudantes.
Pronatec
Criado em outubro de 2011, o Pronatec tem como objetivo principal expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) para a população brasileira. Para isso, prevê subprogramas, projetos e ações de assistência técnica e financeira que, juntos, oferecerão oito milhões de vagas a brasileiros de diferentes perfis até 2014. Os subprogramas proporcionam formação para o trabalho a adolescentes, jovens e adultos nas redes estaduais e federais de nível médio  de Educação Profissional e Tecnológica (EPT), além do Sistema Nacional de Aprendizagem (SNA).

De olho no PIB, Copom define nova taxa de juros nesta quarta-feira

Fonte: G1

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reúne nesta quarta-feira (29) para definir os juros básicos da economia brasileira, atualmente em 7,5% ao ano, e a expectativa da maior parte dos economistas do mercado financeiro é de um aumento de 0,25 ponto percentual, para 7,75% ao ano.
Parte dos economistas, no entanto, tem a expectativa de uma alta maior: para 8% ao ano, ou seja, de 0,5 ponto percentual nesta semana. A curva de juros do mercado futuro, que reflete a aposta dos bancos para a taxa Selic, já reflete, inclusive, um aumento mais forte dos juros básicos nesta semana, justamente para 8% ao ano.
A reunião do Copom terminará após as 18h desta quarta-feira. Normalmente, o novo patamar dos juros é anunciado por volta das 20h.
Selic 7,5% matéria (Foto: Editoria de Arte/G1)
Cenário complicado

Segundo economistas, o cenário para o Banco Central ainda continua complicado, visto que ainflação não tem recuado da maneira esperada e ainda há dúvidas sobre o crescimento da economia internacional e doméstica – e seu subsequente impacto nos preços.

"A queda da inflação no atacado ainda não se traduziu em recuo mais abrupto no varejo. Isso não apareceu nada na ponta [para o consumidor]. Espera-se que em junho tenha deflação de alimentos no IPCA. Pode acontecer", avaliou Rodrigo Melo, da Mauá Investimentos.
Em sua visão, o resultado do PIB do primeiro trimestre, que será divulgado na manhã desta quarta-feira (29), no mesmo dia do Copom, deve ter impacto na decisão do Banco Central.
"Se vier um PIB muito ruim, com alta 0,5% a 0,6% [no primeiro trimestre, frente aos três últimos meses do an passado] está ok para o mercado [aumentar os juros em 0,25 ponto, para 7,75% ao ano]. Se confirmar 1% [conforme a prévia do PIB do BC], fica mais tranquilo a entregar o 0,5 ponto de aumento, para 8% ao ano", declarou o economista.
Ele observou que o aumento de gastos públicos, sinalizado na revisão do orçamento deste ano, e a alta do dólar, atualmente oscilando ao redor de R$ 2,05, tornam mais difícil o controle da inflação, além do mercado de trabalho ainda estar aquecido. "Precisa ter um pouco de desemprego para deixar de pressionar os salários", avaliou.
Sistema de metas e objetivo do BC

Pelo sistema de metas que vigora no Brasil, o BC tem de calibrar os juros para atingir as metas pré-estabelecidas, tendo por base o IPCA. Para 2013 e 2014, a meta central de inflação é de 4,5%, com um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Desse modo, o IPCA pode ficar entre 2,5% e 6,5% sem que a meta seja formalmente descumprida.

Entretanto, o próprio Banco Central tem previu, no relatório de inflação divulgado no fim de março, um IPCA próximo de 6% neste ano. Os dados mostram que a instituição manteve a taxa básica de juros inalterada na mínima histórica, em 7,25% ao ano desde outubro do ano passado, elevando-a somente em abril, mesmo com a deterioração do cenário de inflação registrado no primeiro trimestre deste ano.
"No dicurso, eles falam em inflação mais baixa a partir do segundo semestre. Antes, diziam que seria abaixo do ano passado [5,84%], mas eles retiraram isso. Eles querem que a inflação desacelere no segundo semestre e assim continue no ano que vem, mas não te dão o nível. É uma convergência [para a meta central de 4,5%] mais gradual do que o mercado gostaria", avaliou Rodrigo Melo.
Discurso do BC

Para o economista da Mauá Investimentos, o discurso do presidente da autoridade monetária,Alexandre Tombini, de que a instituição está “vigilante” e fará o que for “necessário” para reduzir a inflação no segundo semestre deste ano representa um endurecimento, o que pode sinalizar uma alta maior, de 0,5 ponto percentual nos juros nesta semana, para 8% ao ano.

"Aumentou o tom. É uma linguagem mais dura. Mas há diretores, como o Luiz Awazu [Assuntos Internacionais] e o Aldo Mendes [Política Monetária] que parecem pender para o outro lado [de um aumento menor, de 0,25 ponto]. Isso deixa a porta aberta [para o BC tomar a decisão que quiser]", avaliou Rodrigo Melo, da Mauá Investimentos.

Governo diz que inflação cederá nos próximos meses

Fonte: Agência Brasil

A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, declarou hoje (28) que a inflação cederá nos próximos meses. Segundo a ministra, é prioridade da presidenta Dilma Rousseff garantir o crescimento do investimento público e privado, com controle da inflação. Para Miriam, "é possível ter as duas coisas" (crescimento e controle da inflação).

Ela disse acreditar que a meta do governo de crescimento de 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano pode ser cumprida. Miriam Belchior argumentou que a pressão inflacionária tem causas externas e, por isso, a alta nos preços deve dar uma trégua. "Se não fosse por um choque externo de alimentos, estaríamos no centro da meta", disse.
A avaliação da ministra é que a inflação cederá. "De qualquer forma o governo está atento. O controle da inflação é preocupação absoluta da presidenta [Dilma Rousseff] e toda sua equipe de governo”. Miriam Belchior deu as declarações em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento do Congresso para tratar da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o período de 2014.
Segundo a ministra, a execução das duas etapas do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) e as concessões para infraestrutura de portos, aeroportos e ferrovias mostram o compromisso do governo com investimentos. “Ao contrário do que alguns insistem, o PAC tem uma execução bastante elevada. Nós executamos 94,1% dos recursos do PAC 1, lançado em 2010. Do PAC 2, até dezembro do ano passado, executamos 48%, que é mais ou menos a metade dos recursos na metade do tempo de execução”, disse. “Além do investimento público, há uma série de medidas para alavancar o investimento privado”. Miriam Belchior citou como exemplo as desonerações concedidas ao setor privado.
A LDO para o ano de 2014 estima crescimento de 4,5% para o Produto Interno Bruto (PIB) e variação de 4,5% da inflação oficial, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Também estabelece um salário mínimo de R$ 719,48 contra os R$ 678 atuais. O projeto que será apreciado pelo Congresso prevê ainda possibilidade de abatimento de R$ 67 bilhões da meta de 167,4 bilhões do superávit primário (economia para pagar os juros da dívida) para investimentos do PAC e desonerações de tributos.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Fiepe elabora proposta de política industrial para o Estado

A contribuição da Fiepe para a implantação de uma política industrial de Pernambuco será feita a partir de um detalhado estudo que contará com entrevistas a empresários, público e autoridades e também Governo do Estado, que sinalizou nesta segunda-feira (27) seu apoio ao trabalho. O projeto foi apresentado ao governador Eduardo Campos, pelo presidente da Federação, Jorge Côrte Real, o vice Ricardo Essinger e o diretor-financeiro, Felipe Coêlho.
Durante a reunião, na sede do governo estadual,  no Centro de Convenções, os representantes da FIEPE detalharam os objetivos do trabalho, que passam pela articulação da indústria existente no Estado aos novos empreendimentos; redução dos gargalos de infraestrutura; o enfrentamento às dificuldades com qualificação da mão-de-obra e apoio ao empreendedorismo.
“Queremos colocar a indústria na pauta do planejamento estratégico do Estado”, ressaltou Côrte Real. O trabalho conta com a consultoria da empresa Ceplan, com acompanhamento da economista e professora Tânia Bacelar. “Além do pioneirismo da Fiepe na construção de uma política industrial para o Estado, temos que ressaltar a sintonia dessa política com o cenário nacional”, afirmou Bacelar.
Nordeste – Apontado como o mais detalhado diagnóstico sobre a logística da região, o projeto Nordeste Competitivo – desenvolvido pela CNI, com apoio das federações estaduais – foi entregue ao governador Eduardo Campos. O estudo indica os problemas com transporte de carga nos nove estados nordestinos, e o impacto disso na produção.  O custo com logística chegou a R$ 30,2 bilhões, em 2010, ou seja, 6% do PIB da região, informou Olivier Girard, da Macrologística, consultoria que desenvolveu a pesquisa.
O governador Eduardo Campos parabenizou a iniciativa propositiva da Federação e se comprometeu em agendar reunião técnica para integração dos trabalhos com outros já desenvolvidos pelo Governo do Estado, entre eles o planejamento estratégico de longo prazo para Pernambuco. “E essa contribuição da Fiepe será importantíssima nessa construção”, afirmou.

Oficina gratuita “Sei Comprar” será ministrada nesta terça-feira


O Moda Center Santa Cruz realiza nesta terça-feira (28) a oficina “Sei Comprar”. Parte do programa SEI (Sebrae Para Empreendedores Individuais), a oficina visa ensinar os pequenos confeccionistas a fazer compras planejadas; selecionar, criteriosamente, o que deverá ser comprado, objetivando melhores resultados; além de abordar importantes técnicas para obter bons preços e prazos com foco no processo ganha-ganha.

A oficina “Sei Comprar” acontecerá no auditório do Moda Center, no horário das 14h às 17h. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (81) 3759-1018 ou pessoalmente no SAC (Setor de Atendimento Ao Condômino). As vagas são limitadas.

Comunicado do SINDILOJA Santa Cruz do Capibaribe


O SINDICATO DAS EMPRESAS NO COMÉRCIO DE BENS E SERVIÇOS DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE (SINDILOJA) e a CDL – SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE em conjunto com a FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO ESTADO DE PERNAMBUCO (FECOMERCIO), informam que o dia em que se comemora o CORPUS CHRISTI (dia 30 de maio de 2013) é considerado FERIADO RELIGIOSO, mas NÃO está incluso no rol dos feriados constantes na Lei n°10.607/2002 (LEI QUE REGULAMENTA OS FERIADOS NACIONAIS).

Desta forma, no caso das grandes cidades do Estado de PE, o dia de CORPUS CHRISTI NÃO É FERIADO, visto que ainda não há legislação Municipal/ Estadual que discipline tal matéria.  Os Poderes Executivos poderão estabelecer ponto facultativo, porém, restrito aos órgãos públicos, não se aplicando às atividades privadas, que PODERÃO FUNCIONAR NORMALMENTE neste dia.

Concerto da Sociedade Musical Novo Século


No dia 2 de junho, a Sociedade Musical Novo Século estará apresentando mais um grande Concerto.no Teatro Municipal, a partir das 20 horas. O Concerto vai contat com a participação mais que especial músico, solista, arranjador e compositor "Rubinaldo Marques de Melo (Rubinaldo Catanha), traz uma linda obra do Antonio Vivaldi para Violão e adaptada de orquestra para banda de música. Estará maravilhoso, pois é a primeira vez que a nossa banda realiza um concerto com violão e prata da casa. O evento conta com patrocínio da CDL da cidade, onde na oportunidade será alusivo ao aniversário da CDL Santa Cruz do Capibaribe.

Rubinaldo Marques de Melo, é natural de Santa Cruz do Capibaribe, desde cedo iniciou na música. Defendeu a bandeira Novo Século por mais de 20 anos. Estudou conservatório e tocou entre grandes nomes do violão. Foi Maestro da Sociedade Musical Novo Século por mais de 20 anos, respeitosamente. Participou de Festivais e vive intensamente suas atividades como Solista, Arranjador e Compositor. Agradeço a todos desde já pelo carinho e atenção.

Em Caruaru, Secretaria da Fazenda lança nova ferramenta de operação

Fonte: Jornal Extra de Caruaru

Os prestadores de serviços que realizam operações através do sistema do Imposto Sobre Serviços (ISS) terão um facilitador a partir de 1° de julho. A Prefeitura de Caruaru está aderindo ao “Aceite” para notas fiscais de serviço. Com essa ferramenta o prestador de serviço lança a nota com a descrição da atividade e o valor, que serão lançados automaticamente para o tomador do serviço, este poderá aceitar a nota sem precisar descrever todas as informações novamente. Assim, a escrituração será mais rápida, simples e econômica.
Até iniciar o novo procedimento a população será informada através de uma mensagem no GissOline, o sistema de lançamento de nota. Quem quiser mais informações pode se dirigir ao atendimento da Secretaria da Fazenda Municipal, na avenida Rio Branco, 312, Centro.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

CDL Santa Cruz do Capibaribe reúne designers da cidade para criar mais uma Câmara Setorial



Descentralizar as ações desenvolvidas pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz do Capibaribe é o intuito da entidade, ao criar as Câmaras Setoriais dos segmentos lojistas que atuam no comércio do município. Na última sexta-feira (24), o presidente da CDL, Fábio Lopes, e o Diretor de Empreendedorismo e Desenvolvimento, Bruno Bezerra, estiveram reunidos com alguns dos designers da cidade, a fim de apresentar a proposta da criação de mais uma Câmara Setorial, na qual englobe este segmento de prestadores de serviços da cidade.

Mercado prevê mais inflação e crescimento menor do PIB em 2013

Fonte: G1

Os economistas do mercado financeiro baixaram, na semana passada, sua estimativa para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2013, ao mesmo tempo em que elevaram sua previsão de inflação para este ano, informou o Banco Central nesta segunda-feira (27), por meio do relatório de mercado, também conhecido como Boletim Focus.

O documento é fruto de pesquisa com mais de 100 instituições financeiras.
Para a expansão do PIB de 2013, a estimativa dos analistas do mercado recuou de 2,98% para 2,93%. Foi o segundo recuo consecutivo do indicador. Para 2014, a previsão de crescimento da economia brasileira permaneceu estável em 3,50%.
IBGE informou, em março, que o PIB de 2012 avançou somente 0,9%, no pior desempenho desde 2009. Para este ano, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que vinha prevendo expansão superior a 4%, revisou sua estimativa para um crescimento de 3% a 4% em 2013.
Na última semana, na divulgação da revisão do orçamento de 2013, a previsão do governo para o crescimento da economia neste ano foi mantida em 3,5% - a mesma da Lei de Diretrizes Orçamentárias, divulgada em março. Entretanto, Mantega afirmou que o número pode recuar no futuro, dependendo do resultado do PIB do primeiro trimestre, que será divulgado na próxima quarta-feira (29) pelo IBGE.
Inflação e juros
Para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que serve de referência para o sistema de metas de inflação, a estimativa do mercado financeiro para este ano subiu de 5,80% para 5,81%. Para 2014, a previsão do mercado permaneceu inalterada em 5,80%.

Pelo sistema de metas que vigora no Brasil, o BC tem de calibrar os juros para atingir as metas pré-estabelecidas, tendo por base o IPCA. Para 2013 e 2014, a meta central de inflação é de 4,5%, com um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Desse modo, o IPCA pode ficar entre 2,5% e 6,5% sem que a meta seja formalmente descumprida.
O mercado financeiro também manteve, na semana passada, a estimativa de que o BC subirá os juros básicos da economia, atualmente em 7,5% ao ano, para 7,75% ao ano, nesta quarta-feira, quando termina a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) da autoridade monetária - responsável por fixar a taxa de juros.
A elevação dos juros prevista para esta semana, portanto, é de 0,25 ponto percentual. Para o fim de 2013, a previsão dos analistas dos bancos para a taxa de juros permaneceu em 8,25% ao ano e, para o fechamento de 2014, avançou de 8,25% para 8,5% ao ano.
Câmbio, balança comercial e investimentos estrangeiros
Nesta edição do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2013 subiu de R$ 2,02 para R$ 2,03 por dólar. Para o fechamento de 2014, a estimativa dos analistas dos bancos para o dólar avançou de R$ 2,06 para R$ 2,07.

A projeção dos economistas do mercado financeiro para o superávit da balança comercial (exportações menos importações) em 2013 caiu de US$ 9,05 bilhões para US$ 8,3 bilhões na semana passada. Para 2014, a previsão de superávit comercial subiu de US$ 10 bilhões para US$ 10,4 bilhões na última semana.
Para 2013, a projeção de entrada de investimentos no Brasil ficou inalterada em US$ 60 bilhões. Para 2014, a estimativa dos analistas para o aporte de investimentos estrangeiros continuou em US$ 60 bilhões na última semana.

Empreendedores jovens de Santa Cruz do Capibaribe marcam presença no 14º Encontro Nacional da CDL Jovem em Santa Catarina




Um evento especialmente criado para as jovens lideranças de todo país que buscam a atualização, a network e o desenvolvimento profissional. Neste encontro nacional os jovens empreendedores puderam participar de palestras, painéis e visitas técnicas. Os jovens cedelistas de Santa Cruz do Capibaribe participaram de todo o encontro que aconteceu entre os dias 23 e 25 de maio, em Brumenau/SC.

Participaram do evento, a presidente da CDL Jovem, Laiane Nobélia, Alan César, Monnika Marikinha, Diana Nunes, Paulo Henrique, Junior Galera, e a executiva da CDL, Katyane Amaral, que esteve acompanhada do seu esposo, Jardel Amaral.


Apoio a MPEs lideradas por mulheres será intensificado

Fonte: Brasil.gov.br

Mulheres que fazem parte do segmento micro e pequena empresa terão mais apoio nos empreendimentos, anunciou o Banco do Brasil em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, 8 de março. O Banco pretende destacar o protagonismo das mulheres no País.


No âmbito do Microcrédito Produtivo Orientado (MPO), o Banco tem a meta de atender, até o fim de 2013, 500 mil empreendedoras, uma previsão de incremento de cerca de 38% em relação à posição em dezembro de 2012.

No MPO, estratégia do Banco alinhada ao Programa Nacional de Microcrédito (Crescer) do Governo Federal, mais de 360 mil mulheres empreendedoras recebem apoio do Banco do Brasil, representando quase 60% dos clientes atendidos no microcrédito. Esse apoio se dá pela concessão de crédito e orientação para o desenvolvimento das suas atividades. Esse apoio se dá pela concessão de crédito e orientação para o desenvolvimento das suas atividades. 

Mulheres empresárias

Em 2011, o Banco do Brasil possuía em sua carteira de clientes cerca de  911,7 mil empresas com, pelo menos, um dirigente do sexo feminino, consideradas as empresas com faturamento bruto anual de até 25 milhões.

Já em 2012, esse número registrou uma evolução de 11,5%, chegando a 1,01 milhão de clientes. Em 2012, o desembolso de operações de crédito com as empresas nessa situação foi da ordem de R$ 41,66 bilhões. O crescimento em 2012 foi de 19,4%, comparando com o ano de 2011, que registrou desembolso de operações de crédito de R$ 34,89 bilhões.

Setor de cartões passa a ser regulado pelo Banco Central

Por: Roque Pellizzaro Jr.

A notícia publicada pela Folha de S. Paulo representa um momento histórico na luta pela regulamentação do setor de cartões. A partir do dia 20 de maio, o Banco Central passa a ser, oficialmente, o regulador de todo o setor de pagamentos eletrônicos no país. A conquista é fruto de uma luta de mais de três anos do Sistema CNDL, enfim de todo o movimento lojista, que sempre desejou uma abertura de diálogo, visando um melhor relacionamento entre o setor de cartões, lojistas e consumidores, buscando um mercado mais justo e competitivo.

A regulamentação dos meios eletrônicos de pagamentos pelo Banco Central representa mais um passo importantíssimo,  para que tenhamos menores tarifas, contratos com maior equilíbrio e redução de juros. O fato é um marco altamente significativo, comparável a algumas conquistas dos últimos anos, como, por exemplo, a unificação das máquinas leitoras de cartões, a ampliação do percentual mínimo do crédito rotativo e a abertura do mercado de cartões de crédito.

A decisão do Banco Central representará maiores benefícios e segurança para lojistas e consumidores, contribuindo para o desenvolvimento do Brasil. Temos a expectativa que novas regras e medidas disciplinadoras entrarão em vigor, resultando em mais qualidade, melhor atendimento e harmonia nas transações que utilizam os cartões como meio de pagamento.

*Roque Pellizzaro Junior - Presidente da CNDL 

Índice de confiança do consumidor tem leve queda em maio, diz FGV

Fonte: CNDL

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) recuou 0,4% entre abril e maio deste ano, divulgou nesta sexta-feira (24) a Fundação Getulio Vargas (FGV), confirmando a acomodação sinalizada no mês anterior, quando o índice havia ficado estável após seis meses em queda.


Em maio, o indicador passou para 113,4 pontos, ligeiramente abaixo da média dos últimos 60 meses, de 114,8 pontos.

"A pesquisa de maio registra discreta melhora das avaliações dos consumidores a respeito das situações atuais da economia e das finanças pessoais", cita a FGV, em nota.

O quesito que mede o otimismo com a situação financeira das famílias nos seis meses seguintes foi o que mais influenciou a queda da confiança neste mês.

A parcela de consumidores que projetam melhora da situação financeira das famílias diminuiu de 41,3% para 38,7% e a dos que preveem piora  aumentou de 4,3% para 5%.

A proporção de consumidores  que avaliam a situação atual como boa, porém, aumentou de 24,2% para 24,6%. A dos que a julgam ruim diminuiu de 12,1% para 10,8%.

O Índice da Situação Atual (ISA), contudo, avançou 0,9%, para 122,7 pontos (mantendo-se, no entanto, abaixo da média dos últimos cinco anos, de 127,5 pontos).

O Índice de Expectativas (IE) recuou 1,2%, para 108,3 pontos, ficando praticamente idêntico à média histórica de 108,0 pontos.

O indicador de satisfação com a situação financeira da família aumentou 1,5% em maio, de 121,1 para 113,8 pontos, nível superior à média dos últimos 60 meses, de 122,2.

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Colaboradores de empresas de Santa Cruz do Capibaribe aprendem novas técnicas de vendas em curso promovido pela CDL


Dinâmicas, atividades em sala, interação e muitas dúvidas tiradas em mais um curso de Técnicas de Vendas, promovido pela CDL Santa Cruz do Capibaribe em parceria com o SEBRAE e SENAC. Os participantes do curso, desde segunda-feira (20), quando teve início o curso, são só animação. O consultor Álvaro Neves tem demonstrado aos participantes que é possível fazer um diferencial como profissional de vendas.



II Encontro de Líderes de SPC´s de PE é realizado em Pesqueira

A segunda edição do Encontro de Líderes de SPC´s de PE está sendo realizado hoje, sexta-feira  (24) e neste sábado (25), na cidade de Pesqueira, no Agreste do Estado. O evento discute e apresenta novidades do SPC Brasil, produtos, ferramentas e serviços e é realizado FCDL-PE (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Pernambuco) realizará, em parceria com o Conselho Estadual de SPC de Pernambuco.

De acordo com a organização do evento, são esperadas em média 80 pessoas entre presidentes, executivos e consultores comerciais de todas as CDLs do Estado. Este ano II Encontro conta com a participação do Deputado Estadual epresidente da Frente Parlamentar do Comércio Varejista de Pernambuco, Tony Gel, além do presidente da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, deputado Sérgio Leite, que irão debater as ações das frentes no Estado.

A CDL Santa Cruz do Capibaribe está representada pela Consultora Comercial, Ana Wladia, e pela Secretária do SINDILOJA da cidade, Tais Cardoso.

Um show de vendas e de motivação é o tema de palestra gratuita promovida pela CDL

Mais de 80% dos inadimplentes do Recife sentem aumento no preço de alimentos

Fonte: Unicred Empresarial

Mais de 80% dos inadimplentes do Recife sentiram aumento nos preços de alimentos e bebidas. A conclusão é da pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas da capital (CDL Recife), realizada em abril, para mapear o perfil do recifense que está negativado. O estudo também atestou que 15% optaram por deixar de realizar algum pagamento para manter o mesmo nível de consumo, culminando na inadimplência.

As entrevistas são executadas no setor de atendimento ao público do SPC, onde circulam diariamente cerca de 800 pessoas. O resultado indica que o aumento do nível geral de preços tem chegado principalmente à mesa do consumidor, dado confirmado pelo IPCA de abril, medido pelo IBGE, que marcou alta de 5,65% nos preços de alimentos e bebidas somente entre janeiro e abril deste ano.

“Nas compras do mês, o consumidor consegue observar que os preços de alimentos e bebidas estão aumentando, mesmo com a medida do Governo Federal de isenção dos impostos na cesta básica”, afirmou o presidente da CDL Recife, Eduardo Catão.

A inflação tem alterado a decisão de consumo de 75% dos entrevistados. Entre esses, 32% afirmaram ter diminuído o consumo de bens básicos por causa do aumento do nível de preços, 24% decidiram fazer substituição de produtos por marcas mais baratas ou cortar os supérfluos.

Dentre os consumidores que tentaram driblar o aumento de preços para manter as contas em dia, 25% buscou fontes de renda extra, 10% optaram por tomar empréstimos bancários, 7% recorreu as reservas da poupança e 4% entrou no cheque especial.

Com relação ao perfil do inadimplente, os devedores são em sua maioria homens (52,1%), com idade entre 21 e 40 anos (67%), possuem ensino médio completo ou incompleto (63%) e renda familiar mensal compreendida entre um e três salários mínimos (68%). Os cartões de crédito e de loja permanecem como maiores causadores de débitos. Somados, correspondem a 43% dos tipos de dívida.

Emprego registrado cresce e ocupa lugar da informalidade

Fonte: Folha de São Paulo

Aos poucos, o emprego informal está saindo de cena. O mercado de trabalho das maiores metrópoles do país passa por um processo de transformação em que os postos formais ganham espaço, dizem especialistas.

Dados da pesquisa mensal de emprego do IBGE reforçam essa tendência. Em abril, o número de empregados com carteira assinada no setor privado aumentou 3,1% na comparação com o mesmo abril de 2012 --ou 342 mil novos postos. Já o total de trabalhadores sem registro caiu 5,8%.

Considerando um período mais longo, entre 2010 e 2012, o aumento acumulado do emprego formal foi de 10,8%, enquanto o de empregados sem carteira assinada caiu 9%.
"Há uma redução expressiva no contingente de trabalhadores sem carteira. É a informalidade saindo de cena", afirma Cimar Azeredo Pereira, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE.

Entre os fatores apontados pelos especialistas para esse processo, estão mais fiscalização e o forte crescimento econômico nos últimos anos --abortado em 2011 e 2012. Carlos Henrique Corseuil, do Ipea, diz ainda que a expansão do crédito para as empresas contribuiu.

"Quando as pequenas empresas buscam financiamento, precisam apresentar informações que as deixam mais vulneráveis a fiscalizações." Apesar da redução da informalidade, cerca de 10% dos empregados ainda não têm registro.

DESEMPREGO

Após ter atingido o menor nível para o mês de março em 11 anos, a taxa de desemprego manteve-se em patamar baixo em abril --5,8%. Foi novamente um recorde para o mês desde o início da série do IBGE, em março de 2002.

A taxa indica situação de "quase" pleno emprego. Por outro lado, a população ocupada caiu pelo quinto mês consecutivo em abril.

"Temos um mercado de trabalho neste ano com menos força do que em 2012", afirma Pereira.

Além disso, houve crescimento dos ocupados em nível inferior ao da população em idade ativa pela primeira vez desde janeiro de 2011.

Ou seja, o aumento de vagas não foi suficiente nem sequer para cobrir o crescimento vegetativo do total de pessoas que já têm idade para trabalhar.


Alex Argozino/Editoria de Arte/Folhapress

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Empresários santa-cruzenses participam do lançamento do Fiepe Avança


Nesta quarta-feira (22), a Fiepe (Federação das Indústrias de Pernambuco) lançou, em Caruaru, o portfólio Fiepe Avança, que prevê ações em áreas de inteligência comercial, qualificação, consultoria e projetos direcionados às empresas do Agreste. 

“Esse portfólio trará muitos benefícios para as indústrias da nossa região. Tenho certeza que contribuirá em muito para tornar as nossas empresas cada vez mais sustentáveis”, disse José Gomes Filho, presidente da Ascap (Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe).

Comércio: vendas para o Dia dos Namorados devem aumentar 5% neste ano

Fonte: Ascom CNDL


As vendas do comércio brasileiro na semana que antecede o Dia dos Namorados devem aumentar 5% em relação ao ano passado. A estimativa é da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), entidades líderes do comércio varejista, que juntas contam com mais de 800 mil pontos de vendas credenciados em todo país.

Em 2012, o crescimento registrado pelo setor foi maior: 9,08%. Na avaliação do presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, haverá um aumento no volume de vendas, o que é positivo, mas não tão robusto quanto o dos anos anteriores. “O consumidor neste ano está se comportando de maneira diferente. O comércio já consegue sentir a substituição de presentes físicos por serviços. Assim, a aposta de crescimento é maior no segmento de bares, restaurantes, hotéis e motéis”, afirma.
Pellizzaro Junior explica que o consumidor brasileiro tem o hábito de comprar mais de dois presentes para o Dia dos Namorados, além de comemorar a data com almoços e jantares. “Acontece que agora, aqueles presentes mais baratinhos vão ser substituídos por um momento de comemoração. Dessa forma, o comércio vai sentir uma ligeira queda no volume de vendas”.

Gasto médio
Comemorado no dia 12 de junho, o Dia dos Namorados é a terceira data mais lucrativa para o comércio, ficando atrás somente do Natal e do Dia das Mães. De acordo com a CNDL e o SPC Brasil, o gasto médio do consumidor brasileiro deve ser de R$ 100.

Entre os produtos mais procurados nas lojas durante as compras estão os itens de vestuário, calçados, perfumaria, floricultura, jóias e bijuterias.

Convite da Banda Novo Século


É com grande alegria que convido todos os santa-cruzenses para o grande concerto de encerramento do primeiro semestre "Temporada 2013", da Sociedade Musical Novo Século, que vai acontecer no dia 02 de Junho no Teatro Municipal às 20 horas. Desta Vez, a  participação mais que especial é do Solista, Arranjador e Compositor "Rubinaldo Marques de Melo (Rubinaldo Catanha), traz uma linda obra do Antonio Vivaldi para Violão e adaptada de orquestra para banda de música. Estará maravilhoso, pois é a primeira vez que a nossa banda realiza um concerto com violão e prata da casa.

Rubinaldo Marques de Melo, é natural de Santa Cruz do Capibaribe, desde cedo iniciou na música. Defendeu a bandeira Novo Século por mais de 20 anos. Estudou conservatório e tocou entre grandes nomes do violão. Foi Maestro da Sociedade Musical Novo Século por mais de 20 anos, respeitosamente. Participou de Festivais e vive intensamente suas atividades como Solista, Arranjador e Compositor. Agradeço a todos desde já pelo carinho e atenção.

Wellington Araújo, Presidente e Diretor Musical.

quarta-feira, 22 de maio de 2013


Comunicado do SINDILOJA Santa Cruz do Capibaribe


O SINDICATO DAS EMPRESAS NO COMÉRCIO DE BENS E SERVIÇOS DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE (SINDILOJA) e a CDL – SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE em conjunto com a FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO ESTADO DE PERNAMBUCO (FECOMERCIO), informam que o dia em que se comemora o CORPUS CHRISTI (dia 30 de maio de 2013) é considerado FERIADO RELIGIOSO, mas NÃO está incluso no rol dos feriados constantes na Lei n°10.607/2002 (LEI QUE REGULAMENTA OS FERIADOS NACIONAIS).

Desta forma, no caso das grandes cidades do Estado de PE, o dia de CORPUS CHRISTI NÃO É FERIADO, visto que ainda não há legislação Municipal/ Estadual que discipline tal matéria.  Os Poderes Executivos poderão estabelecer ponto facultativo, porém, restrito aos órgãos públicos, não se aplicando às atividades privadas, que PODERÃO FUNCIONAR NORMALMENTE neste dia.

MovPaz nas escolas: Palestra será ministrada na Escola Estadual Malaquias Cardoso


Uma das ações preconizada pelo MovPaz é o projeto "Paz nas Escolas", para incentivar desde as mais tenras idades a promoção da cultura de paz.

A Escola Estadual Malaquias Cardoso, da cidade Santa Cruz do Capibaribe-PE está investindo no projeto "Cultura de Paz", e convidou o Movimento Pela Paz e Não-Violência da cidade para ministrar uma palestra sobre a temática, a fim de realizar uma sensibilização dos estudantes do Ensino Médio, que estão participando deste projeto.

Na próxima terça-feira (28), as voluntárias Anne Karolynne Negreiros e Lúcia Nascimento, coordenadora do MovPaz, estarão presentes na escola a fim de realizar este momento de conversa e conscientização acerca da importância da promoção da cultura de paz, que é iniciada a partir de cada pessoa que se determina a promover a paz dentro de si, tal qual o lema da ONG: "A paz do mundo começa em mim".

Empresário escolarizado comanda negócios mais duráveis

Fonte: Agência SEBRAE


“Mais escolarizados, os empresários têm mais chance de inovar para crescer no mercado”. A máxima que virou jargão entre especialistas em gestão é comprovada por estudo inédito do Sebrae, baseado em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na última década, enquanto o percentual de empresas que sobreviveu até o segundo ano de atividade saltou de 51% para 73%, o retrato da escolaridade dos donos de negócio também passou por grande transformação. Em 2001, 62% dos donos de negócio tinham somente até o Ensino Fundamental e apenas 38% haviam atingido o Ensino Médio ou mais. Já em 2011, o número de empresários com Ensino Médio ou mais cresceu para 53%, em contrapartida à redução para 47% daqueles que pararam os estudos durante o Ensino Fundamental.
A relação entre o aumento do índice de escolaridade e a taxa de sobrevivência levou ainda a uma nova atitude entre os empreendedores: mais escolarizados, a decisão por abrir seu próprio negócio deixou de ser fundamentada na necessidade para ser uma definição de oportunidade de negócio. Essa análise confirma informações de pesquisa anterior realizada pelo Sebrae, que apontou um forte crescimento da taxa de negócios estimulados pela oportunidade de mercado, superando os investimentos por pura necessidade.
“A educação está intimamente ligada à qualidade do empreendedorismo em todos os países. A boa notícia é que o aumento da escolaridade no Brasil também está trazendo reflexos positivos para os pequenos negócios”, explica Luiz Barretto, presidente do Sebrae. “Ao desenvolver competências empreendedoras, as pessoas ampliam sua visão, planejam melhor e ampliam as chances de sobrevivência e crescimento do negócio próprio”, completa.
Investindo nessa direção, a educação empreendedora tem sido um dos principais foco de atuação do Sebrae, que já levou a temática do empreendedorismo a quase duas milhões de pessoas por meio de cursos que vão desde o Ensino Fundamental, como o Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) – aplicado há mais de dez anos – até o Empretec, metodologia voltada para empresários. Em busca de novos caminhos para o ensino do empreendedorismo nas escolas, o Sebrae promove, de 27 a 29 de maio, o primeiro Encontro Nacional da Educação Empreendedora reunindo, com participação do Ministério da Educação (MEC), especialistas no tema do Brasil e exterior. O evento será no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília.
A importância de se aprender sobre o empreendedorismo pode ser comprovada por meio de experiências vividas por inúmeros estudantes, como na história do médico Caio Nunes. Em 2007, mesmo não sendo um estudante da área de gestão, ele participou do Desafio Sebrae. Hoje, ele percebe que o jogo foi uma vivência enriquecedora para suas atividades atuais. Caio é dono de uma clínica de soluções de tecnologia e diagnóstico por imagens. Ele aplica o que aprendeu no Desafio Sebrae no negócio, inaugurado este ano, em São Paulo. “O conhecimento de gestão e de equipe adquirido nas três edições do Desafio Sebrae levei para minha vida profissional”, garante o radiologista.
E os exemplos se multiplicam pelo país. No Rio Grande do Norte, o empreendedorismo saiu da sala de aula e hoje faz parte da rotina de Emiliane de Sousa, de 18 anos. Ela abriu um pequeno negócio em Itajá, a 200 km da capital, Natal. Em dezembro de 2012, ela concluiu a disciplina de empreendedorismo por meio do projeto Despertar no segundo ano do Ensino Médio. Desde então, vende roupas femininas. Conquistou uma clientela cativa. “Nunca havia pensado nesse mundo empresarial. Ter tido contato com a disciplina do empreendedorismo fez com que minha visão fosse ampliada”, reconhece. Casada, ela sonha em conquistar ainda mais consumidoras. “Não quero mais sair do mundo dos negócios. É uma vivência fascinante”, assinala.

Novos caminhos 

Em Salvador, o estudante do primeiro semestre de Administração de Empresas, Alexsandro Freitas Silva, de 40 anos, diz que a disciplina que está cursando na faculdade abre novos caminhos e ideias para o mundo dos negócios. “Estou aprendendo a planejar e ter mais critérios”, afirma. Alexsandro é dono de duas pequenas empresas na capital baiana: uma locadora de veículos e uma corretora de assistência médica, saúde, previdência e vida.