Topo

Topo

terça-feira, 31 de março de 2015

Comunicado Sindilojas


O Sindilojas, sindicato patronal de Santa Cruz do Capibaribe informa a todos os associados e lojistas em geral que, em função do Feriado da sexta-feira Santa, 3 de abril, as lojas que desejarem funcionar, seus empresários devem se dirigir até a sede do Sindilojas, que funciona no mesmo prédio da CDL para fazer acordo trabalhista, até o meio dia desta quarta-feira (01).


Mais informações: (81) 3731-2850.

Três em cada dez brasileiros adultos é empreendedor, aponta Sebrae

Fonte: Globo.com

De cada dez brasileiros entre 18 e 64 anos, três possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio, segundo pesquisa do Sebrae divulgada nesta segunda-feira (30).
“Em dez anos, essa taxa de empreendedorismo saltou de 23%, em 2004, para 34,5%. Metade da taxa corresponde aos empreendedores novos – com menos de três anos e meio de atividade – e a outra metade, aos donos de negócios já estabelecidos há mais tempo”, aponta a pesquisa.
A taxa de empreendedorismo é a maior entre os países dos Brics. Na China, essa taxa é de 26,7%. Na Índia, de 10,2%; e na África do Sul e na Rússia, de 9,6% e 8,6%, respectivamente. De acordo com a entidade, a taxa brasileira também é maior que a vista em países como Estados Unidos (17%), Japão (10,5%) e Itália (8,6%).
A pesquisa mostra também que ter o próprio negócio é o terceiro maior sonho dos brasileiros, com 31% das menções. Os dois primeiros são comprar a casa própria, com 42%, e viajar pelo Brasil, com 32%.
Para o levantamento, o Sebrae entrevistou 10 mil pessoas entre 18 e 64 anos, nas cinco regiões do país.

segunda-feira, 30 de março de 2015

Presidente da CDL Santa Cruz do Capibaribe apresenta projeto do evento Moda e Negócios a direção do SEBRAE

A direção regional do SEBRAE, representada pela Diretora Geral, Débora Florêncio, pelo Diretor de comércio, Laudemiro Junior e pelo Gestor de projetos da indústria da confecção, Gilson Gonçalves, recebeu nesta sexta-feira (27), os representantes da CDL Santa Cruz do Capibaribe, grupo liderado pelo presidente da entidade, Valdir Oliveira, a executiva Katyane Amaral e pela diretora da Câmara Setorial de representantes, Josy Martins, além do consultor Antônio Sérgio.


O motivo da reunião foi a apresentação do Projeto Moda e Negócios, evento que será realizado em agosto de 2015, que teve como intuito angariar recursos para o desenvolvimento do projeto.

Cursos da CDL são ótimas opções para capacitar a sua equipe


Parabéns



Neste domingo (29), o dia foi de festa para o  diretor de desenvolvimento e empreendedorismo da CDL Santa Cruz do Capibaribe, Bruno Bezerra. O diretor fez aniversário e recebe as felicitações de todos que fazem a CDL da Capital das Confecções. Receba os sinceros parabéns de todos que fazem a CDL Santa Cruz do Capibaribe.

Rotary Santa Cruz realiza ação na Serra do Pará



Membros do Rotary Club de Santa Cruz do Capibaribe, juntamente com convidados, realizaram neste domingo (29) uma ação de coleta de resíduos na Serra do Pará, atrativo turístico do município que conta com escrituras rupestres e cavernas.
A governadora assistente Suely Azevedo e o presidente do Rotary Caruaru Norte Deoclecio Nascimento participaram da ação guiada pelo professor e ambientalista Arnaldo Viturino.
O presidente do Rotary Santa Cruz, Gilvan Feitosa, avalia que foram coletados aproximadamente 30 quilos de lixo na trilha que leva até a Serra do Pará, em sua maioria embalagens de água, refrigerante e comida.
“É mais uma ação de companheirismo desenvolvida pelo Rotary nesse primeiro ano de existência e juntos podemos fazer muito mais”, disse o presidente Gilvan Feitosa em fala de agradecimento ao grupo.
Arnaldo Viturino destacou a importância da ação. “É uma satisfação ver pessoas abraçando a causa da serra, estou sempre à disposição desse e de outros grupos que quiserem visitar o local”, falou. 




Empregador terá de pedir seguro-desemprego para demitido

Fonte: Agência Brasil

Carteira de Trabalho
Para tornar mais rápido o atendimento ao pedido e dar maior segurança às informações sobre os trabalhadores, o Ministério do Trabalho e Emprego determinou que as empresas passem a preencher o requerimento do seguro-desemprego de seus empregados pela internet.

A medida começa a valer na próxima quarta-feira, 1º de abril, de acordo com resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Os empregadores só poderão preencher o requerimento do seguro-desemprego e a comunicação de dispensa de trabalhadores por meio do aplicativo Empregado Web, disponível no Portal Mais Emprego, do ministério. A entrega dos  formulários impressos, utilizados hoje, será aceita até 31 de março.

Segundo o ministério, o sistema dará maior rapidez à entrega do pedido, além de garantir a autenticidade dos dados, e possibilitará o cruzamento de informações sobre os trabalhadores em diversos órgãos, facilitando consultas necessárias para a liberação do seguro-desemprego.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Desemprego fica em 5,9% em fevereiro, mostra IBGE

Fonte: CNDL

O desemprego no país segue em alta no início do ano e registra, pela primeira vez desde 2011, queda no rendimento dos trabalhadores.

Em fevereiro, a taxa de desocupação ficou em 5,9%, a maior, considerando o mês, desde 2011. Em janeiro de 2015, o índice havia atingido 5,3% e em fevereiro de 2014, 5,1%.

"Esse crescimento da taxa [de desemprego] está relacionado ao crescimento da procura, da população desocupada, e paralelamente de uma redução da ocupação. Você tem os dois movimentos agindo simultaneamente: redução da ocupação e crescimento da procura por trabalho”, analisou Adriana Beringuy, da coordenação de rendimento e trabalho do IBGE.

Os números foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (26). A pesquisa é realizada nas regiões metropolitanas de Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

A população desocupada cresceu 10,2% em relação a janeiro e somou 1,4 milhão de pessoas. Na comparação com fevereiro do ano passado, a alta foi de 14,1%.

Por outro lado, a população ocupada chegou a 22,8 milhões em fevereiro, registrando queda de 1,0% frente a janeiro e estabilidade na comparação com fevereiro de 2014. A população não economicamente ativa bateu 19,4 milhões de pessoas - estável sobre janeiro e 2,3% maior que no segundo mês do ano passado.

No setor privado, o número de trabalhadores com carteira assinada ficou estável tanto na comparação com janeiro quanto com fevereiro de 2014, em 11,6 milhões.

O nível da ocupação foi estimado em 52,3% - taxa 0,5 ponto percentual inferior a janeiro e 1 ponto percentual abaixo da de fevereiro do ano anterior.

Rendimento menor

O rendimento médio real dos ocupados ficou em R$ 2.163,20. Na comparação com janeiro, a queda foi de 1,4%, a primeira, nessa base de comparação, desde outubro de 2011. Frente a fevereiro do ano passado, o indicador recuou 0,5%. Segundo o IBGE, essa é a maior baixa  desde maio de 2005.

“De fato, não acontecia uma retração do rendimento na comparação anual. Nesses dois últimos meses, a gente viu um crescimento do indicador de inflação. Como a gente está analisando o rendimento médio real, houve, de fato, uma retração em função da inflação. 

Ainda que, em termos nominais, agora em fevereiro de 2015, se a gente compara o rendimento atual com janeiro, o nominal também apresentou uma queda, que foi de 0,3%”, afirmou Adriana.

“No mês não, no mês o rendimento pode variar bastante. Mas no ano, de fato há muito tempo não havia esse comportamento de retração.”

Quando são analisados os dados sobre tipos de atividades onde as pessoas estão empregadas, há estabilidade em quase todos os grupos em relação a janeiro. Porém, em comparação com fevereiro do ano passado, a ocupação caiu na indústria (-7,1%) e na construção (-5,9%). Nos serviços domésticos, houve alta de 7,1%.

Por região

O desemprego aumentou em quatro regiões: Salvador (de 9,6% para 10,8%); Belo Horizonte (de 4,1% para 4,9%); Rio de Janeiro (de 3,6% para 4,2%) e Porto Alegre (de 3,8% para 4,7%). Na comparação com o ano passado, o índice subiu nas regiões metropolitanas de Salvador (de 9,0% para 10,8%); Belo Horizonte (de 3,9% para 4,9%) e Porto Alegre (de 3,3% para 4,7%).

Empresário Alan César toma posse como novo presidente da CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe




A posse da CDL Jovem de Santa Cruz do Capibaribe aconteceu na noite desta quarta-feira (25), onde a presidente Laiane Nobélia passou o cargo ao empresário Alan César, ele que por sua vez deu posse a toda sua diretoria que é composta por 15 membros.


A proposta da CDL Jovem é formar novas lideranças que irão movimentar o segmento lojista na Capital das Confecções, no sentido de promover eventos que agucem o lado empreendedor e social de toda sociedade.

Para o novo presidente, Alan César, assumir um desafio deste nada mais é do que ter o reconhecimento de um trabalho prestado enquanto diretor que foi da CDL Jovem. “Eu estou muito feliz na noite de hoje, porque estou assumindo um desafio, do qual sei que tenho pessoas comprometidas ao meu lado. Quero agradecer a executiva da CDL, Katyane, ela que tem sido importantíssima para todo este processo. 

Agradecer ao presidente da CDL, Valdir Oliveira, ao ex-presidente Fábio Lopes que nos deu muita força e hoje estamos aqui para mais uma etapa a ser cumprida”, agradeceu o novo presidente da CDL Jovem.

 

Veja como ficou a nova diretoria:


Presidente CDL Jovem

Alan César


Vice Pesidente

Monnika Marikinha

 
Coordenador Financeiro


Itamar Coelho


Coordenadores de Responsabilidade Social


Diana Santana


Jessica Mayara


Coordenadores de Capacitação


Laiane Nobélia                                 

César Teles


Coordenadores de Comunicação


Bruna Larysa

 

Emerson Elias


Coordenadores de Sustentabilidade

Lívia Marques


João Isidorio Junior           


Coordenadores de Planejamento

Carlos Henrique


Yago Roberto


Coordenadores de Eventos

Maria Rita


Lucas Vieira



Cristovão Gomes


Taxa de desemprego aumentou em seis regiões metropolitanas

Fonte: Agência Brasil

A taxa de desemprego aumentou em todas as seis regiões metropolitanas analisadas pela Pesquisa Mensal de Emprego (PME), feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A maior taxa continuou sendo registrada em Salvador, que passou de 9% em fevereiro de 2014 para 10,8% no mês passado.

O Rio de Janeiro apresentou a menor taxa de desemprego. Na capital fluminense, a taxa subiu de 3,9% para 4,2% no período. As demais regiões metropolitanas tiveram as seguintes altas: Recife (passou de 6,4% para 7%), São Paulo (passou de 5,5% para 6,1%), Belo Horizonte (passou de 3,9% para 4,9%) e Porto Alegre (de 3,3% para 4,7%).

A taxa média nacional (das seis regiões) passou de 5,1%, em fevereiro do ano passado, para 5,9% em fevereiro deste ano. “Em 2014, tivemos uma estabilidade na população ocupada, sem expansão ou retração, e uma população desocupada que só caía. A desocupação não pressionava e nem havia dispensa. Mas, nos dois primeiros meses de 2015, o que a gente tem de comportamento é a queda da população ocupada e o crescimento da população desocupada”, disse a pesquisadora do IBGE Adriana Beringuy.

A população ocupada, de 22,8 milhões, manteve-se estável em relação a fevereiro do ano passado, mas caiu 1% em relação a janeiro deste ano. A população desocupada cresceu 14,1% em relação a fevereiro de 2014 e 10,2% em relação a janeiro deste ano.

Entre os grupamentos de atividade, a população ocupada caiu em dois setores na comparação com fevereiro de 2014: indústria (-7,1%) e construção (-5,9%). A indústria perdeu 259 mil postos de trabalho em um ano, sendo a maior parte na indústria automobilística (47 mil) e na indústria de alimentos e bebidas (46 mil). Apenas em serviços domésticos houve alta (7,1%).

Na comparação com janeiro, houve queda apenas em outros serviços (-3,7%). Esse grupamento perdeu 165 mil postos de trabalho, principalmente nos segmentos de serviços pessoais, ou seja, manicures e cabeleireiros (70 mil), alojamento e alimentação (34 mil) e transportes terrestres (30 mil).

Os empregos com carteira assinada mantiveram-se estáveis em cerca de 11,5 milhões de pessoas.

quarta-feira, 25 de março de 2015

Dilma envia MP que estende política de valorização do salário mínimo até 2019

Presidenta Dilma Rousseff durante assinatura da Medida Provisória da Política do Salário Mínimo (Roberto Stuckert Filho/PR)
Presidenta Dilma Rousseff assinou a medida provisória do salário mínimo | Roberto Stuckert Filho/PR
Fonte: Agência Brasil

Ao assinar hoje (24) a medida provisória (MP) que estende a política de reajuste do salário mínimo até 2019, a presidenta Dilma Rousseff disse que a decisão do governo significa o reconhecimento de que as ações de crescimento da economia não se dão “em detrimento do trabalhador”.

Segundo ela, o envio de uma MP ao Congresso foi resultado do diálogo com senadores e deputados da base aliada. Isso foi necessário porque a MP passa a vigorar com força de lei, o que permite trabalhar com as novas projeções, quando for analisado o Orçamento deste ano.

O Projeto de Lei 7.469/14, que tramitava no Congresso Nacional com o mesmo teor, foi retirado de pauta nesta terça-feira, após ter o texto-base aprovado, mas o governo não concordava com uma emenda que estendia a política de correção para os benefícios acima de um salário mínimo pagos pela Previdência Social.

A presidenta lembrou que em 2011 outra medida provisória foi enviada ao Legislativo estendendo a política daquela época até 2015, e que agora tornou-se necessária essa ação por parte do governo. De acordo com ela, não há atropelo com relação aos parlamentares, porque o governo está fazendo algo que lhe é característico: o “direito de iniciativa em algo que gera despesa”.

“Agradeço aos senhores deputados aqui presentes e aos senhores senadores, representando a base aliada. Agradeço primeiro essa força para que a gente aprove e mande como medida provisória, medida de urgência com vigência imediata”, disse a presidenta.

Ao ressaltar que tem “consciência da importância” das centrais sindicais presentes na cerimônia de assinatura da MP (Nova Central Sindical dos Trabalhadores, União Geral dos Trabalhadores, Força Sindical e Central Única dos Trabalhadores), Dilma estendeu o agradecimento a todas as entidades sindicais, acrescentando que elas tiveram papel relevante na política de valorização do salário mínimo. “Foram todas as centrais que construíram essa política, e isso resulta também em outra característica importante que deve ser o patamar do qual nós sempre vamos partir: o reconhecimento de que os movimentos sociais, as centrais e todos os movimentos que representam a parte organizada da população brasileira são muito importantes quando se trata de políticas sociais.”

24ª Convenção Estadual do Comércio Lojista vai acontecer em Caruaru

Caruaru vai sediar a 24ª Convenção do Comércio Lojista de Pernambuco e vai ser ponto de encontro de empresários e lojistas do Estado.  O Evento é realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Pernambuco, e tem o apoio da CDL Caruaru.

Confira a programação:

Dia 04/06/2015 – Quinta  Feira
20:00 h – Solenidade de Abertura
Presenças:
Sr. Honório Pinheiro – Presidente da CNDL
Sr. Roque Pellizzaro – Presidente do Cons. de Administração  do SPC Brasil
Prof. Josias Albuquerque – Presidente do Conselho de Adm. do Sebrae-PE
Dia 05/06/2015 – Sexta  Feira
09:00 h – Palestra – Sr. Roque Pellizzaro – Presidente do Conselho de Administração  do SPC Brasil
10:30 h – Painel – Ministro Armando Monteiro/Senador Douglas Cintra
12:00 h – Almoço Livre
14:00 h – Palestra – Representante da UOL
15:30 h – Palestra  - Tendências do Varejo, na Conjuntura  Atual – Prof. Bento Albuquerque                    
Noite Livre
Dia 06/06/2015 – Sábado
09:00 h – Palestra Motivacional – Palestrante Mágico Marcos Zanquetta 
11:00 h – Sorteio  de um   Tablet
Sorteio de 02 Inscrições e 02 passagens aéreas para o Fórum  Nacional do Comércio
Entrega do Troféu  JUBILEU DE OURO à CDL CARUARU. 
11:30 h – Encerramento dos Trabalhos
12:00 h – Almoço Livre
Tarde Livre
20:00 h – Jantar de Encerramento da Convenção
Dia 07/06/2015 – Domingo
Manhã Livre
12:00 h – Check Out
Obs:  Esta PROGRAMAÇÃO poderá sofrer alteração
Tabela de preço:
VALORES PROMOCIONAIS
MÊS
PARCELAS
VALOR
TOTAL
MARÇO
3
           90,00
        270,00
ABRIL
2
         150,00
        300,00
MAIO
1
         320,00
        320,00

Qualquer dúvida, entrar em contato com a Federação, através do (81) 3423.3699.

Comunicado Importante

Foto: Ney Lima
Atenção você que revende confecções Brasil afora. 

Com a desaceleração da economia brasileira é cada vez mais necessário buscar alternativas para não deixar o seu negócio cair. 

Uma das melhores alternativas é buscar fornecedores que tenham produtos com preço baixo e boa qualidade, e o lugar ideal para você encontrar esses fornecedores é Santa Cruz do Capibaribe no agreste de Pernambuco. 

Muito mais do que uma grande variedade de confecções, Santa Cruz do Capibaribe oferece excelentes opções de negócios para você que revende. 

Oferecemos grande variedade, preço baixo, boa qualidade, comodidade e o conforto necessário para você comprar aqui e ganhar bem na hora de revender.

Venha pra cá na certeza de que Santa Cruz do Capibaribe é o lugar certo para você melhorar o seu negócio com uma confecção de boa qualidade com preço de fábrica. 

Somos a Terra das Confecções e estamos esperando você com bons negócios.

Bruno Bezerra
Secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Meio Ambiente de Santa Cruz do Capibaribe-PE e Diretor de Empreendedorismo da CDL Santa Cruz.